Questões sobre Parecer de Auditoria e Opinião do Auditor

O Auditor, tendo obtido evidência de auditoria apropriada e suficiente, conclui que as distorções, individualmente ou em conjunto, são relevantes, mas não generalizadas nas demonstrações contábeis, deve expressar-se por meio de
  • A. opinião sem ressalva.
  • B. opinião com ressalva.
  • C. opinião adversa.
  • D. abstenção de opinião.
  • E. renúncia do trabalho.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Cabe ao Auditor independente julgar e avaliar a necessidade de contratação do trabalho de pessoa ou organização em área de especialização, que não contabilidade ou auditoria, quando esse trabalho é utilizado para ajudar o Auditor a obter evidência de auditoria suficiente e apropriada, bem como a utilização do trabalho de auditores internos do auditado. Contudo, o Auditor independente é o único responsável por expressar opinião de auditoria e a responsabilidade não é reduzida pela contratação de especialistas, sendo que a referência ao especialista do Auditor será feita no relatório de auditoria se houver
  • A. opinião não modificada.
  • B. negativa de opinião.
  • C. algum regulamento requerendo a referência do especialista da administração.
  • D. abstenção de opinião.
  • E. opinião modificada devido a evidência do especialista do auditor.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Quando ocorrerem eventos subsequentes, entre as datas de publicação do balanço e do parecer do auditor, que possam demandar ajustes nas demonstrações contábeis ou a divulgação de informações nas notas explicativas, o auditor deve considerar, para ter condições de formar opinião,
  • A. ressalva ou parágrafo de ênfase, publicado em relatório de auditoria elaborado para exercício anterior ao do período corrente auditado.
  • B. atos e fatos administrativos registrados em atas de reuniões de acionistas, administradores e outros órgãos estatutários.
  • C. carta que evidencie a responsabilidade da administração quanto às informações e dados e dê respaldo ao parecer.
  • D. contingências passivas conhecidas quando da emissão do parecer e antes da publicação do resultado do exercício contábil.
  • E. existência de eventos, não revelados pela administração nas demonstrações contábeis, mesmo que não tenham efeitos relevantes sobre as mesmas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Um serviço de auditoria sobre a administração dos sistemas de informação usados pela área de contabilidade acabou de ser executado em uma empresa, entregando para a entidade auditada os papéis da auditoria sem um parecer do auditor, o qual não se sentiu confortável para emitir opinião em função dos seus achados não conclusivos sobre a qualidade das informações contábeis. Essa atitude do auditor não respeita as normas de auditoria estabelecidas na NBC, pois o auditor deveria ter emitido um
  • A. parecer sem ressalvas.
  • B. parecer com ressalvas.
  • C. parecer com abstenção de opinião.
  • D. parecer adverso.
  • E. termo circunstanciado de interrupção da auditoria.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Determinado Tribunal de Contas pretende realizar auditoria em um hospital público estadual, com o objetivo de verificar a regularidade das compras de medicamentos. Segundo as Normas de Auditoria – NAT, um dos modos mais efetivos para assegurar que um relatório seja imparcial, objetivo e completo é
  • A. submeter os achados de auditoria, preliminarmente à emissão do relatório, ao responsável pelo controle interno da entidade auditada, para que efetue as devidas correções.
  • B. encaminhar cópia do relatório preliminar aos responsáveis pelas impropriedades e infringências detectadas na auditoria para que apresentem defesa.
  • C. submeter o relatório preliminar para obtenção de comentários por parte dos dirigentes da entidade auditada.
  • D. contratar especialistas no objeto a ser auditado e elaborar o relatório após dar ciência dos resultados alcançados aos dirigentes da entidade auditada.
  • E. emitir o relatório de auditoria após a análise da defesa apresentada por parte dos dirigentes da entidade auditada.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Nas auditorias realizadas das demonstrações contábeis, conforme as evidências de auditoria obtidas, o auditor independente deve expressar a seguinte opinião, EXCETO:
  • A. opinião adversa.
  • B. opinião sem ressalvas.
  • C. abstenção de opinião.
  • D. opinião com ressalva.
  • E. opinião pela irregularidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A firma de auditoria UAXM − Auditores Independentes foi contratada para realizar a auditoria das demonstrações contábeis referente ao exercício de 2014, de determinada empresa estatal do Estado. Finalizados os trabalhos de auditoria, o Auditor deve formar uma opinião e emitir o relatório. O Auditor expressa uma opinião não modificada quando
  • A. obtém evidência de auditoria apropriada e suficiente, conclui que as distorções, individualmente ou em conjunto, são relevantes, mas não generalizadas nas demonstrações contábeis.
  • B. não obtém evidência de auditoria apropriada e suficiente para suportar sua opinião, mas conclui que os possíveis efeitos de distorções não detectadas, se houver, sobre as demonstrações contábeis poderiam ser relevantes e generalizadas.
  • C. conclui que as demonstrações contábeis são elaboradas, em todos os aspectos relevantes, de acordo com a estrutura do relatório financeiro aplicável.
  • D. obtém evidência de auditoria apropriada e suficiente, conclui que as distorções, individualmente ou em conjunto, são relevantes e generalizadas para as demonstrações contábeis.
  • E. não obtém evidência apropriada e suficiente de auditoria para suportar sua opinião, mas conclui que os possíveis efeitos de distorções não detectadas, se houver, sobre as demonstrações contábeis poderiam ser relevantes, mas não generalizados.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A opinião de um auditor no Relatório de Auditoria pode ser
  • A. sem ressalva, quando não é possível obter evidência apropriada para suportar a opinião da auditoria.
  • B. com ressalva, quando as demonstrações contábeis estão elaboradas de acordo com a estrutura do relatório financeiro.
  • C. com ressalva, quando as distorções existentes são relevantes e generalizadas para as demonstrações contábeis.
  • D. adversa, quando não é possível obter evidência apropriada para suportar a opinião da auditoria.
  • E. adversa, quando as distorções existentes são relevantes e generalizadas para as demonstrações contábeis.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
É responsabilidade do auditor
  • A. identificar e avaliar os riscos de distorções relevantes, exceto se houver fraude.
  • B. obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis não contêm distorções relevantes.
  • C. prevenir e detectar erros e fraudes.
  • D. jamais se retirar do trabalho, mesmo se houver suspeita de fraude.
  • E. em caso de suspeita de fraude, comunicar-se com acionistas ou contratantes da auditoria, mas nunca com as autoridades reguladoras, tendo em vista o sigilo do trabalho.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Leia o fragmento a seguir. “Salvo declaração em contrário, entende‐se que o auditor considera satisfatórios os elementos contidos nas demonstrações contábeis examinadas e nas exposições informativas constantes das notas que as acompanham.” O fragmento é relativo

  • A.

    a um parecer.

  • B.

    à execução do trabalho.

  • C.

    ao papel de trabalho.

  • D.

    à pessoa do auditor.

  • E.

    a um programa de auditoria.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: