Questões de Odontologia da COMPERVE

Na remoção cirúrgica de elementos dentários, três técnicas de exodontias podem ser realizadas: apenas utilização de fórceps; utilização de alavancas e uso do fórceps opcionalmente; e associação destas com odontosecção e/ou osteotomia. Considera-se indicação do uso de alavancas os casos de
  • A. raízes e ápices radiculares residuais ou recém-fraturados.
  • B. dentes com dilaceração radicular.
  • C. raízes divergentes.
  • D. dentes com hipercementose.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O instrumento mais amplamente utilizado para a remoção do biofilme dentário e/ou do cálculo da superfície radicular, sem intencional remoção de estrutura do dente, é a cureta periodontal. A angulação da borda cortante da cureta sobre o dente influencia a eficiência do debridamento. A angulação ótima entre a borda cortante e a superfície do dente é de
  • A. 450.
  • B. 550.
  • C. 800.
  • D. 900.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ao longo dos anos, diferentes técnicas cirúrgicas têm sido descritas e empregadas na terapia periodontal. Nesse sentido, o procedimento cirúrgico usado no tratamento das bolsas periodontais purulentas é chamado de cirurgia a retalho
  • A. de Widman.
  • B. de Neumann.
  • C. modificado.
  • D. posicionado apicalmente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A presença de biofilme não pode ser considerada isoladamente na avaliação da inflamação periodontal, caracterizada, principalmente, por vermelhidão, sangramento e edema. Nesse sentido, para avaliar o sangramento gengival com o auxílio de uma sonda periodontal que penetra, minimamente, no sulco gengival, percorrendo toda sua extensão, observando a presença ou não de sangramento, utiliza-se o índice
  • A. gengival.
  • B. de sangramento gengival.
  • C. de sangramento marginal.
  • D. periodontal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A doença periodontal é uma condição inflamatória que acomete os tecidos de proteção e sustentação dos elementos dentários e tem como fator etiológico o biofilme dentário. Entretanto, a resposta do hospedeiro aos micro-organismos presentes nesse biofilme, podendo ser protetora e/ou destrutiva, leva a alterações teciduais que podem ocasionar a progressão da doença. Nesse sentido, a interleucina 1 (IL-1) é considerada o principal mediador da periodontite e provém, na sua maior parte, dos
  • A. mastócitos, neutrófilos e fibroblastos.
  • B. fibroblastos, neutrófilos e células dendríticas.
  • C. ceratinócitos, monócitos e células de Langerhans.
  • D. macrófagos ativados, fibroblastos e ceratinócitos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A área de saúde bucal do Ministério da Saúde, por intermédio do protocolo estabelecido nos “Cadernos da Atenção Básica n. 17”, estabelece a escovação supervisionada como medida preventiva de escolha para as diversas fases da vida. As seguintes afirmações dizem respeito a essa estratégia.

I Em crianças, a escovação deve ser contínua, auxiliada por pais ou responsáveis, mas, à medida que ela cresce, deve ser estimulada a fazê-la sozinha.

 II Com relação aos adolescentes, deve-se estimular a escovação e não introduzir ainda o uso de fio dental, considerando a dificuldade de adaptação à técnica.

III Em adultos, maior estímulo deve ser dado ao uso de fio dental e maior atenção no que diz respeito ao desenvolvimento da doença periodontal.

IV Entre os idosos, deve-se estimular o uso de enxaguatórios devido à dificuldade crescente no uso da escova dental.

Das afirmações, estão corretas

  • A. II e III.
  • B. II e IV.
  • C. I e IV.
  • D. I e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A indicação de exodontias em dentes decíduos se faz em diversas situações clínicas frequentemente encontradas na prática odontológica. Nesse sentido, considere as seguintes situações clínicas:

I Dentes que apresentam anquilose.

II Dentes cujo sucessor permanente se encontra com 1/3 da raiz formada.

III Dentes natais ou neonatais que apresentam mobilidade excessiva.

 IV Dentes cuja lesão de cárie compromete a região de furca.

As situações clínicas que possuem indicação de exodontias em dentes decíduos estão presentes nos itens

  • A. I e II.
  • B. II e III.
  • C. II e IV.
  • D. III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Por se tratar de um problema de elevada prevalência na dentição mista, o apinhamento primário merece uma conduta terapêutica sólida e coerente do ponto de vista ortodôntico. A correção do apinhamento na dentição mista por redução de dentes é conseguida mediante um programa de extração seriada em duas fases distintas. Nesse contexto, considere as seguintes afirmações:

I No início da dentição mista, sempre é possível decidir se, posteriormente, os pré-molares serão extraídos.

II No primeiro período transitório, indica-se a extração de dentes decíduos anteriores para permitir o alinhamento dos incisivos permanentes, de preferência sem mecânica ortodôntica.

III A extração de dentes permanentes, frequentemente os primeiros pré-molares, visa corrigir o apinhamento dos dentes do segmento posterior e dos caninos.

IV A segunda fase pode ou não ser realizada e coincide com o segundo período transitório da dentição mista, o que a caracteriza como a fase reversível das extrações.

Acerca das extrações seriadas, estão corretas as afirmações

  • A. I e II.
  • B. II e III.
  • C. I e IV
  • D. III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A maioria das neoplasias malignas da cavidade oral é ocasionada por lesões orais potencialmente malignas, presentes por um longo período de tempo. Em geral, o desconhecimento da população sobre essas lesões e seus fatores etiológicos contribuem para sua incidência. Muitos dos agentes associados ao desenvolvimento do câncer de boca também estão envolvidos no surgimento de lesões potencialmente malignas. Dentre as lesões orais potencialmente malignas mais prevalentes, destacam-se a leucoplasia e a eritroplasia, cuja prevenção deve se basear no controle
  • A. da infecção pelo HPV.
  • B. do tabagismo.
  • C. da exposição crônica à radiação solar.
  • D. das deficiências nutricionais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Os dados epidemiológicos mais recentes mostram que 17,5% das crianças e 15,3% dos adolescentes têm algum grau de oclusopatia, avaliada pelo DAI (Índice de Estética Dental). As estratégias de prevenção para os problemas oclusais são, geralmente, mais difíceis, pois os fatores de risco são bastante diferentes dos relacionados às doenças bucais mais comuns, como a cárie e a doença periodontal. As seguintes afirmações dizem respeito a essas estratégias preventivas.

I Medidas preventivas podem ser implementadas logo após o nascimento da criança, visando evitar o desenvolvimento de hábitos bucais deletérios.

II A perda dentária precoce é um dos principais fatores de risco para problemas oclusais. Uma vez que ocorra, devem ser utilizados mantenedores de espaço.

III O uso de mamadeira deve ser evitado, pois pode restringir o estímulo para o crescimento ântero-posterior da mandíbula.

IV Estratégias preventivas podem ser implementadas mesmo antes do nascimento da criança, através de aconselhamento genético aos pais.

Das afirmações, estão corretas

  • A. I e III.
  • B. I e II.
  • C. II e IV.
  • D. III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: