Questões sobre Teoria Política

De acordo com a teoria liberal da escolha pública, os governos locais devem atuar com independência frente ao governo central, adquirindo a liberdade de arrecadar e alocar recursos de acordo com as necessidades de sua população. A descentralização fiscal, embora possua algumas vantagens, sofre críticas em relação à possibilidade de
  • A. intensificar as desigualdades inter-regionais.
  • B. aumentar a regulação do governo federal.
  • C. prejudicar o desenvolvimento da educação básica.
  • D. inviabilizar o exercício da democracia representativa.
  • E. desmoralizar a relação Estado-Sociedade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
(...) Aquele que quer governar a multidão, sob uma forma republicana ou monárquica, deve saber com certeza quais os que são inimigos da nova ordem. Sem isso o governo terá uma existência efêmera. (...) Tendo a multidão por inimiga, são obrigados, para afirmar seu poder, a empregar meios extraordinários. De fato, aquele que tem número reduzido de inimigos pode saber com certeza o seu número sem grande trabalho ou esforço, enquanto que aquele que é objeto do ódio geral nunca tem certeza de nada, e, tanto mais se mostra cruel, tanto mais enfraquece seu próprio poder. Assinale a alternativa correta, respectivamente quanto ao autor e a sua obra.
  • A. Max Weber, Ciência e Política, duas vocações
  • B. August Comte, Apelo aos Conservadores
  • C. Émile Durkheim, As Formas Elementares da Vida Religiosa
  • D. Nicolau Maquiavel, O Príncipe
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A democracia, segundo Aristóteles, deve ser totalmente soberana, mas com duas limitações: não deve ir além dos órgãos de deliberação e julgamento, pois estes são poderes coletivos expressos em uma Constituição (o conjunto do povo é superior a cada um dos indivíduos) e não exigem competência técnica; a segunda limitação é o dever de agir de acordo com as leis.

Com base no que foi citado acima, leia atentamente as afirmações abaixo:

I. A definição processual de democracia, também chamada procedimental, considera que, além do direito de voto, a seleção dos representantes políticos deve ocorrer a partir de um processo eleitoral livre, ou seja, “competitivo”.

II. A soberania popular enquanto ação democrática é um ideal possível em todas as sociedades, pois o poder desde os atenienses é exercido pelo povo.

III. A diminuição da participação político partidária fortalece a democracia e a torna cada vez mais eficiente, consensual e legitima.

IV. O único modo de tornar possível o exercício da democracia é atribuir cada vez menos ao cidadão o direito de participar direta ou indiretamente na tomada de decisões coletivas.

Estão corretas as afirmativas:

  • A. I, apenas
  • B. II e IV, apenas
  • C. I, II e III, apenas
  • D. IV, apenas
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na América Latina, as últimas décadas foram vivenciadas com devoção afetiva a vários líderes atribuindo a eles dotes sobrenaturais, faculdades mágicas, revelações, poder intelectual e oratória. Tais qualidades os elevam de herói guerreiro, a grande demagogo, sem que, no entanto o povo perceba a dominação na qual é envolvido. Entretanto, podemos afirmar que esta obediência cega subsiste somente enquanto a fé dos que acreditam mantém-se. A afirmação acima se refere à:
  • A. Dominação Tradicional
  • B. Dominação Carismática
  • C. Dominação Legal
  • D. Dominação Patriarcal
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
(...) Assim como o Estado de estamentos, também o Estado representativo se afirma ao menos num primeiro tempo, como o resultado de um compromisso entre o poder do príncipe (cujo princípio de legitimidade é a tradição) e o poder dos representantes do povo (por “povo” entendendo-se, ao menos num primeiro tempo, a classe burguesa), cujo princípio de legitimidade é o consenso. A diferença do Estado representativo diante do Estado estamental está no fato de que a representação por categorias ou corporativa (hoje se diria representação de interesses) é substituída pela representação dos indivíduos singulares (num primeiro tempo apenas os proprietários), aos quais se reconhecem os direitos políticos. Assinale a alternativa correta quanto ao autor deste fragmento:
  • A. Norberto Bobbio
  • B. Nicolau Maquiavel
  • C. Karl Popper
  • D. Getúlio Vargas
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
De acordo com o sentido político, a Constituição é a decisão política fundamental porque representa não as normas legais que contém, mas sim a decisão política que a embasa e fundamenta. Este sentido de constituição política foi idealizado por
  • A. Ferdinand Lassalle.
  • B. Hans Kelsen.
  • C. Carl Schmitt.
  • D. Montesquieu.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Além de absoluta e indissolúvel, a Soberania para Rousseau possui mais duas características:

  • A. ser efêmera e ser impessoal.
  • B. ser seletiva e ser pactuada.
  • C. ser livre e ser a proteção da liberdade.
  • D. ser um dom e ser um atributo.
  • E. ser inalienável e ser infalível.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Um dos conceitos fundamentais na análise do capitalismo feita por Karl Marx é o de materialismo dialético. Com o materialismo dialético, Marx expressa que o movimento da história ocorre tendo por base o antagonismo entre duas classes:
  • A. a nobreza, que vive de privilégios, e os plebeus, que constituem o restante da sociedade.
  • B. os grandes latifundiários, que detém o poder político, e os escravos, que eram suas propriedades.
  • C. os senhores feudais durante a Idade Média, e os vassalos, que lhes devem lealdade.
  • D. a burguesia, que detém os meios de produção, e o proletariado, que vende sua força de trabalho.
  • E. os ricos, que acumulam dinheiro com a exploração capitalista, e os servos, que servem a seus caprichos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre a literatura essencial à compreensão da evolução da teoria democrática mais argumentativa, pode-se afirmar que “Uma teoria da Justiça” e “O liberalismo político” demonstram
  • A. uma evolução do pensamento de Rawls, autor de ambas as obras.
  • B. que, embora escritos por autores distintos, as ideias centrais eram coincidentes.
  • C. uma contradição entre Rawls, autor da primeira obra, e Habermas, autor da segunda.
  • D. que os teóricos modernos abandonaram a possibilidade de democracias deliberativas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em relação ao conceito de ciência política e à legitimidade do poder político, julgue os itens a seguir. À luz da conhecida tipologia weberiana a respeito da dominação legítima, é correto afirmar que a política contemporânea é caracterizada pelo predomínio da dominação de tipo racional-legal e pela inexistência da dominação tradicional e da dominação carismática.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: