Questões de Arquivologia da IDECAN

A partir de 1950, os métodos de arquivamento passaram a ser determinados pela natureza dos documentos a serem arquivados e pela estrutura da entidade. Esses métodos também são chamados de flexíveis. Assinale a alternativa que apresente um exemplo de método de arquivamento flexível.
  • A. Variadex
  • B. Alfabético Específico
  • C. Alfabético Geográfico
  • D. Método Ideográfico
  • E. Numérico Simples
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base no texto, é correto inferir que é necessário encarar a necessidade do surgimento de

  • A. uma cultura de segurança da informação.
  • B. uma política de segurança da informação.
  • C. novos atores do cenários das redes sociais.
  • D. uma democratização dos detentores da informação.
  • E. uma nova governança sobre a informação digital.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Para facilitar a compreensão dos efeitos nocivos nos acervos, podem-se classificar os agentes de deterioração em 06 (seis) tipos, quais sejam: Fatores Ambientais, Fatores Biológicos, Intervenções Impróprias,
  • A. Agentes Biológicos, Furtos e Vandalismo.
  • B. Agente Humanos, Desastres Ecológicos e Vandalismo.
  • C. Agentes Internos, Agentes Externos e Desastres Naturais.
  • D. Agentes Biológicos, Desastres Naturais e Imprevistos.
  • E. Agentes Extrínsecos, Poeiras e Desastres Naturais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

De acordo com Vitoriano (2017), a respeito das relações entre Arquivologia e Gestão da Informação no Brasil, analise as afirmativas a seguir:

I. A gestão da informação é apresentada acessoriamente à gestão documental.

II. No Brasil, a arquivologia ainda não conseguiu desenvolver um aporte teórico de aproximação com a CI no que se refere às temáticas de gestão da informação.

III. Há uma grande prevalência de pesquisas de gestão da informação na arquivologia.

Assinale

  • A. se todas as afirmativas estiverem corretas.
  • B. se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.
  • C. se apenas a afirmativa III estiver correta.
  • D. se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
  • E. se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

De acordo com o método de arquivamento alfabético, organize as entradas para os nomes a seguir:

a) João Pedro Filho

b) Antônia Sá de Pinho

c) Mariana Monte Castelo

d) Úrsula do Monte Calvo

e) Ataíde Dias Júnior

Assinale a alternativa que traga a ordem de alfabetação correta.

  • A. d – c – b – a – e
  • B. e – d – c – a – b
  • C. c – b – a – e – d
  • D. b – c – e – d – a
  • E. e – d – a – b – c
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Para Ponjuán Dante (1998, p.135), a gestão da informação visa a todas as alternativas a seguir, à exceção de uma. Assinale-a.
  • A. maximizar o valor e os benefícios derivados do uso da informação
  • B. minimizar o custo de aquisição, processamento e uso da informação
  • C. determinar responsabilidades para o uso efetivo, eficiente e econômico da informação
  • D. assegurar um fornecimento contínuo da informação
  • E. avaliar a qualidade do uso da informação nas organizações
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Para Rhoads (1989), o ciclo total de vida dos documentos é representado por quatro fases.

Com base nessa informação, faça a correta correlação entre as fases.

Assinale a alternativa que traga a sequência correta da correspondência entre as duas colunas, de cima para baixo.

  • A. a – b – c – d
  • B. c – b – d – a
  • C. d – c – b – a
  • D. b – a – c – d
  • E. a – c – d – b
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A respeito da história da Arquivologia, é correto afirmar que o grande marco de sua evolução foi a publicação, em 1898, de
  • A. Arquivos franceses, por Briet.
  • B. Tratado de documentação, por Otlet.
  • C. Manual dos Arquivistas Holandeses, por Muller, Feith e Fruin.
  • D. Elsevier´s Lexicon of Archive Terminology.
  • E. Princípios de proveniência arquivística.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
De acordo com Fod (2001), “a microfilmagem para preservação possui algumas características e benefícios únicos que a distinguem dos muitos tipos de filmagem de fontes documentais definidas nas normas técnicas nacionais. O proposito primário da microfilmagem para preservação é proporcionar substituição para materiais escritos ou impressos sobre papel de baixa qualidade, mais provavelmente que já tenham se tornado quebradiços, de forma que os conteúdos continuarão, para sempre, disponíveis à comunidade de estudiosos e de pesquisa.” A esse respeito, o que distingue a microfilmagem para preservação como um subconjunto especial da microfilmagem de fontes documentais é o(a)
  • A. capacidade de desenvolver uma cópia em um suporte de melhor resolução.
  • B. ideia de que, ao criar novas cópias, a informação jamais se perderá.
  • C. vontade de preservar a informação ainda que em uma menor qualidade.
  • D. fato de que a microforma, por ocupar menor espaço, é uma solução de preservação menos dispendiosa.
  • E. intenção de se criar uma substituição permanente, um meio arquivístico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A microfilmagem para preservação implica a produção de três gerações de filme. A seguir estão relacionadas duas delas: 


O outro tipo de filme a ser gerado são as

  • A. cópias de arquivo: cópias positivas ou negativas para armazenamento e salvaguarda.
  • B. cópias de consulta: cópias positivas ou negativas disponíveis para pesquisa e empréstimo.
  • C. cópias de preservação: cópias negativas para preservação de longo prazo.
  • D. cópias digitais: cópias digitalizadas dos negativos para preservação e divulgação, de acordo com a política da instituição.
  • E. cópias de reprodução: cópias que servem para reproduzir os arquivos microfilmados.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: