Questões de Odontologia da IESES

Quanto ao gerenciamento de um desastre em massa, é correto afirmar:
  • A. Em casos de grandes queimados a identificação odontológica poderá ser o único método de identificação possível. Para garantir que não se percam evidências dentais durante o transporte dos corpos, a equipe de identificação deve iniciar o exame Post-Mortem ainda no local do desastre.
  • B. Um dos problemas mais importantes para uma Central de Identificação é a grande quantidade de restos humanos fragmentados, dispersos e/ou queimados.
  • C. Em desastres onde há destruição parcial das estruturas, com diversas vítimas fatais e com alguns corpos destruídos, se dará prioridade ao acesso para as equipes de recuperação e busca de corpos. Só depois dessa etapa concluída é que as equipes de peritos criminais iniciarão a colheita de provas ou vestígios.
  • D. c) Em desastres onde há destruição parcial das estruturas, com diversas vítimas fatais e com alguns corpos destruídos, se dará prioridade ao acesso para as equipes de recuperação e busca de corpos. Só depois dessa etapa concluída é que as equipes de peritos criminais iniciarão a colheita de provas ou vestígios.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As lesões produzidas em decorrência dos tratamentos odontológicos, quando ocorrem, estão relacionadas a imprudência, negligência ou imperícia. Se durante um tratamento odontológico, por erro profissional, o paciente perde um elemento dental, o crime pode ser enquadrado como:
  • A. Lesão corporal culposa gravíssima.
  • B. Lesão corporal dolosa gravíssima.
  • C. Lesão corporal dolosa grave.
  • D. Lesão corporal culposa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre desastres em massa, é INCORRETO afirmar:
  • A. Para ser definido como um desastre em massa, o evento deve envolver vítimas de diferentes nacionalidades.
  • B. O Guia de Desastres em Massa da INTERPOL (DVI GUIDE: INTERPOL, 2014) classifica os métodos de identificação de vítimas em primários e secundários.
  • C. Legalmente, qualquer cirurgião dentista pode participar do processo de identificação de vítimas em caso de desastres em massa.
  • D. Um desastre em massa se define por qualquer situação onde o número de vítimas é maior do que a capacidade local de gerenciamento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em um laudo pericial de exame de corpo de delito, alguns quesitos abordam a classificação das lesões corporais quanto à quantidade e à qualidade do dano. Sobre as lesões classificadas em leves, graves ou gravíssimas, analise as seguintes afirmações:

I. Lesões leves são aquelas representadas por danos de pouquíssima repercussão orgânica ou perdas superficiais, de fácil recuperação. São vistas como de menor importância jurídica.

II. A incapacidade para as ocupações habituais por mais de 30 dias se restringe apenas às situações em que a vítima fique impossibilitada de exercer seu trabalho, de forma genérica (qualquer trabalho) e não específica (para determinado trabalho).

III. Na debilidade permanente de membro, sentido ou função é importante avaliar a diminuição evidente da função dos membros, dos sentidos e das funções.

IV. Para que exista deformidade permanente são exigidos requisitos como aparência, permanência ou irreparabilidade pelos meios comuns. São exemplos de deformidade permanente: paralisia facial, ablação do olho, perda parcial ou total do nariz e perda de um ou mais dentes anterossuperiores.

Assinale a alternativa correta:

  • A. As afirmações II e IV estão corretas.
  • B. Todas as afirmações estão corretas.
  • C. As afirmações I e II são falsas.
  • D. As afirmações I, III e IV estão corretas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre a obtenção, coleta, armazenamento e preservação de material biológico para fins de análise de DNA, é correto afirmar que:
  • A. O esmalte humano é uma fonte importante de DNA para uso forense.
  • B. Sobre o cadáver, o DNA presente na saliva se mantém estável e pode ser recuperado até 48-60 horas após a salivação sobre a pele.
  • C. A polpa dental é um tecido rico em DNA, porém a trituração do dente provoca a desnaturação do DNA, danificando o material e impedindo futuras análises.
  • D. O armazenamento do DNA deve ser feito em pH bastante alcalino, para evitar a desnaturação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O DNA nuclear apresenta dupla hélice linear.
  • A. A técnica da PCR é indicada quando não há volumes apreciáveis de DNA.
  • B. O teste mais viável e mais indicado quando há importante degradação do DNA é a técnica de VNTR.
  • C. Em relação aos cromossomos sexuais, os marcadores Y-STR são duas vezes mais diversos que os X-STR e podem ser utilizados quando não houver DNA nuclear disponível.
  • D. A técnica fingerprint permite o estabelecimento de perfil genético a partir de quantidade ínfimas de material biológico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O DNA mitocondrial tem diferenças múltiplas com o DNA nuclear. Quanto a essas diferenças é correto afirmar:
  • A. Podemos encontrar centenas de cópias de DNA nuclear em cada célula, enquanto o DNA mitocondrial encontramos apenas duas cópias em cada célula.
  • B. O DNA mitocondrial é encontrado no citoplasma nuclear.
  • C. O DNA mitocondrial permite a identificação de gerações próximas de ambas as linhas, materna e paterna.
  • D. O DNA nuclear apresenta dupla hélice linear.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Segundo a classificação de Vucetich, para identificação pelo método dactiloscópico, é correto afirmar:
  • A. A pirâmide é caracterizada pela presença de dois deltas.
  • B. Em uma presilha interna o delta está à direita do observador e em uma presilha externa está à esquerda.
  • C. Quando o dactilograma apresentado é um Verticilo no dedo médio, este é representado pelo número 1 na fórmula dactiloscópica individual.
  • D. O verticilo é caracterizado pela ausência de deltas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Os métodos de identificação são fundamentados em aspectos biológicos e técnicos: Unicidade ou Individualidade, Imutabilidade, Perenidade, Praticabilidade, Classificabilidade. Sobre o método de identificação por dactiloscopia, podemos afirmar que:
  • A. Todos os indivíduos, de todas as etnias possuem impressões papilares, porém o desenho papilar varia de pessoa para pessoa, tornando a identificação dactiloscópica uma técnica pouco prática para sua aplicação.
  • B. Os desenhos papilares podem sofrer modificações em sua forma, principalmente quando há alterações na epiderme por dermatoses ou por traumatismo que produza cicatriz, o que compromete a Perenidade do método dactiloscópico para identificação.
  • C. Os desenhos papilares já estão definidos desde o sexto mês de vida intrauterina e persistem por toda a vida do indivíduo, conferindo a característica de Imutabilidade.
  • D. De acordo com a posição e a quantidade de deltas em uma impressão digital, é possível que os desenhos digitais sejam facilmente classificados para o armazenamento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Frari et al. (2008) publicaram um estudo que apresentou uma proposta de protocolo para exames odontológicos em vítimas de desastres em massa que obteve sucesso na identificação de 75 das 99 vítimas do acidente ocorrido em São Paulo com o voo da TAM. Com relação aos procedimentos necessários para a identificação por exames odontológicos nestas situações, assinale a alternativa INCORRETA
  • A. Deve-se evitar tentar colar ossos fraturados para reconstrução das peças.
  • B. Em cadáveres carbonizados torna-se necessário dissecar para possibilitar a visualização da cavidade bucal e a obtenção de radiografias.
  • C. Todo material ósseo e dentário deverá ser armazenado, caso seja necessário realizar exame de DNA.
  • D. Examinar e fotografar os ossos e o conjunto que o acompanha na forma como foram encaminhados.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: