Questões sobre História da Arte

No que concerne à História da Arte, é correto afirmar que, durante o período da Idade Média,
  • A. o fazer artístico precisava ser feito com verdade e não com perfeição.
  • B. a arte buscava apenas a expressão da subjetividade presente no indivíduo.
  • C. a arte era concebida como o perfeito domínio das normas de um fazer.
  • D. a arte pressupunha o entrecruzamento de variados tipos de expressões.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), artistas e intelectuais de diversas nacionalidades, contrários ao envolvimento de seus países no conflito, exilaram-se em Zurique, na Suíça, onde fundaram um movimento artístico que deveria expressar suas decepções com o fracasso da ciência, da religião e da filosofia existentes até então, pois estas se revelaram incapazes de evitar a grande destruição que assolava toda a Europa. Esse movimento foi denominado de
  • A. Impressionismo.
  • B. Expressionismo.
  • C. Naturalismo.
  • D. Dadaísmo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Julio Le Parc, artista argentino, teve uma excelente retrospectiva em Miami, em 2016 e em São Paulo, em 2017-18. A mostra com o título, Julio Le Parc: da Forma à Ação, trouxe obras que caminham pela op art, passa pela arte cinética e se desdobra em grandes instalações luminosas.

De acordo com a obra do artista e dos conhecimentos sobre a op art, identifique uma de suas carac-terísticas.

  • A. Representação do movimento através da pintura, apenas com a utilização de elementos gráficos.
  • B. Restauração dos sentimentos humanos e do instinto como ponto de partida para uma nova linguagem artística.
  • C. Temas concebidos como simples motivos que justificam a realização da pintura.
  • D. Uma arte solta das amarras racionalistas, resultado do automatismo psíquico, combinando elementos por acaso.
  • E. Valorização do desenvolvimento industrial e tecnológico, se encantando com a velocidade das máquinas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Na série “Esculturas de Um Minuto”, o público é convidado a seguir instruções para que se torne uma escultura do artista durante 60 segundos. A princípio, é possível definirmos essa ação como um hap-pening, mas, como no próprio título do trabalho, isso é uma escultura, pois

  • A. conduz um deslocamento de elementos do cotidiano inseridos no corpo do espectador, resul-tando em algo totalmente inusitado e com total liberdade.
  • B. modela naturalmente o corpo do espectador, mesmo que não seja sua intensão a priori.
  • C. o corpo do espectador segue um dos princípios dessa modalidade, que é a tensão, força, da matéria prima a ser esculpida, nesse caso, o corpo que foi “emprestado” ao artista por um pe-queno período.
  • D. o espectador é conduzido a produzir a obra, sendo uma espécie de material articulável e livre para ser transformado em obra momentânea do artista.
  • E. o outro é conduzido a produzir uma obra que não foi criado por ele, mas pelo artista que o induz a produzir algo que foge da naturalidade, mesmo que seguindo uma receita.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A arte egípcia refere-se à arte desenvolvida pela civilização do Antigo Egito. Enquanto essa arte es-tava voltada para a religiosidade, a arte da Grécia Antiga ligava-se à
  • A. realidade.
  • B. experimentação.
  • C. naturalidade.
  • D. inteligência.
  • E. emoção.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Se a industrialização trouxe um grande desenvolvimento tecnológico, ela provocou também o surgi-mento de uma grande massa de trabalhadores vivendo nas cidades em condições precárias e traba-lhando em situações desumanas. Surge então a chamada “pintura social”, denunciando as desigual-dades entre a pobreza dos trabalhadores e a riqueza da burguesia. Nesse contexto, encontramos a pintura realista do século XIX, que se caracteriza pelo princípio de que o artista deve
  • A. apropriar-se das angústias e melancolias vividas na Europa pós-revolução industrial.
  • B. expressar seus sentimentos, mesmo aqueles mais ocultos, a todo momento, em sua obra.
  • C. garantir o cumprimento de regras básicas, mantidas desde o Renascimento, com a arte tradicio-nal.
  • D. representar a realidade com a mesma objetividade com que um cientista estuda um fenômeno da natureza.
  • E. representar os fatos de um determinado momento, mas sempre com uma intervenção crítica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ao longo de sua história, o ensino de Artes foi instaurado dentro de diferentes tendências pedagógicas e, desde 1996, tornouse componente curricular obrigatório nos diversos níveis da Educação Básica, contemplando a arte em seu contexto mais amplo e entendendo-a não mais como uma atividade curricular, mas sim como campo de conhecimento e atuação específicos, integrados à base de formação cultural do indivíduo e do cidadão como um todo. Portanto, as questões que tomam a Arte como referência propõem focá-la em suas diferentes modalidades expressivas e nos seus diferentes contextos, quer seja da sua produção, da sua apreciação, de seu estudo e sua difusão, sem perder de vista sua inserção sóciocultural na relação com os outros campos de conhecimento, tanto na sua parte geral, quanto na específica. Espera-se, desta forma, que os professores sejam capazes de manifestar certas habilidades relacionadas a este campo de conhecimento, sob o aspecto analíticocrítico, mediante sua capacidade de síntese, em que demonstrem relacionar dados, fatos e eventos, permitindo-lhes compreender as interações sociais e culturais que relacionam o seu contexto vivencial e o conhecimento formal obtido no seu percurso escolar. Quer ainda observá-los como elementos ativos no processo de transformação no qual estão inseridos na sociedade. Para tanto, os professores serão avaliados de acordo com a sua capacidade de, exceto:
  • A. Apreciar as manifestações artísticas em suas diferentes modalidades expressivas no contexto das Artes Visuais, Teatro, Dança, Música, Performance, de maneira interdisciplinar em relação à produção e leitura na sociedade.
  • B. Analisar, refletir e avaliar as manifestações artísticas por meio dos diferentes processos instituídos no contexto das teorias que observam, quer seja a sua relação com a História da Arte ou com a Estética.
  • C. Relacionar as manifestações artísticas ao contexto cultural, avaliando suas origens estéticas, suas raízes étnicas, suas funções sociais e abrangência de sua dimensão histórica.
  • D. Analisar, refletir e avaliar as manifestações culturas por meio de processos destituídos no contexto das teorias que observam, quer seja a sua relação com a História da Arte ou com a Estética.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As artes fornecem um dos mais potentes sistemas simbólicos das culturas e auxiliam os alunos a criar formas únicas de pensamento. Em contato com as artes e ao realizarem atividades artísticas, os alunos aprendem muito mais do que pretendemos, extrapolam o que poderiam aprender no campo específico das artes. E, como o ser humano é um ser cultural, essa é a razão primeira para a presença das artes na educação escolar. (ferreira, 2001, p32). Nesse sentido a arte deve ser vista como:
  • A. Faces do conhecimento, que complementamse e ajustam-se perante o desejo de compreender o mundo.
  • B. Oposição, uma contradição à ciência, todavia que faz entender certos aspectos que a ciência.
  • C. Faces do conhecimento, que não complementam-se e não se ajustam-se perante o desejo de compreender o mundo.
  • D. Nenhuma das alternativas anteriores.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa que contradiz os conceitos sobre: ARTE ERUDITA, ARTE POPULAR E ARTE DE MASSA:
  • A. A arte erudita refere-se àquela produzida e apreciada pela elite de uma sociedade.
  • B. Arte popular é aquela feita pelo povo e para o povo. O artista popular mantém raízes com a comunidade que faz parte sendo grandemente influenciado na sua criação pelos seus motivos e significados simbólicos e estéticos.
  • C. Nas regiões do país existe um único tipo de arte popular que se destaca, e por isso mesmo pode ser vista sem uma peculiaridade.
  • D. Arte de massa atingem uma quantidade maior de pessoas, de diferentes classes sociais e culturais por isso são consideradas como arte popular e, ao mesmo tempo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Nesse contexto de globalização, o patrimônio cultural arquitetônico é visto como:

  • A. uma monumentalização do passado e dos valores nacionais;
  • B. um contrapeso às tendências homogeneizadoras da integração global;
  • C. um resgate do legado estético dos grandes nomes da arquitetura brasileira;
  • D. uma oportunidade econômica para beneficiar uma classe social;
  • E. uma preservação da memória do país inserida na tradição do Ocidente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: