Questões de Museologia do ano 2018

Atividades variadas que visam promover a aproximação entre indivíduos ou coletividades e obras de cultura e arte em espaços de museus. Essa aproximação é realizada para facilitar a compreensão da obra, seu conhecimento sensível e intelectual, e iniciar indivíduos e coletividades na prática efetiva de uma determinada atividade cultural.

A descrição se refere:

  • A. ao processo curatorial, promovido por especialistas em história da arte;
  • B. à musealização, concebida por arquivistas e técnicos do setor de comunicação;
  • C. à expografia, planejada por arquitetos e monitores do espaço cultural;
  • D. à comunicação patrimonial, estimulada por setor de marketing do museu;
  • E. à mediação cultural, realizada por núcleo de educação da instituição.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Correlacione os diversos segmentos de público às estratégias de monitoria em museu.

1. Público seleto, formado por especialistas

2. Grande público, de condição sociocultural variada

3. Público escolar, formado por discentes e docentes

4. Público de terceira idade

( ) Uso de termos técnicos e realização de oficinas e debates com organizadores e curadores da exposição.

( ) Uso de estruturas e material específicos para garantir a inclusão de todos os grupos de visitantes.

( ) Uso de linguagem coloquial e valorização dos conhecimentos prévios, mesmo que introdutórios, dos visitantes.

( ) Uso de atividades motivadoras associadas à observação de objetos e sua manipulação, quando possível.

A relação correta, de cima para baixo, é:

  • A. 1, 3, 2 e 4;
  • B. 1, 4, 2 e 3;
  • C. 2, 4, 3 e 1;
  • D. 4, 2, 3 e 1;
  • E. 4, 3, 2 e 1.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O sentido da ação educativa em um museu de arte é caracterizado corretamente na seguinte opção:
  • A. a visita guiada é vista como ilustração dos conhecimentos ministrados pela escola sobre as correntes artísticas;
  • B. a visitação de uma exposição é considerada uma atividade lúdica extraclasse para cultivar a livre imaginação;
  • C. a oficina no museu proporciona o estudo introdutório das funções de conservação e exposição das obras de arte;
  • D. o roteiro de visita objetiva exercitar a capacidade de ler imagens e contextualizar a prática artística;
  • E. o estudo da museologia artística é inserido como programa didático na educação formal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A opção que identifica um exemplo de patrimônio cultural imaterial baiano é:
  • A.
  • B.
  • C.
  • D.
  • E.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Ao propor uma atividade em uma escola de Salvador, o docente forneceu cópias da foto 1 e pediu que os alunos descobrissem o mesmo local em que foi tirada a fotografia e trouxessem uma imagem do mesmo espaço na atualidade (foto 2).

Trata-se de uma atividade de educação patrimonial e essa identificação é considerada:

  • A. correta, porque alerta os alunos para o risco de destruição trazido pelo turismo (foto 2) e a consequente descaracterização do patrimônio (foto 1);
  • B. correta, desde que ressalte a importância das práticas culturais imutáveis ontem e hoje (fotos 1 e 2) enquanto elementos da formação do cidadão;
  • C. correta, porque destaca a passagem do passado atrasado (foto 1) para a modernização urbanística do presente (foto 2), em um sentido evolucionista;
  • D. incorreta, por considerar a herança material e cultural do passado (foto 1) como fator de motivação para a aprendizagem histórica e identitária no presente (foto 2);
  • E. correta, ao conscientizar sobre o valor do patrimônio na formação dos cidadãos, pela comparação entre diferentes contextos histórico-culturais (fotos 1 e 2).
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A respeito da Carta de Turismo Cultural (ICOMOS, 1976), analise as afirmativas a seguir.

I. O turismo cultural é a forma de turismo que objetiva, entre outros, o conhecimento de monumentos e de sítios histórico-artísticos.

II. O turismo cultural pretende fomentar um uso massivo e lucrativo do patrimônio material e imaterial e das reservas naturais.

III. O turismo cultural tende a ser pensado a partir de bases sustentáveis, para contribuir com a preservação da diversidade dos bens naturais e culturais.

IV. O turismo cultural possui a função estratégica de fortalecer as entidades representativas do turismo, que passam a zelar pelo restauro de monumentos.

Está correto somente o que se afirma em:

  • A. I e II;
  • B. I e III;
  • C. I e IV;
  • D. II e III;
  • E. III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em junho de 2017, o décimo milionésimo visitante do Rijksmuseum de Amsterdã foi sorteado com o direito de pernoitar no museu, em um divã instalado em frente ao quadro Ronda Noturna, de Rembrandt.

Essa programação insere-se nas atividades de marketing cultural do Rijksmuseum e visa à:

  • A. contemplação tranquila da obra pelo visitante, para absorver seu valor histórico e estético;
  • B. percepção de valores absolutos e universais de beleza, mediante a fruição individual da obra;
  • C. desmitificação de uma obra símbolo da história holandesa, através da comprovação direta de sua autenticidade;
  • D. conquista de novos segmentos de público visitante, mediante uma experiência de imersão acadêmica;
  • E. experiência fascinante do espaço do museu, lugar de contato com a realidade tangível do patrimônio.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A Casa de Cultura Jorge Amado foi fundada em 1997, em Ilhéus (BA), no palacete em estilo neoclássico, onde o escritor morou grande parte de sua vida. Nesse espaço cultural, o turista é guiado pelos cômodos da casa e pode aprender sobre a cultura do cacau, a vida e o cotidiano do escritor baiano.

Para que essa visita guiada possa ser considerada uma atividade de educação patrimonial, é necessário que compreenda ações de:

  • A. instrução escolar;
  • B. registro do patrimônio;
  • C. aquisição de acervos;
  • D. alfabetização cultural;
  • E. preservação das coleções.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A respeito do uso de redes sociais por instituições museológicas, visando partilhar informação e estabelecer uma relação com seus públicos, relacione os tipos de redes sociais com suas respectivas funções.

1. Twitter

2. YouTube

3. LinkedIn

4. Issuu

( ) Ferramenta que possibilita a visualização, o carregamento e o compartilhamento de conteúdo audiovisual a respeito do museu e suas exposições.

( ) Instrumento que permite a publicação de catálogos de coleções e outros documentos para consulta, download e impressão.

( ) Plataforma que cria um perfil para o museu, com sua missão e objetivos, para associação com usuários do mesmo âmbito profissional.

( ) Serviço que oferece aos museus a oportunidade de enviar alertas e atualizações de conteúdos, através de comentários e hashtags.

A relação correta, de cima para baixo, é:

  • A. 1, 3, 2 e 4;
  • B. 2, 3, 1 e 4;
  • C. 2, 4, 3 e 1;
  • D. 4, 2, 3 e 1;
  • E. 4, 3, 2 e 1.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A tecnologia digital alterou as práticas de pesquisa e comunicação em museus, bibliotecas e arquivos. Essa mudança é estudada hoje em uma transdisciplina conhecida como Humanidades Digitais, que mobiliza as ferramentas das novas tecnologias, ao mesmo tempo em que incorpora as práticas e teorias das ciências humanas e sociais.

A respeito da relação entre museus e Humanidades Digitais (HD), é correto afirmar que:

  • A. a digitalização dos acervos ampliou o acesso a textos sobre os quais são aplicados os métodos de crítica textual das HD, como a paleografia e a diplomática;
  • B. as HD inovaram as práticas de pesquisa em museus, ao prescrever a identificação de fontes e a coleta de dados como etapas fundamentais da investigação;
  • C. a formação em HD associa competências de pesquisa em humanidades com instrumentos informáticos e cria novas técnicas de apresentação e comunicação dos bens culturais;
  • D. o objeto principal das HD é a divulgação digital dos resultados das pesquisas em museus e arquivos, disponibilizando-as em formato eletrônico;
  • E. a aplicação das HD em contexto museológico produz inclusão digital e transforma todo visitante com acesso a banco de dados em produtor de pesquisa científica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: