Questões de Língua Portuguesa da MPE/RS

O texto utiliza enunciados em discurso direto sem sinalizá-los ortograficamente, como no trecho abaixo.

Eis meu filho Christian, diz Anne em francês, e este cavalheiro aqui, ele é o monsieur Hollander, namorado da Carminha. Christian cumprimenta-nos com a cabeça, porque está sobrecarregado de livros, e se escafede escada acima. Anne abre a porta da rua: au revoir. A Minhoca me puxa pela manga, e já do lado de fora pergunto de supetão: e o outro, madame? O outro? O seu outro filho, madame. (l. 19-23) Agora, considere as seguintes afirmações acerca do discurso direto neste trecho.

I. No primeiro período, parte do discurso direto de Anne é dirigida ao narrador, parte é dirigida a seu filho Christian.

II. No período Anne abre a porta da rua: au revoir, o discurso direto é dirigido por Anne ao narrador e à sua namorada, Carminha.

III. No trecho que começa com pergunto de supetão e termina com O seu outro filho, madame, o discurso direto é dirigido pelo narrador a Anne.

Quais afirmações estão corretas?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas II.
  • C. Apenas III.
  • D. Apenas I e II.
  • E. Apenas I e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No texto, o narrador utiliza expressões que aludem ao caráter fugidio e impreciso das imagens que teve e tem de seu irmão. Assinale a alternativa em que ele NÃO alude a este caráter.
  • A. [...] repasso na memória as ideias mais fantasiosas que fiz dele (l.09-10)
  • B. [...] caras que eram transfiguradas pelo aquário do sonho (l.11)
  • C. [...] seres que a luz da manhã desvanecia (l.11-12)
  • D. [...] sua cara ainda sem acabamento (l.13-14)
  • E. [...] o que tenho diante de mim não pode ser meu irmão alemão (l.17)
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere o trecho abaixo, extraído e adaptado do texto (l.04-06), e as três propostas de transposição do relato.

Tira da geladeira um rocambole e separa uma fatia num prato: o senhor disse que seu pai morou na Alemanha? Entrega-me o pratinho coberto com um papel de pão: é uma receita da minha avó alsaciana, ele vai gostar.

I. Tirou da geladeira um rocambole e separou uma fatia num prato. Perguntou-me se eu dissera que meu pai tinha morado na Alemanha. Entregou-me o pratinho coberto com um papel de pão e disse que era uma receita da sua avó alsaciana, que meu pai ia gostar.

II. Tirou da geladeira um rocambole e separou uma fatia num prato. Perguntou-lhe se dissera que seu pai tinha morado na Alemanha. Entregou-lhe o pratinho coberto com um papel de pão e disse que era uma receita da sua avó alsaciana, que o pai dele ia gostar.

III. Tirou da geladeira um rocambole e separou uma fatia num prato. Perguntou-lhe se ele disse que seu pai morou na Alemanha. Entregou-lhe o pratinho coberto com um papel de pão e disse que era uma receita da sua avó alsaciana, que seu pai teria gostado.

Quais transposições estão corretas e preservam as relações temporais do trecho original?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas III.
  • C. Apenas I e II.
  • D. Apenas II e III.
  • E. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No texto, o narrador utiliza expressões que caracterizam ou sugerem sentimentos, atitudes ou intenções ora de outros personagens, ora próprios dele, narrador. Assinale a alternativa em que ele caracteriza um sentimento próprio.
  • A. O professor encerra seu número, numa senha para que a mulher se apresse (l.01)
  • B. Henri Beauregard fecha o piano e se refugia num banheiro (l.07)
  • C. É sinceramente um tipo banal, desses que a memória não fixa (l.18-
  • D. Christian cumprimenta-nos com a cabeça [...] e se escafede escada acima (l.20-21)
  • E. [...] mesmo na contraluz percebo como Anne enrubesce: não temos outro filho (l.23-24)
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere as seguintes afirmações.

I. O narrador foi até a casa de Henri e Anne para tentar encontrar seu irmão alemão.

II. O narrador acredita não apenas que Anne conhece seu pai, mas que teve com ele um filho – o seu irmão alemão.

III. O narrador conclui que Christian não é seu irmão, em parte, pelo fato de que reconheceu em Christian “o nariz adunco de Henri”.

Quais podem ser corretamente inferidas do texto?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas III.
  • C. Apenas I e II.
  • D. Apenas II e III.
  • E. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa que está de acordo com o texto.
  • A. O episódio se passa na casa de Henri Beauregard e sua mulher Anne, onde mora Carminha, a namorada do personagem narrador.
  • B. Além de Carminha, mora na casa de Henri e Anne outra moça, a quem o narrador chama de “Minhoca”.
  • C. O narrador sabe que tem um irmão alemão e acredita que o encontrará na casa de Henri e Anne.
  • D. O narrador entreviu o vulto de seu irmão alemão nas proximidades da casa de Henri e Anne.
  • E. O narrador sugere a Anne que ela possui outro filho além de seu irmão alemão.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa que contém as expressões que melhor substituem, de acordo com o sentido do texto, competência (l. 08), sensível (l. 18) e comum aos (l. 29), respectivamente.
  • A. entendimento – capaz de ter sentimentos – natural aos
  • B. jurisdição – capaz de ter sentimentos – compartilhada pelos
  • C. jurisdição – capaz de comover-se – compartilhada pelos
  • D. entendimento – capaz de comover-se – habitual entre os
  • E. jurisdição – capaz de ter sentimentos – natural aos
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere as afirmações abaixo.

I. Rousseau ironiza “[...]as definições desses sábios homens” quando diz que elas “concordam somente em que é impossível entender a lei da natureza […] sem ser um grande raciocinador e profundo metafísico” (l. 10-12).

II. A lei natural se expressa pela “voz da natureza”, que não é um “juízo da razão”; por isso, não pode ser compreendida e reconhecida como lei pelo homem.

III. Os animais são protegidos pela lei natural, mas não se pode exigir deles o dever de respeitá-la.

Quais apresentam interpretações que podem ser corretamente sustentadas com base no conteúdo do texto?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas II.
  • C. Apenas I e III.
  • D. Apenas II e III.
  • E. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere as afirmações abaixo.

I. O princípio da sociabilidade é um princípio fundamental da alma humana, do qual derivam as regras do direito natural.

II. É evidente para Rousseau que tanto o direito em geral quanto o direito natural só podem ser conceitos relativos à natureza do homem.

III. Princípios baseados em vantagens que o homem só pode perceber depois que deixou o estado de natureza não são constitutivos da natureza do homem.

Quais podem ser corretamente inferidas do texto?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas II.
  • C. Apenas III.
  • D. Apenas I e II.
  • E. Apenas II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) as seguintes afirmações sobre o conteúdo do texto.

( ) Para os “filósofos modernos”, a lei natural só pode ser prescrita para um ser inteligente porque acreditam que é preciso recorrer a conhecimentos que o homem não tem em estado de natureza.

( ) Quando o homem resiste ao impulso interior da comiseração, faz sempre algum mal a outro homem ou a outro ser sensível.

( ) O direito natural parece decorrer da combinação de dois princípios da alma humana, o interesse pela conservação de si próprio e a repugnância à morte ou ao sofrimento dos seres sensíveis.

( ) Os animais também devem participar do direito natural porque o homem está obrigado a certos deveres para com eles.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo é,

  • A. F – F – V – F.
  • B. V– F – V – F.
  • C. F – V – F – F.
  • D. V – F – V – V.
  • E. V – V – F – V.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: