Questões sobre Pronome da UFRJ

Releia o trecho a seguir e responda à questão proposta.

“Era uma vez uma agulha, que disse a um novelo de linha:

— Por que está você com esse ar, toda cheia de si, toda enrolada, para fingir que vale alguma cousa neste mundo?

Deixe-me, senhora. (...)”

Na frase “— Deixe-me, senhora.”, o termo em destaque apresenta:

  • A. um pronome oblíquo em posição de mesóclise que se refere à agulha.
  • B. um pronome reto em posição de próclise que se refere à agulha.
  • C. um pronome oblíquo em posição de próclise que se refere ao novelo de linha.
  • D. um pronome reto em posição de ênclise que se refere à agulha.
  • E. um pronome oblíquo em posição de ênclise que se refere ao novelo de linha.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No fragmento extraído do texto “influenciou de forma profunda os que a conheceram, mas teve uma vida invisível”. O termo em destaque é:
  • A. artigo definido.
  • B. pronome oblíquo.
  • C. pronome demonstrativo.
  • D. artigo neutro.
  • E. pronome possessivo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa que classifica corretamente o termo em destaque em “Casou-se com um tenente português”.
  • A. Partícula apassivadora.
  • B. Pronome reflexivo.
  • C. Índice de indeterminação.
  • D. Conjunção integrante.
  • E. Dêitico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em “Eulalie, a amiga saudosa, que sempre admirou a personalidade livre e contemporânea de Primavera (...)”, a palavra destacada é:
  • A. aposto.
  • B. pronome relativo.
  • C. pronome apassivador.
  • D. vocativo.
  • E. conjunção integrante.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
  • A. (1) pronome pessoal oblíquo átono; (2) pronome pessoal oblíquo átono.
  • B. (1) pronome pessoal reto; (2) pronome pessoal reto.
  • C. (1) pronome pessoal oblíquo átono; (2) pronome pessoal oblíquo reto.
  • D. (1) pronome pessoal oblíquo reto; (2) pronome demonstrativo oblíquo reto.
  • E. (1) pronome demonstrativo oblíquo átono; (2) pronome demonstrativo oblíquo átono.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Pedro da Silva Nava – Pedro Nava –, talvez o mais notável memorialista da literatura brasileira, dedicou-se originalmente à medicina. Graduado em 1928, em Belo Horizonte, o autor de Baú de Ossos fez brilhante carreira acadêmica. Foi Livre-Docente de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da então Universidade do Brasil (atual UFRJ), Catedrático e professor Emérito do Centro de Ciências Biológicas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), professor Honoris Causa da Faculdade de Medicina de Barbacena. Pioneiro da Reumatologia no Brasil, Nava, certa vez, assim se deiniu: “Aprendi e ensino. Para servir, aceitei por três vezes encargos de administração médica - o que é ato heróico... equivalente ao daquele que se dispuser a caminhar descalço num serpentário! Clínico da roça, fui médico, operador e parteiro.”

O texto adiante é um trecho da crônica De homens e mulheres, de Elaine Tavares, publicada na edição n° 535, do Jornal semanal BRASIL DE FATO (de 30 de maio a 05 de junho de 2013). Leia-o, cuidadosamente, e responda a questão proposta.

“Desde pequenina circulo pelo universo masculino, mundo secreto, cheio de surpreendentes mistérios, sempre a me (1) atrair. Mas não o suiciente para desvendá-los (2), uma vez que, assim, perderiam beleza. Minha (3) opção foi despejar neles minha mulheridade em diálogo amoroso. Nunca pensei em competição ou igualdade. Não creio que sejamos iguais, homens e mulheres. Nosso mundo úmido também tem seus deliciosos mistérios, que (4) jamais poderão ser conhecidos pelo homem. São perspectivas diferentes e absurdamente belas, cada uma com suas (5) especiicidades. (...).”

Assinale a alternativa que relaciona corretamente a classiicação e colocação dos pronomes sublinhados e numerados no texto:

  • A. (1) pronome pessoal oblíquo átono em próclise; (2) pronome pessoal oblíquo átono em ênclise; (3) pronome possessivo; (4) pronome relativo; (5) pronome possessivo.
  • B. (1) pronome pessoal oblíquo tônico em mesóclise; (2) pronome pessoal oblíquo átono em próclise; (3) pronome possessivo; (4) pronome demonstrativo; (5) pronome possessivo.
  • C. (1) pronome pessoal oblíquo tônico em ênclise; (2) pronome pessoal oblíquo tônico em mesóclise; (3) pronome possessivo; (4) pronome demonstrativo; (5) pronome possessivo.
  • D. (1) pronome pessoal reto em próclise; (2) pronome pessoal oblíquo átono em ênclise; (3) pronome possessivo; (4) pronome demonstrativo; (5) pronome possessivo.
  • E. (1) pronome pessoal reto em mesóclise; (2) pronome pessoal oblíquo átono em próclise; (3) pronome possessivo; (4) pronome demonstrativo; (5) pronome indeinido.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: