Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão - CE (SEPOG/C

Acerca das fraturas do côndilo lateral do úmero distal em criança, é correto afirmar.
  • A. O mecanismo mais comum de lesão é supinação do antebraço e estresse em valgo e extensão do cotovelo.
  • B. Grupo etário mais afetado é o de 10 a 12 anos.
  • C. Lesões Milch tipo I são as mais frequentes.
  • D. As manobras de redução incluem flexão e supinação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A escala de avaliação gravidade MESS não inclui qual dos parâmetros?
  • A. Grupoetário.
  • B. Tipo de fratura (Energia do trauma).
  • C. Perfusão.
  • D. Grau de contaminação das feridas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No manejo do paciente vítima de trauma abdominal, o passo inicial mais importante é:
  • A. assegurar via aérea.
  • B. suporte circulatório.
  • C. controlar sangramento.
  • D. avaliação com US.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Homem de 40 anos, vítima de acidente de moto, apresenta-se com pupilas reagentes e com abertura dos olhos ao estímulo doloroso. Ele não responde a comandos, mas geme periodicamente. O seu braço direito deformado não responde a estímulos dolorosos; porém, sua mão esquerda localiza o estímulo doloroso. Sua escala de Glasgow é:
  • A. 4.
  • B. 6.
  • C. 7.
  • D. 9.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O reparo primário de lesão de tendões flexores da mão tem melhor prognóstico em quais zonas?
  • A. Zona I e III.
  • B. Zona II e III.
  • C. Zona III e IV.
  • D. Zona III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A fratura de Chance da coluna toracolombar ocorre seguindo qual mecanismo de lesão?
  • A. Distensão flexão.
  • B. Compressão flexão.
  • C. Compressão.
  • D. Flexão.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação ao transporte inter-hospitalar de pacientes, a Resolução CFM nº 1672/2003, é correto afirmar que:
  • A. só ocorrência de pacientes graves inerentes à transferência devem ser registrados no prontuário de origem.
  • B. antes de decidir a remoção do paciente, faz-se necessário realizar contato com médico receptor ou diretor técnico no hospital de destino, e ter concordância do(s) mesmo(s).
  • C. A responsabilidade inicial da remoção é do médico transferente, assistente ou substituto, até que o paciente seja efetivamente recebido pelo médico receptor. Além do que as providências administrativas e operacionais, para o transporte, são também de responsabilidade médica.
  • D. Para o transporte, faz-se necessária a obtenção de consentimento após esclarecimento por escrito, assinado pelo paciente ou seu responsável legal. Mesmo que haja risco de morte; o paciente só será transportado com o consentimento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Qual das seguintes lesões tem a menor especificidade para diagnóstico na síndrome da criança espancada?
  • A. Fratura de ossos longos.
  • B. Fratura de arco costal posterior.
  • C. Fraturas em vários estágios de consolidação.
  • D. Fratura avulsão do processo espinhoso.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Resolução CFM nº 2077/2014 dispõe sobre a normatização dos serviços hospitalares de urgência e emergência, bem como do dimensionamento da equipe médica e do sistema de trabalho. É correto afirmar:
  • A. Todo paciente que tiver acesso ao serviço hospitalar de urgência e emergência deverá, obrigatoriamente, ser atendido por um médico, podendo, se houver hipótese de ausência do médico no serviço, ser dispensado ou encaminhado a outra unidade de saúde por um profissional não médico.
  • B. O tempo máximo de permanência dos pacientes nos serviços hospitalares de urgência e emergência será de até 12 horas, após o qual o mesmo deverá ter alta, ser internado ou transferido.
  • C. É permitida a internação de pacientes nos serviços hospitalares de urgência e emergência; nos casos graves.
  • D. No caso de utilizar-se a “vaga zero” em serviço hospitalar de urgência e emergência superlotado ou sem capacidade técnica de continuidade de tratamento, caberá à equipe médica estabilizar o paciente e, após obtidas as condições clínicas que permitam a transferência, comunicar o fato à regulação, persistindo a responsabilidade do gestor público pela obtenção de vagas para continuidade do tratamento e, se necessário, com a compra de leitos na forma da lei.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Segundo a classificação de Wilkin para fratura do olécrano pode ser associado com lesão do nervo interósseo posterior:
  • A. tipo A.
  • B. tipo B – valgo.
  • C. tipo B – varo.
  • D. tipo C.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: