Questões de Direito Tributário do ano 2010

Pesquise mais Questões de Direito Tributário do ano 2010 abaixo,

Questões de Direito Tributário Fundos de participação dos Estados e dos Municípios
Ano: 2010, Banca: CESPE, Concurso: MPU, Cargo: Técnico de Apoio Especializado

As transferências entre os entes da Federação podem decorrer de determinações constitucionais, legais ou simplesmente de considerações políticas. Acerca desse assunto, julgue os itens seguintes.

O cálculo dos percentuais do fundo de participação dos municípios (FPM), considerando-se cada município que não seja capital, é feito com base no critério populacional, a partir do domicílio eleitoral dos cidadãos.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: PUC/PR, Concurso: TJPR/PR, Cargo: Juíz Estadual (Juíz Substituto)

Examine as assertivas abaixo e, a seguir, assinale a alternativa CORRETA:

I. O tempo decorrido entre a concessão da moratória e a sua revogação não se computa para efeito da prescrição do direito à cobrança do crédito tributário, quando a moratória é concedida em caráter individual, por mero erro da autoridade fiscal.

II. O tempo decorrido entre a concessão da moratória e sua revogação não se computa para efeito da prescrição do direito à cobrança do crédito tributário, quando a moratória é concedida em caráter geral, em razão de simulação do beneficiado.

III. O tempo decorrido entre a concessão da moratória e sua revogação não se computa para efeito da prescrição do direito à cobrança do crédito tributário, quando a moratória é concedida em caráter individual, por dolo do beneficiado.

IV. Os juros de mora são devidos também no caso de revogação da moratória concedida em caráter individual por erro da autoridade fiscal, desde que o crédito tributário não esteja prescrito.

  • A.

    Somente as assertivas III e IV estão corretas.

  • B.

    Somente a assertiva I está correta.

  • C.

    Somente as assertivas II e IV estão erradas.

  • D.

    Somente a assertiva III está errada.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: PUC/PR, Concurso: TJPR/PR, Cargo: Juíz Estadual (Juíz Substituto)

Considerando as assertivas abaixo, assinale a alternativa CORRETA:

I. Quanto à prescrição e à decadência do crédito tributário, podem-se identificar diversos prazos de um lustro previstos no Código Tributário Nacional.

II. O prazo de 10 (dez) anos para a cobrança das contribuições previdenciárias foi julgado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, resultando em súmula vinculante.

III. O prazo decadencial previsto para a autoridade fiscal constituir o crédito tributário para os impostos lançáveis por declaração começa no 1º (primeiro) dia útil do exercício seguinte à ocorrência do fato gerador do tributo.

IV. O prazo prescricional para a Fazenda Pública buscar a tutela jurisdicional, exigindo o crédito tributário não satisfeito, inicia-se com a constituição definitiva do crédito e se interrompe com o despacho do juiz em execução fiscal.

V. Na repetição do indébito tributário, os juros só se contam a partir do trânsito em julgado da decisão e a correção monetária, a partir do pagamento efetuado.

VI. A prescrição intercorrente tem como termo inicial de contagem de seu quinquidio 1 (um) ano após o arquivamento do processo fiscal por não terem sido encontrados bens passíveis de penhora, ou mesmo o devedor, e poderá ser decretada de ofício pelo magistrado, depois de ouvida a Fazenda Pública.

  • A.

    Somente as assertivas I, III e IV estão erradas.

  • B.

    Somente as assertivas I, II e V estão corretas.

  • C.

    Somente as assertivas III e IV estão corretas.

  • D.

    Somente as assertivas IV e VI estão erradas.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: PUC/PR, Concurso: TJPR/PR, Cargo: Juíz Estadual (Juíz Substituto)

Analise as assertivas abaixo e, a seguir, assinale a alternativa CORRETA:

I. Os conceitos de direito privado utilizados pelo direito tributário sempre podem ser modificados e adaptados às peculiaridades do direito tributário, como aconteceu amiúde com a prescrição e a decadência.

II. A Constituição Estadual, embora possa usar conceitos de direito tributário, não pode modificálos quando tratam de capacidade tributária e competência tributária.

III. Os princípios de direito privado são essenciais para a compreensão dos institutos tributários, sobretudo para determinação de seu alcance e efeitos tributários.

IV. O conceito de “mercadoria”, advindo do Direito Privado, é utilizado pela Constituição Federal para a tributação do ICMS, mas seu alcance será determinado pelo Direito Tributário, que pode alterá-lo de acordo com seus interesses.

  • A.

    Apenas as assertivas I, II e IV estão incorretas.

  • B.

    Apenas a assertiva III está incorreta.

  • C.

    Apenas a assertiva I está correta.

  • D.

    Apenas as assertivas II e IV estão corretas.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: PUC/PR, Concurso: TJPR/PR, Cargo: Juíz Estadual (Juíz Substituto)

Dadas as assertivas abaixo, assinale a alternativa CORRETA:

I. Diante do quadro de competência tributária traçado na Constituição Federal, não é possível haver ingerência de competência entre os entes federados, já que a isenção heterônoma é sempre inconstitucional.

II. Os conflitos de competência entre os Estados federados devem, segundo a Constituição Federal, ser dirimidos pelo Conselho Nacional de Política Fazendária – CONFAZ.

III. Os créditos de ICMS de operações isentas e de não incidências, salvo determinação em contrário da legislação, podem ser apropriados pelo comprador da mercadoria isenta ou não sujeita à exação, nos termos expressos do Texto Magno em vigor e em perfeita consonância com o princípio da não cumulatividade.

IV. O ICMS será cobrado, como regra, na origem; todavia, nas operações externas protegidas pela imunidade de alguns produtos, haverá cobrança apenas pelo Estado-membro destinatário, daí porque serem os Estados importadores que recebem o ICMS que incidiria sobre a energia elétrica produzida na Hidrelétrica de Itaipu, e não o Estado do Paraná.

V. Energia elétrica é serviço, daí estar inserida no “S” da sigla do ICMS, sendo passível dessa exação, que vem destacada na conta de luz.

  • A.

    Somente a assertiva II é falsa.

  • B.

    As assertivas I e II são falsas, enquanto a assertiva V é verdadeira.

  • C.

    A assertiva IV é verdadeira e as assertivas III e V são falsas.

  • D.

    Enquanto IV e V são verdadeiras, a assertiva II é falsa.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: PUC/PR, Concurso: TJPR/PR, Cargo: Juíz Estadual (Juíz Substituto)

Avalie as assertivas abaixo e assinale, a seguir, a alternativa CORRETA:

I. A transação de crédito tributário, embora ainda não possa ocorrer no âmbito federal, por falta de autorização legal, já ocorre em algumas cidades e Estados-membros, sendo necessário constar na lei a autoridade competente para autorizá-la.

II. Na substituição tributária regressiva ou “para trás”, em face da existência do fato gerador presumido, o crédito é retido em operação anterior, antes da efetiva ocorrência do fato que faz nascer à exação, utilizando-se, para tanto, de presunções de ocorrência e de base de cálculo (pautas fiscais), que podem não ocorrer exatamente como previsto, não sendo devido, no entanto, nessa hipótese, qualquer devolução para o contribuinte da diferença que houver entre o fato presumido e o efetivamente ocorrido, conforme já decidido pelo Supremo Tribunal Federal.

III. A taxa e o preço-público se equivalem, já que em ambos é possível se obter deliberadamente a mais-valia, ou lucro, arrecadando-se, portanto, mais do que o custo da prestação do serviço, razão da possibilidade de utilização para remunerar qualquer serviço público, ainda que indivisível.

IV. A proteção vital, ou mínimo existencial, de ampla aplicação no Brasil, é princípio que visa a proteger a dignidade humana da exação desproporcional e violadora da capacidade contributiva, que carece ainda de lei para que possa ser respeitado, mas que conta com alguma proteção como a dos alimentos da cesta básica, e com o valioso auxílio da seletividade, que é amplamente aplicada a todas as exações no direito brasileiro.

V. A presunção de fraude do crédito tributário pode ocorrer por começo de oneração de renda, por sujeito passivo com dívida regularmente inscrita em dívida ativa.

VI. O Poder Executivo municipal, o estadual e o federal devem expedir, por decreto, até o final de janeiro de todo ano, a consolidação, em texto único, da legislação vigente relativa a cada um dos tributos.

  • A.

    Somente as assertivas I, V e VI estão corretas.

  • B.

    Somente as assertivas II e III estão erradas.

  • C.

    A assertiva II está correta e a VI está incorreta.

  • D.

    A assertiva IV está correta e a V está incorreta.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: CESPE, Concurso: DETRAN/ES, Cargo: Técnico Superior

Julgue os itens seguintes, relativos à legislação tributária.

Lei municipal que disponha sobre o parcelamento do imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana (IPTU) deve ser interpretada literalmente.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: CESPE, Concurso: DETRAN/ES, Cargo: Técnico Superior

Julgue os itens seguintes, relativos à legislação tributária.

Em obediência ao princípio da irretroatividade, a lei tributária, ao entrar em vigor, aplica-se imediatamente aos fatos geradores futuros, mas não aos pendentes e pretéritos.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: CESPE, Concurso: DETRAN/ES, Cargo: Técnico Superior

Julgue os próximos itens, a respeito de obrigação tributária.

Uma concessionária de serviços de transporte ferroviário detém plena capacidade tributária ativa para instituir a cobrança de taxa pela utilização do subsolo da faixa territorial concedida pela União.

Sua resposta é:
Questões de Direito Tributário Geral
Ano: 2010, Banca: CESPE, Concurso: DETRAN/ES, Cargo: Técnico Superior

Julgue os próximos itens, a respeito de obrigação tributária.

Considera-se sujeito ativo da obrigação tributária a pessoa física ou jurídica obrigada a pagar tributo ou penalidade pecuniária.

Sua resposta é: