Questões sobre Geral

O colapso de traqueia é uma forma de obstrução traqueal causada por flacidez e achatamento da cartilagem, que muitas vezes requer tratamento cirúrgico.

Com relação a esse tratamento, é correto afirmar:

  • A. Recomenda-se cirurgia para todos os cães com sintomas moderados, com redução de 20% do lúmen traqueal.
  • B. Uma das técnicas cirúrgicas para tratamento do colapso é a colocação de próteses extraluminais de anéis, confeccionados com seringas de polipropileno.
  • C. Os stents intraluminais são amplamente utilizados, pois apresentam poucas complicações no pós-operatório.
  • D. No pós-operatório imediato, a complicação mais grave é a traqueíte bacteriana.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com relação à diretriz brasileira de prática para o cuidado e utilização de animais para fins científicos e didáticos, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) A redução do número de animais utilizados nos experimentos não deve ser implementada à custa de um maior sofrimento de animais individuais, nem mesmo da perda da confiabilidade dos resultados.

( ) O distresse é conceituado como um estado de desconforto no qual o animal não é capaz de se adaptar completamente aos fatores estressores e manifesta respostas comportamentais ou fisiológicas anormais.

( ) Os projetos ou protocolos devem ser planejados para evitar dor e distresse aos animais, não sendo permitido de forma alguma o experimento submeter os animais a essas situações.

( ) As ações adotadas para minimizar dor e distresse devem ser baseadas na literatura científica. Na ausência de estudos sobre a espécie em questão, deve-se recorrer a informações sobre espécies similares.

Assinale a sequência CORRETA.

  • A. V F V F
  • B. V V F V
  • C. F F F V
  • D. V F F V
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A cirurgia cesariana é uma prática emergencial comum na rotina clínico-cirúrgica de cães e gatos.

Com relação a esse procedimento cirúrgico, é correto afirmar:

  • A. A histerotomia para a retirada dos filhotes deve ser sempre realizada no corpo uterino.
  • B. A histerorrafia deve ser realizada com fios absorvíveis ou inabsorvíveis e sutura com padrão evaginante.
  • C. A realização concomitante da cesariana e ovário-histerectomia pode ser realizada e não causa problemas na produção e na descida do leite materno.
  • D. A cesariana com ressecção em bloco do útero (com realização de ovário-histerectomia) é mais indicada que a cesariana tradicional (com abertura do útero antes da ovário-histerectomia), pois a taxa de mortalidade dos recém-nascidos é menor.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A obstrução uretral é uma enfermidade comum em gatos, que muitas vezes é tratada com a realização do procedimento cirúrgico de uretrostomia perineal.

Com relação a esse procedimento cirúrgico em gatos, é incorreto afirmar:

  • A. Nos cuidados pré-operatórios, inclui-se a monitoração do potássio sérico, pois os animais podem apresentar hipercalemia.
  • B. Para suturar da mucosa uretral à pele, pode-se utilizar fios absorvíveis, como a polidioxanona, e fios inabsorvíveis, como o náilon.
  • C. Nessa técnica cirúrgica, há necessidade de se realizar a dissecação e remoção do pênis.
  • D. No pós-operatório, o gato deve permanecer com o cateter uretral permanente durante 7 dias para evitar a estenose da uretra.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A intussuscepção é uma enfermidade que ocorre no sistema gastrointestinal, frequente na clínica cirúrgica de cães.

Com relação a essa enfermidade, é incorreto afirmar:

  • A. As intussuscepções podem ocorrer em qualquer local do intestino, sendo comuns as intussuscepções ileocólica e jejunojejunal.
  • B. O tratamento geralmente consiste na realização de celiotomia para promover a redução manual e, se necessário, de ressecção e anastomose intestinal.
  • C. A ultrassonografia é considerada o método mais útil para detectar as intussuscepções.
  • D. Os fios cirúrgicos mais indicados para realizar a enterorrafia após ressecção intestinal são os fios absorvíveis, como polidioxanona, poliglecaprone 25 e categute cromado.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Os cuidados pré-operatórios dos animais envolvem, além do exame físico completo, uma avaliação laboratorial.

Com relação a essa avaliação e à interpretação dos exames laboratoriais, é incorreto afirmar:

  • A. O potássio pode estar elevado no caso de uroabdome e baixo nos pacientes com vômitos e diarreia.
  • B. As hemácias podem estar elevadas em pacientes desidratados ou com policitemia.
  • C. Creatinina baixa pode estar presente em pacientes com uroabdome, insuficiência renal e trauma muscular.
  • D. Albumina baixa pode estar presente em pacientes subnutridos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A dor é um fenômeno frequente no pós-operatório e pode resultar em sofrimento e riscos desnecessários ao paciente, sendo assim, deve ser reconhecida e tratada.

Com relação aos fármacos analgésicos utilizados nos cães e gatos, é correto afirmar:

  • A. Os analgésicos opioides devem ser utilizados com cautela no controle da dor pós-operatória, pois podem desencadear muitos efeitos adversos, sendo classificados como fármacos de baixa segurança de uso.
  • B. São exemplos de analgésicos opioides agonistas morfina, meperidina e butorfanol.
  • C. O meloxican é um analgésico pouco seguro para os cães, pois promove alta toxicidade renal, devendo ser sempre utilizado no final da cirurgia.
  • D. A dipirona é um fármaco muito seguro para uso em cães e pode ser associada a opioides para controle da dor moderada e intensa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A gonadectomia representa um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados em clínicas veterinárias. A gonadectomia nas fêmeas pode ser realizada pela ovário-histerectomia.

Com relação a essa técnica cirúrgica, é incorreto afirmar:

  • A. Em cadelas, a ovário-histerectomia pode ser realizada por meio da celiotomia na linha média ventral, desde a cicatriz umbilical até a borda do púbis.
  • B. Em gatas, a ovário-histerectomia pode ser realizada por meio da celiotomia na linha média ventral, no terço médio da distância entre a cicatriz umbilical e o púbis.
  • C. Cadelas castradas apresentam maior frequência de obesidade quando comparada às não castradas.
  • D. A gonadectomia precoce deve ser sempre indicada, pois diminui a chance de tumores de mama, e não predispõe a nenhuma alteração indesejável em cadelas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A introdução dos antibióticos na prática clínica, iniciada há cerca de 60 anos, representou um marco no desenvolvimento da cirurgia, pois possibilitou realização de cirurgias mais complexas. Entretanto, as infecções pós-operatórias ainda continuam sendo as complicações mais comuns no paciente cirúrgico.

Com relação aos antimicrobianos utilizados no paciente cirúrgico, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) As quinolonas são frequentemente utilizadas no pós-operatório de cães, pois são indicadas para enfermidades do aparelho urogenital.

( ) A cefalotina é uma cefalosporina de 3ª geração comumente utilizada no pré-operatório, pois apresenta atividade contra Staphylococcus.

( ) O meropeném atualmente é um dos antimicrobianos de maior espectro de ação utilizado na clínica, atuando em quase 100% das estirpes bacterianas conhecidas.

( ) O metronidazol é amplamente utilizado nos pacientes cirúrgicos, pois é um agente bactericida e protoaricida, atuando principalmente contra bactérias aeróbicas.

Assinale a sequência CORRETA.

  • A. V V V F
  • B. F V V F
  • C. V F V F
  • D. V V F V
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A hérnia perineal é uma enfermidade comumente observada na clínica cirúrgica de cães, sendo a cirurgia perineal indicada para o seu tratamento. Com relação a essa enfermidade e à cirurgia perineal, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) As hérnias perineais acometem quase que exclusivamente cães machos, comumente com idade superior a 5 anos.

( ) Os músculos que podem estar envolvidos na herniação são os músculos elevador do ânus, esfíncter anal externo e obturador interno, entre outros.

( ) O saco herniário pode conter próstata, vesícula urinária, intestino e gordura pélvica.

( ) As abordagens mais comuns para tratamento baseiam-se na oclusão do diafragma pélvico, sendo que as técnicas mais utilizadas são a de reposicionamento anatômico e a de elevação do músculo obturador interno.

Assinale a sequência CORRETA.

  • A. V V F F
  • B. V F V V
  • C. F V V F
  • D. V V V V
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: