Uma mulher de trinta e um anos de idade, previamente sau...

Uma mulher de trinta e um anos de idade, previamente saudável, compareceu a um ambulatório hospitalar, queixando-se de crises de “nervosismo” iniciadas havia três meses, além de intolerância ao calor, palpitações, insônia e irritabilidade. No exame físico, constatou-se que ela estava lúcida, orientada, hidratada, corada e acianótica. Ela apresentava tremor fino nas mãos; exoftalmia; bom estado geral; peso de 62 kg; altura de 170 cm; pressão arterial de 100 mmHg × 70 mmHg; pulso de 98 bpm; frequência respiratória de 18 irpm; e estado afebril. A ausculta cardíaca revelou ritmo regular, em dois tempos, bulhas normofonéticas, com sopro sistólico ejetivo de + em 6. A tireoide estava palpável, indolor, móvel, de consistência elástica, com leve aumento difuso. Os demais dados do exame físico foram normais.

Com relação a esse caso clínico, julgue os seguintes itens.

Para confirmar o diagnóstico dessa paciente, a primeira medida a ser adotada é solicitar exames de anticorpos antitireoidianos — anticorpos antitireoperoxidase, anticorpos antitireoglobulina e anticorpos antirreceptores de TSH.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Com relação aos serviços auxiliares no âmbito da justiça militar, julgue os itens que se seguem.

Mensalmente, os diretores de secretarias das auditorias devem fornecer aos respectivos juízes-auditores a relação de inquéritos e demais processos que se encontrarem parados em suas respectivas secretarias.

Resolva a questão aqui ›


Escolarização e crescimento econômico

                        Não podemos justificar o desenvolvimento escolar apenas pelas possibilidades de crescimento econômico que ele gera. Ao contrário, o crescimento econômico só é justificável pelo desenvolvimento social, educacional inclusive, que ele propicia. Entretanto, não podemos ignorar a relação direta existente entre a melhoria do sistema escolar e o desenvolvimento econômico. 
                       Diversos especialistas têm se dedicado a estudar o impacto econômico dos investimentos em educação escolar. Embora suas conclusões quantitativas sejam dependentes de opções ideológicas automaticamente embutidas nas análises matemáticas, especialmente quando envolvem a relação entre a distribuição de renda e a escolaridade, um ponto é comum a todos eles: investimentos em educação escolar provocam crescimento econômico. A taxa de crescimento econômico varia de país para país, de época para época, e depende do nível de escolaridade da população. Em termos aproximados, essa variação está entre cerca de 10%, no caso do ensino superior nos países ricos, e cerca de 30%, no caso do ensino básico nos países pobres. 
                        Esse retorno econômico é um reflexo em escala nacional do aumento da renda individual com o aumento da escolaridade do trabalhador. Cada ano a mais de escolaridade garante um aumento individual de renda que varia entre cerca de 5% a 10%, no caso de países com fortes mecanismos de controle de renda e sistemas escolares muito organizados, há cerca de 100%, no caso do ensino fundamental em países pobres de populações subescolarizadas. 

(Otaviano Helene)

"no caso de países com fortes mecanismos de controle de renda e sistemas escolares muito organizados,..." O termo grifado no trecho acima como elemento coesivo de um texto indica:

Resolva a questão aqui ›


Com base no Decreto n.º 3.029/1999, que aprova o Regulamento da ANVISA e dá outras providencias, julgue os itens que se subseguem.

A Diretoria Colegiada da ANVISA é composta pelas seguintes Diretorias: de Serviços e Correlatos; de Medicamentos e Produtos; de Portos, Aeroportos e Fronteiras e Relações Internacionais; de Alimentos e Toxicologia; de Administração e Finanças.

Resolva a questão aqui ›