Questões sobre Pontuação


Em relação ao texto e a seus aspectos linguísticos, julgue os itens de 1 a 7.

Estaria preservada a correção gramatical do texto caso o travessão empregado à linha 23 fosse substituído por vírgula.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em “Para que nenhum estado se sobreponha ao outro, todos eles elegem três senadores pelo sistema majoritário, para mandatos de oito anos, com renovação de 1∕3 e 2∕3 em cada eleição.” (linhas de 36 a 39), justifica-se o emprego de vírgula obrigatória
  • A. em todas as ocorrências porque o período é muito longo e precisa de pausas que marquem a entonação da leitura.
  • B. pois o período é composto por subordinação, o que configura quebras sintáticas e obrigatoriedade no uso de vírgulas.
  • C. na primeira ocorrência porque há uma inversão da ordem lógica do período, e estilística nos demais casos para que haja clareza.
  • D. em todos os casos porque as quatro orações não se apresentam em ordem canônica em período composto por subordinação.
  • E. no primeiro caso em razão da ordem direta, e facultativa nos demais casos de inversão das orações subordinadas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No texto Trânsito e meio ambiente, as aspas foram empregadas para
  • A. fazer citações.
  • B. expressar ironia.
  • C. indicar discurso direto.
  • D. destacar ideias.
  • E. produzir ênfase.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Uma análise correta do uso da pontuação está em:
  • A. a vírgula em Para ampliar a dimensão desse carnaval, há que se explorar ainda mais o potencial do Recife Antigo e o de Olinda separa orações com sentidos que se contradizem. (3o parágrafo)
  • B. as aspas em Isto vai “pegar” destacam uma palavra com emprego mais coloquial e informal do que a maioria dos vocábulos do texto. (3o parágrafo)
  • C. a interrogação em Qual caminho a seguir? sinaliza uma dúvida que enfraquece a argumentação do autor. (4o parágrafo)
  • D. as vírgulas em buscar os patrocínios e parcerias com as associações de bares e restaurantes, indústrias de bebidas, empresas de cartões de crédito, redes sociais e sites estratégicos separam palavras que fazem parte do sujeito da oração. (4o parágrafo)
  • E. as aspas em O estímulo para se conhecer o “Carnaval Recife-Olinda” dão destaque a uma expressão de uso corrente, amplamente conhecida e já desgastada. (4o parágrafo)
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Ainda a respeito de aspectos linguísticos e dos sentidos do texto 1A1-I, julgue os itens que se seguem.

A mesma regra de pontuação justifica o emprego do sinal de dois-pontos nas linhas 12 e 19.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Sobre o uso de pontuação no segundo parágrafo do texto, avalie as afirmações que seguem, assinalando V, se verdadeiro, ou F, se falso.

( ) As duas vírgulas da linha 05 separam um aposto.

( ) As aspas (l. 07 e 09) têm a função de marcar uma citação textual.

( ) A vírgula utilizada na linha 09 poderia ser suprimida em virtude da ocorrência das aspas.

( ) Visando a correção gramatical do período, deveria ser inserida uma vírgula imediatamente após o vocábulo ‘operação’ (l. 07) em virtude da ocorrência de uma oração coordenada.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A. V – V – F – F.
  • B. F – F – V – V.
  • C. V – F – V – F.
  • D. V – V – V – V.
  • E. F – F – F – F.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa em que não há erro de pontuação:
  • A. O homem sempre contou histórias antes mesmo de poder escrevê-las, porém, o confronto entre a cultura oral e a cultura escrita nunca deixou de existir. Devido à visão preconceituosa da sociedade “letrada”, tanto que à época da colonização, toda a produção cultural dos povos ameríndios e, depois, a dos africanos, foram desprezadas.
  • B. O homem, sempre contou histórias. Antes mesmo de poder escrevê-las. Porém, o confronto entre a cultura oral e a cultura escrita, nunca deixou de existir devido à visão preconceituosa da sociedade letrada, tanto que, à época da colonização toda a produção cultural, dos povos ameríndios e depois a dos africanos, foram desprezadas.
  • C. Judith Buttler afirma que tornar-se um sujeito feminino ou masculino não é algo que acontece em um só golpe; antes, implica uma construção que nunca se completa efetivamente.
  • D. Judith Buttler afirma, que tornar-se um sujeito feminino ou masculino, não é algo que acontece em um só golpe. Antes implica uma construção que, nunca se completa efetivamente.
  • E. Judith Buttler afirma que, tornar-se um sujeito feminino ou masculino, não é algo que acontece em um só golpe, antes implica uma construção que nunca se completa, efetivamente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

As frases abaixo referem-se à pontuação do segundo parágrafo do texto.

I. Em Mas para responder a sua pergunta com uma pequena provocação: arte indígena..., pode-se acrescentar uma vírgula logo após “Mas” e substituir os dois-pontos por vírgula, sem prejuízo da correção.

II. Em ... arte indígena é sempre aquela que não é nacional. É o tipo de arte que..., pode-se substituir o ponto final por dois-pontos, uma vez que se segue uma explicação, fazendo-se as devidas alterações entre maiúsculas e minúsculas.

III. Em É o “folclore”, o “artesanato”, a vírgula deve-se à inversão da ordem direta dos elementos da frase, que pode assim ser reescrita: O “folclore” é o “artesanato”.

Está correto o que se afirma em

  • A. I e III, apenas.
  • B. I e II, apenas.
  • C. I, II e III.
  • D. II, apenas.
  • E. III, apenas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considerando o poema apresentado, julgue os itens a seguir, a respeito do Romantismo brasileiro.

O uso de vocativo e de pontuação expressiva constitui recurso textual que colabora para atribuir ao texto tom característico da oratória, próprio da poesia condoreira.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Observe atentamente o uso dos sinais de pontuação do trecho abaixo (l. 12-15):

“Há, de igual forma, entre os mais afortunados, aqueles ligados à indústria, voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria e o fabrico de bebidas.”

Qual das reescrituras desse trecho emprega corretamente os sinais de pontuação?

  • A. Há, entre os mais afortunados de igual forma, aqueles ligados à indústria voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria, e o fabrico de bebidas.
  • B. De igual forma, há, entre os mais afortunados, aqueles ligados à indústria, voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria e o fabrico de bebidas.
  • C. Entre os mais afortunados, há de igual forma, aqueles ligados à indústria, voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria, e o fabrico de bebidas.
  • D. Há entre os mais afortunados de igual forma, aqueles ligados à indústria, voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria e o fabrico de bebidas.
  • E. De igual forma, entre os mais afortunados, há, aqueles, ligados à indústria, voltados para a construção civil, o mobiliário, a ourivesaria e o fabrico de bebidas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: