A respeito do pagamento, como forma de adimplemento e ex...

A respeito do pagamento, como forma de adimplemento e extinção das obrigações, é correto afirmar:

  • A.

    O pagamento feito de boa-fé ao credor putativo não é válido, provado ou não posteriormente que não era credor.

  • B.

    Não vale o pagamento cientemente feito ao credor incapaz de quitar, se o devedor não provar que, em benefício dele, efetivamente reverteu.

  • C.

    Quanto ao lugar do pagamento, designados dois ou mais lugares, cabe ao devedor escolher entre eles.

  • D.

    O pagamento reiteradamente feito em outro local, não faz presumir renúncia do credor relativamente ao previsto no contrato.

  • E.

    O credor é obrigado a receber prestação diversa da que lhe é devida, se houver prova de que é mais valiosa.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

A festa tem um forte poder de renovação e de esperança. Reafirma os anseios do cotidiano e traz alegria para o coletivo que celebra. Toda atividade festiva tem seu caráter de subversão do real, pois permite às pessoas que celebrem a oportunidade de renovar suas energias criadoras. As festas, em geral, têm forte poder de entretenimento, mobilização e envolvimento social. São festas populares celebradas em todo Brasil, no mês de junho.

Resolva a questão aqui ›


Um circuito de ar comprimido utilizado para suprir as ferramentas pneumáticas de uma oficina mecânica e os mecanismos pneumáticos de elevação e transporte deve ser projetado e construído de forma a garantir pressão de ar suficiente nos pontos de consumo, vazamento mínimo de ar, capacidade de ar adequada, qualidade de ar adequada, um leiaute bem planejado, acessórios eficientes para linhas de ar e um sistema de controle preciso e atuante. A esse respeito, julgue os itens que se seguem.

Se a pressão de trabalho for menor que a especificada na ferramenta pneumática, haverá aumento dos custos de produção.

Resolva a questão aqui ›


Quanto às técnicas de elaboração do orçamento, julgue o próximo item. Na técnica do orçamento base-zero, é necessária a justificativa de cada item a partir de um ano zero de fundamentação, sem considerar os gastos realizados no passado, objetivando-se, também, ordenar os programas governamentais de acordo com suas prioridades, indicando quais desses programas seriam preteridos caso fosse necessário um corte nos gastos do governo.

Resolva a questão aqui ›