Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hidrícos - CE (FUNCEME/CE

Um dos sistemas de articulação das folhas do mapeamento sistemático é o Índice de Nomenclatura, por meio do qual é possível saber, por exemplo, em qual folha topográfica encontra-se um ponto coletado em campo. Considerando esse sistema, assinale a opção que representa uma carta na escala 1:50.000.
  • A. SB 24 II 2 C
  • B. SB 24 X D II
  • C. SB 24 III 2 V A
  • D. SB 24 V B VI 2
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na análise ambiental, a compartimentação do meio ambiente é importante como critério metodológico, porque
  • A. mostra os pontos de degradação da vegetação e dos solos.
  • B. mostra o uso/cobertura do solo.
  • C. é fundamental na identificação e caracterização das unidades de paisagens.
  • D. dá respostas aos estudos sobre os fatores físicogeográficos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre sistemas de projeção cartográfica é correto afirmar que
  • A. o mapeamento sistemático do Brasil compreende a elaboração de cartas topográficas adotando o sistema de projeção Universal Transversa de Mercator – UTM (1:500.000, 1:250.000, 1:100.00, 1:50.000, 1:25.000, 1:10:000).
  • B. as projeções conformes ou isogonais conservam a proporção entre as distâncias, em determinadas direções, na superfície representada.
  • C. o sistema UTM é baseado na projeção de Mercator, com orientação equatorial.
  • D. um exemplo de projeção equivalente ou isométrica é a Cônica de Albers utilizada para cálculo de áreas no SIG. Nesse tipo de projeção, conservam-se as áreas (não há deformação de área, dentro de certos limites de extensão).
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A morfoestrutura e a morfoescultura do Ceará são reflexos da morfogênese e da morfodinâmica geológica e geomorfológica do Nordeste. Esses elementos são bem importantes para os estudos e diagnósticos geoambientais integrados. Considerando a compartimentação topográfica do Estado do Ceará, assinale a opção cujas unidades apresentadas NÃO servem de interpretação de paisagens.
  • A. Planícies fluviais, Planalto da Borborema, cristas residuais e inselbergs.
  • B. Planície litorânea, tabuleiros pré-litorâneos e depressão sertaneja.
  • C. Chapadas do Apodi e Araripe, Planalto da Ibiapaba e maciços residuais cristalinos (serras).
  • D. Maciços residuais cristalinos, depressão sertaneja e tabuleiros pré-litorâneos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O panorama da desertificação no Estado do Ceará aponta que
  • A. áreas mais degradadas e desertificadas desse Estado estão nas serras úmidas e mais elevadas.
  • B. vales dos principais rios do Estado estão em avançado nível de desertificação devido ao assoreamento dos seus leitos.
  • C. os planaltos sedimentares da Ibiapaba e do Araripe se encontram em níveis irreversíveis deste processo de degradação.
  • D. as áreas mais afetadas são os sertões dos Inhamuns, do centro-norte e do médio Jaguaribe.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
São unidades geoambientais encontradas no Estado do Ceará com registros de ocorrências de estágios avançados de desertificação:
  • A. maciços residuais (serras) e sertões da depressão sertaneja.
  • B. tabuleiros costeiros, litoral e as chapadas do Araripe e da Ibiapaba.
  • C. tabuleiros pré-litorâneos e maciços residuais (serras).
  • D. planícies de acumulação (litoral e várzeas) e chapadas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A gestão dos recursos hídricos do semiárido brasileiro, no geral, e do semiárido do Ceará, em particular, demanda ações
  • A. setoriais que se bastam na aferição e proposição de manejo das águas.
  • B. políticas de gerenciamento dos recursos hídricos que foquem nos rios e em suas recuperações por meio do monitoramento ambiental.
  • C. centralizadas e pautadas em políticas governamentais ambientais.
  • D. integradas, considerando desde os aspectos físicos aos sociais, no âmbito das bacias hidrográficas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Datum caracteriza-se como uma superfície de referência posicionada em relação à Terra, de modo a minimizar as distâncias entre o geoide e o elipsoide de referência. Considerando essa proposição, assinale a afirmação verdadeira.
  • A. O Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS 2000) juntamente com o Sistema Geodésico Sul Americano 1969 (SAD- 69) foram adotados pelo Brasil como data oficiais.
  • B. A referência para o datum vertical é o elipsoide Hayford 1909.
  • C. Em um projeto, é possível utilizar-se, ao mesmo tempo, de dados com dois diferentes data.
  • D. O elipsoide World Geodetic System (WGS84) é amplamente aceito como padrão internacional.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O zoneamento ecológico-econômico (ZEE) é instrumento da Política Nacional do Meio Ambiente (decreto nº 4.297/2002). Trata-se de um instrumento de organização do território, obrigatório na implantação de planos, obras e atividades públicas e privadas, usado pelo poder público através de projetos em diversas escalas de trabalho e em frações do território nacional para
  • A. estabelecer objetivos colimados na proteção e conservação ambiental com base em monitoramento ambiental e em plano de gestão.
  • B. ser usado como instrumento de comando e controle à regulação do território na ocupação do espaço frente aos conflitos ambientais emergentes.
  • C. estabelecer medidas que deem suporte ao planejamento ambiental em áreas legalmente protegidas das ações de degradação.
  • D. estabelecer medidas e padrões de proteção ambiental destinados a assegurar a qualidade ambiental para garantia do desenvolvimento sustentável e a melhoria das condições de vida da população.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Uma mesma precipitação que ocorreu em duas bacias hidrográficas de mesma área de drenagem resultou nos hidrogramas representados a seguir.

 Com base nessas informações, é correto concluir-se que a diferença dos hidrogramas é originada nos seguintes fatores:

  • A. a Bacia 2 pode apresentar, de forma predominante, solos hidrológicos do tipo A e a Bacia 1 tem solos hidrológicos predominantemente do tipo C.
  • B. Bacia 1 pode apresentar maior área florestada e natural que a Bacia 2, que apresenta grandes manchas urbanas e áreas impermeáveis.
  • C. a Bacia 2 pode apresentar formato mais semelhante à circunferência (coeficiente de Gravelius próximo à unidade) do que a Bacia 1.
  • D. a Bacia 2 pode apresentar declividade média superior à Bacia 1.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: