Questões sobre Ortopedia da FUNRIO

Em relação à displasia do desenvolvimento do quadril, avalie se as afirmatiavas a seguir estão corretas:

I- Na displasia ocorre diminuição do ângulo acetabular.

II- O sinal de Ortolani sinaliza a instabilidade precoce da articulação do quadril.

III- O sinal de Barlow sinaliza a luxação precoce da articulação do quadril.

IV- No caso de bilateralidade o quadril esquerdo costuma ser mais grave.

Assinale a alternativa correta:

  • A. as afirmativas I e II estão corretas
  • B. as afirmativas II e III estão corretas.
  • C. somente a afirmativa I está correta.
  • D. somente a afirmativa III está correta.
  • E. somente a afirmativa IV está correta.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Paciente do sexo masculino, 60 anos, hígido, após queda apresentou fratura do colo do fêmur garden III, sendo submetido a redução incruenta. Após a redução, o controle radiológico demonstrou índices de Garden de 170 graus na incidência radiológica ântero-posterior e de 180 graus na de perfil. A conduta a ser tomada após essa avaliação é:
  • A. redução aberta e fixação com três parafusos canulados 7.0 mm.
  • B. aceitar a redução e fixar da fratura com três parafusos canulados 7.0 mm.
  • C. artroplastia bipolar.
  • D. artroplastia total do quadril.
  • E. instalar tração transesquelética para posterior redução.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em um paciente com fratura da coluna vertebral com traumatismo raquimedular, os músculos selecionados para avaliação com os respectivos níveis neurológicos são:
  • A. extensores do cotovelo C 5.
  • B. abdutores do dedo mínimo C 8.
  • C. flexores do joelho T 12.
  • D. extensores longos dos dedos L 3.
  • E. flexores plantares do tornozelo S 1.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação à artrite séptica podemos afirmar que:
  • A. na artrite séptica da articulação coxofemoral o quadril adota uma posição de flexão, rotação interna e abdução.
  • B. na artrite séptica da articulação coxofemoral o quadril adota uma posição de flexão, rotação externa e abdução.
  • C. na artrite séptica da articulação coxofemoral o quadril adota uma posição de flexão e rotação externa, sem abdução.
  • D. na artrite séptica da articulação coxofemoral o quadril adota uma posição de extensão, rotação interna e abdução.
  • E. na artrite séptica da articulação coxofemoral o quadril adota uma posição de extensão, rotação externa e abdução.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em relação à instalação de um sistema de fixação externo para o tratamento de uma fratura de tíbia classificação AO 42-B3, avalie se as afirmativas a seguir estão corretas:

I. A colocação de 2 pinos de Schanz de 5 mm próximos às metáfises dos segmentos proximal e distal aumenta a estabilidade do sistema de fixação.

II. A colocação de 2 pinos de Schanz de 5 mm em cada segmento, sendo 1 proximal à metáfise e outro proximal ao foco de fratura aumenta a estabilidade do sistema de fixação.

III. A instalação de uma segunda haste de fixação em um sistema unilateral uniplanar não aumenta a estabilidade do sistema de fixação.

IV. O número de pinos de Schanz em cada segmento da fratura não altera a estabilidade do sistema.

Assinale a alternativa correta:

  • A. as afirmativas I, III e IV estão corretas.
  • B. somente as afirmativas II e IV estão corretas.
  • C. somente a afirmativa I está correta.
  • D. somente a afirmativa II está correta.
  • E. somente a afirmativa III está correta.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação ao princípio de banda de tensão da técnica AO podemos afirmar que:
  • A. quando utilizamos uma placa reta 4.5 DCP aplicada na cortical lateral do fêmur estamos utilizando o princípio da banda de tensão.
  • B. quando realizada nas fraturas do maléolo medial, a banda de tensão é dinâmica
  • C. não podemos considerar como princípio da banda de tensão uma laçada de fio de aço ancorada ao úmero por um parafuso cortical de 4.5 mm.
  • D. quando utilizada nas fraturas do olecrânio a banda de tensão é estática.
  • E. segundo a técnica AO, a banda de tensão é sempre dinâmica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação a tuberculose osteoarticular podemos afirmar que:
  • A. não há idade específica, mas as crianças apresentam uma incidência mais elevada e geralmente poliostótica.
  • B. a Mycobacterium tuberculosis instala-se na membrana sinovial produzindo um afinamento da mesma.
  • C. a articulação coxofemoral é a mais acometida.
  • D. a maior incidência óssea ocorre na coluna vertebral em nível cervical.
  • E. a imagem radiológica na fase inicial é específica com destruição da articulação e aumento do espaço articular.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação ao osteoma osteoide podemos afirmar que:
  • A. é uma lesão benigna que apresenta pouco osso reacional.
  • B. é uma lesão benigna que geralmente atinge a diáfise dos ossos longos.
  • C. é uma lesão maligna que geralmente atinge as epífises dos ossos longos.
  • D. é uma lesão benigna que geralmente atinge as metáfises dos ossos longos.
  • E. é uma lesão benigna que geralmente tem como característica clínica dor vespertina que melhora com paracetamol.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Paciente do sexo masculino, 8 anos de idade, sofreu queda de 2 metros de altura nas palafitas de Recife, caindo no mangue. Ao ser levado para o hospital apresentava dor, impotência funcional do MSE, deformidade do antebraço e com ferida corto-contusa de 3 cm no terço médio da borda lateral do antebraço. A avaliação radiográfica demonstrou solução de continuidade transversa do terço médio do rádio e da ulna. O diagnóstico mais provável é fratura exposta do rádio:
  • A. e da ulna grau I de Gustillo e Anderson.
  • B. grau II de Gustillo e Anderson.
  • C. e da ulna grau III C de Gustillo e Anderson.
  • D. grau I de Gustillo e Anderson.
  • E. grau III B de Gustillo e Anderson.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação à placa de crescimento podemos afirmar que:
  • A. na região metafisária a cartilagem calcificada é transformada em tecido ósseo.
  • B. a zona de repouso está localizada logo acima da região metafisária.
  • C. a zona proliferativa caracteriza-se histologicamente por colunas transversas de células.
  • D. a função da placa de crescimento está relacionada à cartilagem fisária, à metáfise e ao anel pericondral de Lacroix.
  • E. a zona de repouso possui condrócitos concentrados, matriz escassa e alto conteúdo de cálcio ionizado intracelular.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: