Questões de Medicina do ano 2018

Considerando que o câncer de próstata é a neoplasia de maior incidência em homens, principalmente a partir da quinta década de vida, julgue os próximos itens, relativos a rastreamento e uso de PSA e de outras modalidades de exames na detecção dessa doença. Após tratamento com intenção curativa com radioterapia externa, um aumento de PSA > 0,2 ng/mL acima do nadir, em vez de um valor limiar, é o mais confiável sinal de doença persistente ou recorrente.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que o câncer de próstata é a neoplasia de maior incidência em homens, principalmente a partir da quinta década de vida, julgue os próximos itens, relativos a rastreamento e uso de PSA e de outras modalidades de exames na detecção dessa doença. O índice de saúde prostática (Prostate Health Index), atualmente aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration), correlaciona o PSA total, o livre e o !2 proPSA, com o objetivo de reduzir a realização de biópsias desnecessárias, pois sensibiliza a detecção de doença clinicamente significante.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que o câncer de próstata é a neoplasia de maior incidência em homens, principalmente a partir da quinta década de vida, julgue os próximos itens, relativos a rastreamento e uso de PSA e de outras modalidades de exames na detecção dessa doença. Indivíduos com menos de quarenta anos de idade, ou ausência de histórico familiar de neoplasia prostática, ou < 10 anos de expectativa de vida não integram o grupo de pacientes que deve ser submetido ao rastreamento sistemático, que inclui exames adicionais como biópsias prostáticas, exames de imagem e dosagens adicionais de PSA.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que o câncer de próstata é a neoplasia de maior incidência em homens, principalmente a partir da quinta década de vida, julgue os próximos itens, relativos a rastreamento e uso de PSA e de outras modalidades de exames na detecção dessa doença. O PSA não deve ser utilizado como critério para a suspensão da vigilância ativa e para a indicação de tratamento curativo, uma vez que o aumento do valor do PSA tem pouca correlação com a progressão do escore de Gleason da biópsia inicial.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

Nesse caso, indica-se a realização de ressonância nuclear magnética multiparamétrica de próstata pré-biópsia, devido ao fato de esse exame potencializar a detecção de lesões iniciais.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

A realização de biópsia de próstata foi adequada, pois PSA > 4 ng/mL, com porcentagem livre/total < 10%, correlaciona-se a maior chance de detecção de câncer de próstata.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

A vigilância ativa, que inclui reavaliações regulares com exames de toque, PSA e rebiópsia, deve ser indicada mesmo nos casos de pacientes com expectativa de vida inferior a dez anos e que tenham tumores de baixo risco.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

No estadiamento do caso apresentado, são dispensados exames de imagem como tomografia de abdome e tórax, ressonância multiparamétrica da próstata e cintilografia óssea.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

A avaliação imunohistoquímica é usada principalmente em casos de tumores mínimos, biópsia com comprometimento < 1 mm ou < 5% do fragmento, para avaliar a ausência de células da camada basal, característica específica dos tecidos acometidos por células malignas.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em avaliação rotineira foram observados os seguintes achados em paciente de sessenta e dois anos de idade, assintomático do ponto de vista urinário e sem comorbidades: PSAt de 4,7 ng/mL e PSA livre de 0,46 ng/mL, exame digital da próstata sem alterações, demais exames laboratoriais normais. O médico solicitou uma biópsia prostática (doze fragmentos), a qual revelou adenocarcinoma usual de próstata, Gleason 3+3, ISUP 1, em 1/12 fragmentos, acometendo 20% desse fragmento em base direita, ausência de invasão perineural.

A partir do caso clínico precedente, julgue os itens que se seguem.

Em associação ao já habitual sistema de Gleason, recomenda-se o uso da nova classificação das biópsias de próstata proposta pela Sociedade Internacional de Patologia Urológica (ISUP), a qual objetiva estratificar os pacientes com câncer de próstata com base em achados histopatológicos com grande correlação prognóstica.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: