Questões sobre Constituição do Estado de Minas Gerais

Dentre os princípios norteadores da Administração Pública, a Constituição do Estado de Minas Gerais prevê

  • A.

    lealdade.

  • B.

    imediatidade.

  • C.

    legitimidade.

  • D.

    razoabilidade.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, compete privativamente ao Governador do Estado:

  • A. Elaborar plano de desenvolvimento.
  • B.

    Iniciar o processo legislativo, na forma e nos casos previstos nesta Constituição.

  • C.

    Criar, estruturar e extinguir Secretaria de Estado, órgão autônomo e entidade da administração indireta.

  • D.

    Criar cargo e função públicos da administração direta, autárquica e fundacional e fixar a respectiva remuneração, observados os parâmetros da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa INCORRETA:

  • A. A lei disporá sobre a política tarifária.
  • B.

    A lei estabelecerá tratamento especial em favor do usuário de baixa renda.

  • C.

    A delegação da execução de serviço público será precedida de concessão, na forma da lei.

  • D.

    Incumbe ao Estado, às entidades da administração indireta e ao particular delegado assegurar, na prestação de serviços públicos, a efetividade dos direitos do usuário e dos requisitos, dentre outros, de eficiência, segurança e continuidade dos serviços públicos, e do preço ou tarifa justa e compensada.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa CORRETA:

  • A.

    Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados, cumulativamente, para o fim de concessão de acréscimo ulterior, sob o mesmo título ou fundamento.

  • B.

    Nas entidades da administração indireta, pelo menos um cargo ou função de confiança de direção superior será provido por servidor ou empregado público de carreira da respectiva instituição.

  • C.

    A revisão geral da remuneração do servidor público, sem distinção de índices entre servidor público civil e militar, se fará na data que a Lei de Diretrizes Orçamentárias estabelecer para o respectivo ano de sua vigência.

  • D.

    Admite-se vincular ou equiparar espécies remuneratórias para efeito de remuneração de pessoal do serviço público, com o propósito de valorizar o magistério e permitir sua equivalência com o teto salarial nacional previsto para a categoria.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa INCOMPLETA ou INCORRETA:
  • A.

    A atividade administrativa permanente é exercida na administração direta de qualquer dos Poderes, por servidor público ocupante de cargo público em caráter efetivo ou em comissão ou por detentor de função pública, na forma do regime jurídico previsto em lei.

  • B.

    A atividade administrativa permanente é exercida nas sociedades de economia mista, empresas públicas e demais entidades de direito privado sob o controle direto ou indireto do Estado, por empregado público detentor de emprego público ou função de confiança.

  • C.

    A atividade administrativa permanente é exercida nas autarquias e fundações públicas, por servidor público ocupante de cargo público em caráter efetivo ou em comissão, por empregado público detentor de emprego público ou designado para função de confiança ou por detentor de função pública, sujeito ao regime jurídico próprio de cada entidade, na forma prevista em lei.

  • D.

    A investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa INCORRETA:

  • A.

    Os atos de improbidade administrativa importam a suspensão dos direitos políticos, a perda de função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e na gradação estabelecidas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.

  • B.

    A concessão de vantagem ou o aumento de remuneração, a criação de cargo, emprego e função ou a alteração de estrutura de carreira bem como a admissão ou contratação de pessoal, a qualquer título, por órgão ou entidade da administração direta ou indireta ficam condicionados a prévia dotação orçamentária suficiente para atender às projeções de despesa de pessoal e aos acréscimos dela decorrentes, bem como a autorização específica na Lei de Diretrizes Orçamentárias.

  • C.

    A despesa com pessoal ativo e inativo do Estado e dos Municípios não pode exceder os limites estabelecidos em lei complementar. Decorrido o prazo para a adaptação a tais parâmetros, serão suspensos os repasses de verbas estaduais aos Municípios que não observarem os limites a que estejam legalmente sujeitos.

  • D.

    Para o cumprimento dos limites estabelecidos na Constituição, relativamente à despesa com pessoal ativo e inativo, dentro do prazo fixado em lei complementar, o Estado adotará, entre outras providências, sucessivamente, a redução de pelo menos 20% (vinte por cento) das despesas com cargos em comissão e funções de confiança e a dispensa ou exoneração de servidor público civil não estável, admitido em órgão da administração direta ou em entidade autárquica ou fundacional, que conte menos de três anos de efetivo exercício no Estado.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa INCORRETA:

  • A.

    A lei disporá sobre a política tarifária.

  • B.

    A lei estabelecerá tratamento especial em favor do usuário de baixa renda.

  • C.

    A delegação da execução de serviço público será precedida de concessão, na forma da lei.

  • D.

    Incumbe ao Estado, às entidades da administração indireta e ao particular delegado assegurar, na prestação de serviços públicos, a efetividade dos direitos do usuário e dos requisitos, dentre outros, de eficiência, segurança e continuidade dos serviços públicos, e do preço ou tarifa justa e compensada.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na Constituição do Estado de Minas Gerais, assinale a afirmativa INCORRETA:

  • A.

    O prazo de validade do concurso público é de até dois anos, prorrogável, uma vez, por igual período.

  • B.

    Os cargos, empregos e funções são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei.

  • C.

    Durante o prazo improrrogável previsto no edital de convocação, o aprovado em concurso público será convocado, observada a ordem de classificação, com prioridade sobre novos concursados, para assumir o cargo ou emprego na carreira.

  • D.

    As funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se preferencialmente às atribuições de direção, chefia e assessoramento.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Projeto de lei ordinária estadual, de iniciativa da Mesa da Assembléia Legislativa, visando à criação de cargos e funções públicas no âmbito de sua Secretaria e do Tribunal de Contas do Estado, é aprovado pela maioria dos Deputados Estaduais e, na seqüência, sancionado e promulgado pelo Governador do Estado. Considerada a disciplina do processo legislativo na Constituição do Estado de Minas Gerais, o procedimento ora descrito

  • A.

    é compatível com as regras atinentes à elaboração de leis contidas na Constituição estadual.

  • B.

    viola o princípio da separação de Poderes, ao submeter a matéria à sanção governamental, uma vez que a criação de cargos e funções públicas deve dar-se por ato do próprio Poder interessado, sem a interferência dos demais.

  • C.

    padece de vício, relativamente à criação de cargos e funções no âmbito do Tribunal de Contas, por se tratar de matéria de iniciativa exclusiva do Tribunal, que deve exercê-la por seu Presidente.

  • D.

    é formalmente incompatível com a exigência expressa de lei complementar, aprovada por dois terços dos membros da Assembléia Legislativa, para a finalidade pretendida.

  • E.

    deveria ter sido desencadeado por projeto de iniciativa do Governador do Estado, falha esta, contudo, sanada pela expressa sanção governamental, ao final.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Dentre as matérias de competência da Assembléia Legislativa, a Constituição do Estado de Minas Gerais não exige a sanção do Governador para que a Assembléia disponha sobre

  • A.

    plano plurianual, diretrizes orçamentárias e orçamentos anuais.

  • B.

    normas gerais relativas ao planejamento e execução de funções públicas de interesse comum, a cargo da região metropolitana, aglomeração urbana e microrregião.

  • C.

    aquisição onerosa e alienação de bem imóvel do Estado.

  • D.

    criação de cargo, emprego e função públicos na administração direta, autárquica e fundacional, desde que observados os parâmetros da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

  • E.

    limites e condições para a concessão de garantia do Estado em operações de crédito.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: