Questões de Antropologia do ano 2017

No contexto da Antropologia Forense, em relação à determinação do sexo no indivíduo humano adulto, é possível analisar características tanto qualitativas quanto quantitativas. Abaixo são apresentadas algumas características.

I. Projeção da glabela e dos arcos superciliares.

II. Desenvolvimento do processo mastoide.

III. Nível de curvatura do ângulo nasofrontal.

IV. Mensuração de regiões do viscerocrânio.

V. Mensuração de regiões do neurocrânio.

Aponte a alternativa que indica o número de características acima descritas que podem ser referência para a identificação humana:

  • A. 1
  • B. 5
  • C. 3
  • D. 4
  • E. 2
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Na Antropologia Forense é importante o estudo para a determinação da idade do indivíduo. A respeito do assunto, analise as afirmativas abaixo.

I. A análise da aparência não é considerada para determinação da idade.

II. A análise da pele não é considerada para determinação da idade.

III. A análise do globo ocular, referente à idade, tem como elemento mais significativo o arco senil.

Assinale a alternativa correta.

  • A. Está correta apenas a afirmativa III
  • B. Estão corretas apenas as afirmativas I e II
  • C. Estão corretas apenas as afirmativas I e III
  • D. Está correta apenas a afirmativa II
  • E. Todas as afirmativas estão corretas
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ancestralidade é, atualmente, o termo mais aceito mundialmente pelos profissionais da Antropologia Forense em relação aos dois outros termos que já foram utilizados: etnia e raça. Dentre as análises métricas passíveis de utilização para caracterização da ancestralidade estão os elementos abaixo, EXCETO:
  • A. Índice Cefálico.
  • B. Índice Dentário de Flower.
  • C. Índice de Dupertuis & Hadden.
  • D. Índice Radioumeral.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: