Questões sobre Urbanização

Tendo o fragmento de texto anterior como referência inicial, julgue (C ou E) os itens seguintes, relativos à expansão colonial e ao pensamento geográfico.

A expansão ultramarina europeia influenciou a formação da sociedade e dos Estados nacionais colonizados e posteriormente independentes. No Brasil, por meio de construções simbólicas e políticas, a influência cultural europeia produziu um território nacional único, integrado e predominantemente europeu.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

As grandes metrópoles do mundo, sejam elas localizadas em países desenvolvidos ou mesmo em nações pobres, com toda a sua complexidade, parecem conter exemplos bastante interessantes e variados de territórios e territorialidades urbanas que podem ser amplamente utilizados pelos professores, em sala de aula, como forma de discutir essa categoria tão importante nos estudos da Geografia, em especial da Geografia Política. Nesses casos, é interessante destacar o território como um campo de forças, uma teia de relações sociais que, em sua complexidade, pode indicar limites que identificam espaços da identidade coletiva, onde se estabelece uma oposição ou rejeição aos indivíduos ou grupos que passam a ser vistos como estranhos, os de fora.

Entre esses exemplos, podem ser consideradas como expressões muito claras das territorialidades urbanas geradoras de tensão e conflitos em muitas das metrópoles brasileiras, todas as situações descritas abaixo, EXCETO:

  • A. A ocupação dos espaços públicos por vendedores ambulantes, provocando um conflito permanente entre o comércio formal e o comércio informal na cidade, muitas vezes marcados por inci-dentes violentos, envolvendo camelôs, lojistas e a polícia.
  • B. Os movimentos de reocupação dos espaços públicos, observados em várias cidades brasileiras, por meio de manifestações sociais, artísticas e culturais, que buscam recuperar os espaços da sociabilidade urbana.
  • C. Os territórios da prostituição, que se estruturam de acordo com as características do grupo que ali se instala, não sendo raros os conflitos decorrentes da ocupação dos “pontos” por indivíduos estranhos ao grupo.
  • D. Os territórios de gangues ou tribos urbanas, que se apropriam de determinados espaços da cidade, dificultando ou impedindo a interação com representantes de outros grupos.
  • E. Os territórios do tráfico de drogas e de organizações criminosas, que levam à configuração de comandos e/ou facções rivais, que impedem a circulação de membros dos outros grupos, sendo que, muitas vezes, ocorre acirramento dos conflitos pelo controle de regiões da cidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Pode-se afirmar que, ao longo da maior parte do Século XX, a aplicação do Paradigma Fordista-Tay-lorista estruturou a lógica dos processos de produção fabril, a organização espacial da produção de bens e mercadorias e a divisão internacional do trabalho em quase todo o mundo. Esse paradigma se fundamentou, basicamente, na divisão técnica do trabalho nas linhas de produção e montagem, na utilização intensiva do trabalho repetitivo, especializado e semiqualificado e, em especial, na padroni-zação da produção. Nesse sentido, o espaço geográfico da produção se caracterizava, normalmente, pelas grandes concentrações industriais em grandes cidades, normalmente localizadas próximas aos locais de exploração das matérias-primas ou próximas às ferrovias, rodovias ou portos de exportação. No final do Século XX, uma revolução de caráter técnico-científico foi modificando profundamente esses padrões de organização e localização. O conceito de produção massificada e em série foi sendo substituído pelo conceito de produção flexível, com a diversificação de produtos e modelos, voltados a diferentes tipos de consumidores e mercados. O trabalho intensivo, repetitivo e em série vem sendo reestruturado, agora com a utilização de processos sofisticados de automação, utilização de força de trabalho polivalente e altamente qualificada e na estruturação de novos espaços produtivos, com pro-fundas modificações no espaço da produção e da circulação em todo o mundo. Esse novo paradigma, chamado de Paradigma da Produção Flexível, levou à organização de um meio geográfico bastante distinto do anterior, sendo chamado, nesse novo contexto, de meio técnico-cien-tífico-informacional.

As características a seguir relacionam-se à estruturação desse meio técnico-científico e informacional, EXCETO:

  • A. A economia global passou a se organizar em sistemas integrados em rede, em escala global, onde a produção, a circulação e o consumo são impactados e mediados pelas tecnologias de informação.
  • B. As empresas passaram a constituir grandes redes integradas de fornecedores de produtos e serviços, integradas a modernos centros de montagem e distribuição, estrategicamente localiza-dos em várias partes do mundo.
  • C. As grandes corporações passaram a investir em modernos centros de pesquisa e inovação téc-nica, como forma de ocupar posições de destaque no campo da propriedade intelectual e domí-nio de patentes, localizando-os preferencialmente em países e/ou regiões com forte presença de trabalhadores formados em sistemas de ensino altamente qualificados.
  • D. Concentração da produção de componentes, montagem de produtos e sistemas de distribuição em um único local, como forma de reduzir custos, levando ao superdimensionamento das plantas industriais e à restrição das opções locacionais.
  • E. Novos países, regiões e economias foram incorporadas ao circuito da produção e do consumo globais, adquirindo significativa importância no cenário econômico global.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Dentre os diferentes tipos de redes urbanas, Christaller propõe o estudo de rede urbana enquanto um conjunto integrado de cidades, fornecendo uma teoria do tamanho, da função e do espaçamento dos centros de mercado. Na perspectiva da rede christalleriana, avalie as informações a seguir:

I. A rede de Christaller, a partir de argumento de caráter geométrico, representa um conjunto de cidades num espaço hierarquizado, apresentando alguns lugares centrais mais importantes que outros, cujas funções centrais se estendem por regiões em que existem outros lugares centrais de menor importância.

II. Na lógica do modelo geométrico de escala regional proposto por Christaller, cuja construção parte de um conjunto de suposições e de condições, dentre elas, a existência de uma planície isotrópica com uma população uniformemente distribuída e com o mesmo poder de compra, torna-se adequado considerar que as cidades conhecidas como globais, consideradas centros vitais da economia capitalista globalizada, representam a posição de maior nível hierárquico do modelo.

III. Na rede de Christaller, as áreas hexagonais de mercado representam o melhor compromisso entre o ideal econômico e a realidade geográfica e produzem uma rede hierárquica de áreas de mercado com seis lados.

É CORRETO o que se afirma em:

  • A. I, apenas.
  • B. II, apenas.
  • C. I e III, apenas.
  • D. II e III, apenas
  • E. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere os dados socioeconômicos de Macapá e Santana e o texto abaixo.

A leitura dos dados e do texto permitem afirmar que, sobretudo, Macapá vive o fenômeno denominado

  • A. verticalização urbana.
  • B. conurbação.
  • C. macrocefalia urbana.
  • D. megalopolezação.
  • E. gentrificação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), teve início uma nova fase da produção industrial. Profundas transformações ocorreram no espaço geográfico mundial durante a segunda metade do século XX, que não se restringiram ao setor industrial. Ampliou-se, nesse período, a integração entre a ciência e a produção, inaugurando a chamada revolução técnico-científico-informacional. Sobre as características da revolução técnico-científico-informacional, analise.

I. As inovações tecnológicas, rapidamente transferidas para as atividades produtivas, possibilitaram a informatização dos sistemas de produção industrial, inserindo a robotização nas linhas de montagem.

II. O trabalho das máquinas passou a substituir cada vez mais o trabalho humano, com a necessidade de reduzir os custos, resultando no desemprego sazonal.

III. Outras mudanças acompanharam essa terceira fase da Revolução Industrial, como a terceirização de atividades que não são consideradas o objetivo principal da empresa (por exemplo, manutenção de máquinas, serviços de limpeza, fornecimento de alimentos para os funcionários, segurança, entre outros serviços prestados por outras empresas ou pessoas especializadas).

Estão corretas as afirmativas

  • A. I, II e III.
  • B. I e II, apenas.
  • C. I e III, apenas.
  • D. II e III, apenas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na maioria dos países desenvolvidos, há uma maior concentração de pessoas vivendo nas cidades que no campo. Entretanto, é nos países subdesenvolvidos e emergentes que ocorrem os mais intensos processos de urbanização na atualidade. Isso acontece em razão dos atrativos das cidades, como a oferta de empregos nas indústrias, na construção civil e no setor terciário, bem como pelo êxodo rural, provocado pela mecanização do campo, o que deixa trabalhadores rurais desempregados. A grande concentração de pessoas nas áreas urbanas de algumas grandes cidades, metrópoles ou regiões metropolitanas, aliada às dificuldades dos governos em oferecer melhores serviços públicos, é denominada macrocefalia urbana ou inchaço urbano. Apesar de essas poucas cidades concentrarem funções econômicas, culturais, administrativas e políticas, ou seja, exercerem grande influência sobre a maioria das demais cidades de um país, esse fenômeno tem provocado uma série de problemas: falta de infraestrutura, submoradias, desemprego, doenças e violência, entre outros. Das cidades a seguir qual delas NÃO é enquadrada como um caso de macrocefalia?
  • A. Lagos (Nigéria).
  • B. Tóquio (Japão).
  • C. Nairóbi (Quênia).
  • D. Cidade do México (México).
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O termo megacidade surgiu em meados da década de 1990, quando os especialistas da Organização das Nações Unidas (ONU) constataram que várias cidades estavam aumentando seus contingentes populacionais, principalmente nos países subdesenvolvidos. São consideradas megacidades, EXCETO:
  • A. Calcutá (Índia).
  • B. Beijing (China).
  • C. Quito (Equador).
  • D. Nova York (Estados Unidos).
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considerando que o texto precedente tem caráter unicamente motivador, julgue os itens a seguir a respeito dos processos de urbanização e metropolização.

A intensificação da urbanização, ocorrida em alguns países da Europa a partir da Revolução Industrial do século XVIII, produziu maior densidade de espaço no espaço urbano.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considerando que o texto precedente tem caráter unicamente motivador, julgue os itens a seguir a respeito dos processos de urbanização e metropolização.

Os processos de urbanização e metropolização dos países subdesenvolvidos ocorreram posteriormente aos dos países desenvolvidos, em meados do século XX, de forma intensa e planejada.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: