Questões de Direito Internacional do ano 2009

O Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança, exigido pela Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), celebrado em janeiro de 2000,

I      visa contribuir para assegurar nível adequado de proteção no campo da transferência, da manipulação e do uso seguros dos organismos vivos modificados resultantes da biotecnologia moderna que possam ter efeitos adversos na conservação e no uso sustentável da diversidade biológica.

II     determina que a utilização da biotecnologia e da bioprospecção, com capacitação em biossegurança, nos países em desenvolvimento, em particular os menos desenvolvidos, deve ser implementada quando houver disponibilização de recursos financeiros suficientes para arcar com a internalização dos custos operacionais.

III   estabelece que a contabilização de todos os possíveis efeitos adversos dos organismos vivos modificados na conservação e no uso sustentável da diversidade biológica e a avaliação dos riscos para a saúde humana são prerrogativas inalienáveis das partes signatárias da CDB.

IV     aplica-se ao movimento transfronteiriço, ao trânsito, à manipulação e à utilização de todos os organismos vivos modificados que possam ter efeitos adversos na conservação e no uso sustentável da diversidade biológica, levando também em conta os riscos para a saúde humana.

 

Estão certos apenas os itens

  • A.

    I e II.

  • B.

    I e III.

  • C.

    I e IV.

  • D.

    II e III.

  • E.

    III e IV.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre a condição jurídica do estrangeiro no Brasil, pode-se afirmar que
  • A. o visto de trânsito pode ser concedido ao estrangeiro que, para atingir o país de destino, tenha de permanecer em território nacional por pelo menos dez dias.
  • B. o estrangeiro que tenha filho ou cônjuge brasileiro preenche automaticamente os requisitos para a naturalização.
  • C. em nenhuma hipótese pode o estrangeiro deportado ser readmitido em território nacional.
  • D. a competência para decidir sobre pedido de extradição, apresentado por Estado estrangeiro, é do Ministro da Justiça, sujeita a decisão a recurso ao Supremo Tribunal Federal.
  • E. poderá ser dispensada a exigência de visto, com base em reciprocidade, estabelecida mediante acordo internacional.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Acerca do direito internacional, julgue o item seguinte.

No âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC), é permitido à Conferência Ministerial decidir a derrogação de uma obrigação de um membro em virtude do acordo constitutivo da OMC.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Para a concretização dos propósitos definidos na “Carta de São Francisco” a Organização das Nações Unidas (ONU) foi estruturada em seis órgãos principais, cuja composição e funcionamento estabelecem que

  • A.

    o Conselho de Segurança será composto de membros permanentes, dentre os quais está incluso o Brasil;

  • B.

    à Assembléia Geral, por deliberação da maioria de dois terços seus Membros, caberá determinar o uso da força, para manter a paz ou restabelecer a segurança internacional;

  • C.

    o Conselho de Segurança não poderá atender a solicitações de Estados que não sejam membros da ONU, como forma de induzir tais Estados a se associarem à Organização;

  • D.

    todos os membros das ONU serão ipso facto partes do Estatuto da Corte Internacional de Justiça baseado no Estatuto da Corte Permanente de Justiça Internacional;

  • E.

    a Corte Internacional de Justiça não será um órgão das Nações Unidas e sim um organismo autônomo ou agência especializada, à semelhança do Tribunal Penal Internacional.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

              Maria, brasileira residente no Brasil, resolveu cobrar, em nome de seu filho Érick, a prestação de alimentos do pai dele, Hans, alemão residente na Alemanha.

De acordo com a legislação brasileira e com a legislação internacional vigentes acerca da prestação de alimentos no estrangeiro, nessa situação hipotética,

  • A.

    o demandante deve ser Maria.

  • B.

    o demandado deve ser Érick.

  • C.

    o tribunal ao qual tiver sido submetida a ação alimentar pode, para obter documentos ou provas, pedir a execução de uma carta rogatória.

  • D.

    a execução de carta rogatória pode dar lugar ao reembolso de taxas ou de despesas de qualquer natureza.

  • E.

    Maria não necessita comprovar a relação de parentesco entre Érick e Hans.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Assinale a opção correta acerca da Convenção de Mérida.

  • A.

    Para o atendimento das finalidades dessa convenção, o Estado-parte, em conformidade com os princípios fundamentais do seu ordenamento jurídico e sem menosprezar a independência do Poder Judiciário, pode adotar medidas que regulem a conduta dos membros desse poder.

  • B.

    Em regra, para a aplicação das normas da convenção, é necessário que tenha havido prejuízo patrimonial ao Estado decorrente de práticas delitivas.

  • C.

    As normas da convenção aplicam-se apenas na fase de investigação policial, não na instrução processual.

  • D.

    O texto da convenção não inclui medidas para prevenir a lavagem de bens nem diretrizes para a apenação desse delito.

  • E.

    Os Estados-partes devem prestar a mais ampla assistência judicial recíproca relativa a investigações, processos e ações judiciais relacionados com os delitos compreendidos na convenção, devendo ser evitado, no entanto, o comparecimento voluntário de pessoas ao Estado-parte requerente.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Tendo como referência inicial o texto acima, julgue os itens a seguir, segundo o disposto na Convenção de Viena sobre o Direito dos Tratados.

Quando o tratado é um ato constitutivo de uma organização internacional, a reserva a esse tratado exige a aceitação do órgão competente da organização, a não ser que o tratado disponha diversamente.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considerando a jurisprudência atual do STF, assinale a opção correta quanto à relação entre tratado e norma de direito interno.

  • A.

    O STF apregoa o primado do direito internacional em face do ordenamento nacional brasileiro.

  • B.

    Tratados e convenções guardam estrita relação de paridade normativa com as leis delegadas editadas pelo Poder Executivo.

  • C.

    Há sempre a primazia dos tratados internacionais de comércio exterior sobre as normas internas aduaneiras.

  • D.

    O Decreto-lei n.º 911/1969, que permite a prisão civil do devedor-fiduciante, foi revogado pelo Pacto de San José da Costa Rica.

  • E.

    Para decidir conflito entre tratado e norma de direito interno, além do critério da lex posterior derogat priori, o STF aplica, ainda, um outro, qual seja, o da lex posterior generalis non derogat legi priori speciali.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

O fato de um Estado oferecer ajuda a outros dois Estados para resolver certa controvérsia, sem, contudo, interferir nas negociações, configura o meio de solução de controvérsias denominado

  • A.

    mediação.

  • B.

    conciliação.

  • C.

    bons ofícios.

  • D.

    inquérito.

  • E.

    troca de notas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

No que se refere à arbitragem no direito internacional, assinale a opção correta.

  • A.

    A primeira arbitragem moderna no direito internacional foi instalada na I Conferência de Paz da Haia para resolver controvérsias entre Reino Unido e França.

  • B.

    Assim como os meios judiciários, a arbitragem possui o caráter de permanência.

  • C.

    O tribunal de reclamações entre Irã e Estados Unidos da América é de natureza arbitral

  • D.

    Arbitragens mistas são aquelas em que mais de dois Estados figuram na causa.

  • E.

    Decisões arbitrais são meramente recomendatórias

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: