Questões sobre Educação em Geografia

Sobre a aprendizagem escolar dos conceitoschave da geografia, deve-se sempre considerar que é preciso
  • A. trabalhar os conceitos separando a palavra do método da percepção, no intuito de evitar que o aluno perca sua capacidade de generalização na interpretação geográfica.
  • B. evitar qualquer tipo de generalização na leitura geográfica conceitual, sobretudo porque a interpretação do território, do espaço e da paisagem é uma atividade mental idiográfica.
  • C. ensinar os conceitos diretamente, definindo bem seu significado e evitando que o aluno confronte a interpretação conceitual com algum problema sensível, de difícil simplificação.
  • D. trabalhar a construção do conceito a partir de uma situação-problema, estimulando o aluno a utilizar seu aparato de percepção e palavras.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na discussão sobre a renovação do caráter defasado do currículo no ensino de geografia, é preciso considerar uma proposta de reformulação que privilegie a unidade teórico-prático e a perspectiva interdisciplinar na formação do estudante. Tal mudança estaria em consonância
  • A. com uma formação sensível aos preceitos críticos, ambientais e humanísticos, reconhecendo na interface das dinâmicas naturais e sociais as possibilidades de compreensão do espaço.
  • B. com uma preparação que tenha como principal meta incorporar conhecimentos técnicos, tecnológicos e informacionais ao saber geográfico.
  • C. com uma proposta que procure estimular o domínio completo dos conteúdos da ciência geográfica, dada a multiplicidade de abordagens e o volumoso acúmulo de conhecimentos existentes nesse campo do conhecimento.
  • D. com uma atitude pedagógica desprovida de ideologia, fazendo valer uma formação prática e isenta de alinhamentos subjetivos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A leitura geográfica dos conceitos de lugar e paisagem, no ensino de geografia, pressupõem estudos
  • A. de identidade, com registros de memória social, percepção das relações e elementos que compõem o vivido e a subjetividade.
  • B. relacionais, que permitem construir uma noção de espaço plano e isotrópico.
  • C. estruturais, que auxiliam na construção do conhecimento geográfico pela via da escala global.
  • D. analíticos, que articulam conhecimentos dedutivos na leitura da relação entre natureza e sociedade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

No que tange às novas abordagens teóricas e metodológicas no ensino da geografia, considere as seguintes afirmações:

I. A construção de uma geografia escolar crítica destacou a clareza, a simplicidade, a generalidade e a exatidão como principais condições de interpretação dos conteúdos geográficos, fazendo uso de uma metodologia que estimula, no processo de ensino/aprendizagem, a construção de certezas.

II. Criticidade no ensino de geografia é deixar o estudante se libertar da dependência intelectual, encontrar sua criatividade e imaginação, aprender a pensar a partir do diálogo com o real e com as obras culturais, tentando se descobrir como agente de mudanças.

III. Por geografia escolar tradicional entende-se uma atitude de pensar os temas e os conceitos geográficos a partir de procedimentos rígidos e estáticos, não abrindo margem para uma renovação ou uma pluralidade no conhecimento.

É correto o que se afirma em

  • A. I e II apenas.
  • B. II e III apenas.
  • C. I, II e III.
  • D. I e III apenas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

O conceito de território pode ser ligado à ideia de domínio ou de gestão de uma determinada área, sendo que dele emergem conceitos derivativos de territorialidade e de desterritorialização. Nessa perspectiva, analise as asserções abaixo:

I. A expansão do território pode, por um lado, promover a ampliação da territorialidade e, por outro, promover a desterritorialização de certos grupos sociais.

PORQUE

II. A formação de um território dá às pessoas que nele habitam a consciência da sua participação, provocando o sentimento de territorialidade que, de forma subjetiva, cria uma consciência de identidade entre as mesmas.

Acerca dessas asserções, é CORRETO afirmar:

  • A. I e II são proposições falsas.
  • B. I e II são proposições verdadeiras e II é uma justificativa correta de I.
  • C. I e II são proposições verdadeiras e II não é uma justificativa correta de I.
  • D. I é uma proposição falsa e II é uma proposição verdadeira.
  • E. I é uma proposição verdadeira e II é uma proposição falsa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Leia o texto a seguir.

Em suas aulas, o professor de Geografia pode utilizar o conteúdo do texto como ponto de partida para abordar, EXCETO:

  • A. as inovações no campo da comunicação, que se aceleraram a ponto de alterar a nossa relação com o tempo e o espaço.
  • B. as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), que aumentaram extraordinariamente a quantidade de informações, ao mesmo tempo em que não significou, necessariamente, a ampli-ação do conhecimento.
  • C. com o tempo e o espaço. (B) as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), que aumentaram extraordinariamente a quantidade de informações, ao mesmo tempo em que não significou, necessariamente, a ampli-ação do conhecimento.
  • D. o aumento das possibilidades de interatividade com o mundo, resultado da facilitação do acesso à informação e da intensificação dos fluxos imateriais.
  • E. o impacto que as transformações produzidas pela revolução técnico-científica causam no nosso cotidiano e nos nossos comportamentos sociais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A partir do texto precedente, assinale a opção correta quanto aos métodos de avaliação da disciplina.

  • A. Em razão da simplicidade do objeto de estudo da geografia, que é a sociedade por meio da espacialidade, a avaliação de desempenho do aluno não deve incluir a recuperação.
  • B. Como a geografia trabalha diretamente as relações sociais, a avaliação de desempenho do aluno deve ser descontínua no decorrer dos anos letivos.
  • C. Diante do estudo da espacialidade da sociedade, a avaliação de desempenho do aluno deve ser contínua, cumulativa e prevalente nos aspectos qualitativos.
  • D. Como o objeto da geografia é pautado nas modificações que o homem imprime na natureza, a avaliação de desempenho dos alunos deve ser baseada no aspecto quantitativo.
  • E. Sendo incalculáveis as territorialidades sociais no espaço, a avaliação de desempenho do aluno deve ser descontinuada e sem assuntos acumulativos de anos anteriores.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Para o autor do texto precedente,

  • A. a territorialidade é meramente ontológica.
  • B. o território deve ser tratado como estratégia político-cultural.
  • C. a territorialidade manifesta-se concretamente no território.
  • D. a territorialidade é um poder abstrato e simbólico.
  • E. a concepção da materialidade define o território.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

No ensino da geografia, é necessário, para o entendimento do território como referido por Milton Santos, tratar

  • A. o território como espaço desvinculado da percepção de pertencimento a uma territorialidade cultural.
  • B. o território usado, a identidade e o exercício do que envolve a vida.
  • C. o território em si, como instrumento de domínio cultural e identitário.
  • D. a identidade como território usado e fundamento do trabalho.
  • E. a territorialidade como necessidade de superposição material.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Acerca das novas abordagens teóricas e metodológicas no ensino da geografia, assinale a opção correta.
  • A. Os saberes do senso comum de comunidades tradicionais como ribeirinhos e quilombolas devem ser descartados.
  • B. Além do conhecimento teórico-metodológico, o cotidiano discente é de plena significância para o processo docente.
  • C. Sendo os saberes do cotidiano importantes instrumentos didáticos, a metodologia deve se limitar a abordá-los.
  • D. Para atender a uma abordagem crítica da geografia, basta tratar da dicotomia entre a geografia física e a geografia humana.
  • E. O positivismo regional torna a relação homem-meio mais clara para novas abordagens teórico-metodológicas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: