Questões de História da FCC

Ao longo do período colonial brasileiro, uma parte das crianças abandonadas era deixada
  • A. sob a tutela do Estado, que as entregava a orfanatos públicos presentes nas grandes cidades brasileiras.
  • B. em creches especialmente criadas para crianças de até 7 anos, o que seguia um inovador modelo francês.
  • C. nas portas das Santas Casas de Misericórdia, onde eram deixadas nas rodas dos expostos.
  • D. em Fundações de Bem-Estar do Menor, especialmente criadas pela Coroa portuguesa.
  • E. nas Câmaras municipais, que as encaminhavam para serem adotadas e educadas pelas famílias ricas da cidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No Brasil, a partir do século XXI, percebe-se um incremento de ações e políticas públicas que estimulam a redução da desigualdade racial. Sobre o tema da discriminação racial é INCORRETO afirmar que:
  • A. a presença de pessoas negras em cargos públicos exerce um papel simbólico na sociedade.
  • B. a diversidade étnico-racial é importante para a formação dos estudantes universitários.
  • C. a redução da desigualdade racial exige a superação de uma perspectiva meramente formal do princípio da isonomia.
  • D. é assegurada a assistência religiosa aos praticantes de religiões de matrizes africanas nos estabelecimentos prisionais.
  • E. o estudo da história geral da África é facultativo nos estabelecimentos privados de ensino médio.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A denominada política dos governadores

  • A. desestabilizou o poder dos coronéis, principalmente no Nordeste, além de reduzir o chamado voto de cabresto e as fraudes nas eleições.
  • B. garantiu aos governos estaduais desenvolver políticas sociais e econômicas voltadas à autonomia dos grupos locais,
  • C. fortaleceu o poder Legislativo que passou a neutralizar as forças políticas hegemônicas dos estados mais ricos da federação.
  • D. representou uma estratégia de troca de apoio político entre as oligarquias estaduais e o governo central, fortalecendo o poder executivo.
  • E. promoveu o diálogo e as negociações entre grupos oligárquicos que, durante o período monárquico, promoveram sérios conflitos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Dentre os marcos institucionais que, no âmbito das leis trabalhistas, antecederam o surgimento do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, ocorrido em novembro de 1930 por iniciativa do Governo Provisório, é correto indicar a criação
  • A. da lei que institui o salário mínimo regionalizado, para garantir o que um trabalhador deveria receber para atender às suas necessidades básicas.
  • B. da Carteira Profissional, de uso obrigatório para os trabalhadores do comércio e da indústria maiores de 16 anos.
  • C. de tribunais rurais com a finalidade de dirimir os contratos de locação de serviços agrícolas com colonos estrangeiros em São Paulo.
  • D. das Comissões Mistas de Conciliação, encarregadas da arbitragem de dissídios entre empregadores e empregados.
  • E. da Justiça do Trabalho como órgão integrante do Poder Executivo, mais tarde integrado ao Poder Judiciário.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em 1945, ao final da Segunda Guerra Mundial, a Europa perdeu a posição hegemônica que, historicamente, ocupava no cenário mundial. Em seu lugar surgiram duas superpotências – os Estados Unidos e a União Soviética. Esse novo quadro internacional bipolar, gerou a chamada Guerra Fria. Sobre este momento do pós-guerra são feitas as afirmações:

I. A Guerra Fria consistiu em uma série de atritos em várias partes do mundo, criando-se uma situação de constantes conflitos políticos, diplomáticos e geopolíticos que, no entanto, não evoluiu para a guerra direta entre as duas superpotências.

II. Sob a influência política, econômica e ideológica da União Soviética, em 1960, a China promoveu uma revolução radical e implantou o socialismo sob o comando de Mao Tsé-tung.

III. Um dos fenômenos mais importantes do período foi a rápida liquidação dos antigos impérios coloniais europeus, estabelecidos na Ásia e na África com a formação de novos países, independentes, mas com economias frágeis e dependentes.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A. I e III.
  • B. I.
  • C. I e II.
  • D. II e III.
  • E. III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Referindo-se à Constituição de 1891, José Afonso da Silva faz o seguinte comentário:

Ao retratar a distância entre os preceitos constitucionais e a política real, o texto permite considerar que o coronelismo prevaleceu na política após a proclamação da Republica. Sobre o tema abordado é correto afirmar que

  • A. o constitucionalismo republicano cumpriu suas funções essenciais, isto é, foi eficaz em regular o poder realmente existente, garantindo a independência do chefe da nação, isolando-o das pressões estaduais e das ingerências dos coronéis.
  • B. a relação direta entre os poderes locais, submetidos às práticas coronelísticas, impediu que representantes de São Paulo exercessem a presidência da República nas primeiras décadas após sua instauração.
  • C. o federalismo republicano deixou às claras que o poder do exército impunha, na “Primeira República”, uma relação direta de poderes locais com o legislativo, por meio da ação dos coronéis.
  • D. na federação instituída pela Constituição de 1891, para não haver conflitos entre as diversas esferas do poder estadual foi estimulada a participação das forças militares municipais, controladas por seus coronéis, por representarem o maior poder local.
  • E. o federalismo instituído garantiu as bases do domínio oligárquico, fundado na propriedade da terra e no controle eleitoral da população rural pelos chefes políticos locais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As transformações provocadas pela Terceira Revolução Industrial, ainda que não tenham ocorrido de forma homogênea em todos os países, provocaram alterações significativas nos processos produtivos. O novo paradigma tecnológico de produção industrial, incorporando avanços da microeletrônica, da robótica e da telemática, dentre outros, tem acarretado mudanças significativas no mundo do trabalho, como
  • A. a exigência de um nível de qualificação ampla e polivalente dos operários.
  • B. a eliminação do trabalho terceirizado.
  • C. a diminuição de empregos informais.
  • D. a dinamização das ações sindicais.
  • E. o parcelamento das tarefas, típico do “fordismo”.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em 2017, vários órgãos da imprensa destacaram os cem anos da primeira grande greve geral no país. Referiam-se à greve geral do operariado de São Paulo de 1917, manifestação até então nunca vista no Brasil. Algumas matérias destacaram a presença das mulheres no episódio, pois, de fato, representavam parte expressiva da força de trabalho, sobretudo na indústria têxtil. E foi no Cotonifício Crespi que a greve começou, depois que a diretoria da fábrica tinha se recusado a conceder um aumento entre 15 e 20% do salário e a abolir a extensão da carga horária noturna, que afetava principalmente as mulheres. A greve assumiu grandes proporções, paralisando a cidade. Houve forte repressão policial, com a morte de operários. Pela grande repercussão na imprensa e pelas manifestações dos poderes públicos, tornou-se objeto de estudo privilegiado sobre a condição de trabalho e legislação da época. Sobre o tema é correto afirmar que
  • A. a greve não obteve apoio popular, por ter ocorrido no momento em que as preocupações maiores da sociedade eram com a guerra mundial.
  • B. a liderança grevista impedia a manifestação de operários estrangeiros, pois os considerava concorrentes aos postos de trabalho.
  • C. a greve derrotada, por ser exclusivamente local, não teve maiores repercussões no movimento operário brasileiro da época.
  • D. a greve de São Paulo, vitoriosa, serviu de motivação para outros movimentos semelhantes, de 1917 a 1919, e para o amadurecimento das associações sindicais.
  • E. a liderança da greve rechaçou a participação das centenas de mulheres da industria têxtil, provocando a cisão interna do movimento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Apesar da existência de manifestações anteriores, inclusive no Império e na Primeira República, é a partir da década de 1950 que a mobilização dos trabalhadores rurais cresce e ganha força e visibilidade, com a luta por direitos trabalhistas e pela posse da terra, impondo-se ao debate político no centro de decisões do país. Entre os movimentos rurais organizados mais conhecidos estão as Ligas Camponesas, que renasceram em meados dos anos 1960 e dinamizaram suas ações sob a liderança de Francisco Julião, e o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), criado em 1984. Sobre tais movimentos é correto afirmar que
  • A. as Ligas Camponesas espalharam-se por todo o país até 1970.
  • B. têm em comum a luta pela reforma agrária como principal objetivo.
  • C. ambos têm representantes em partidos políticos atuais.
  • D. o MST busca conscientizar os trabalhadores sobre as vantagens do agronegócio.
  • E. ambos buscaram aliança com os latifundiários para defender a agricultura.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Essa versão, apresentando o movimento vitorioso em 1930 como marco inaugural de uma nova etapa no quadro das relações econômicas, sociais e políticas no Brasil, é contestada nas interpretações de autores como

  • A. Azevedo Amaral e Paula Beiguelman.
  • B. Francisco Weffort e Nelson Werneck Sodré.
  • C. Boris Fausto e Francisco Weffort.
  • D. Caio Prado Júnior e Manuel Correia de Andrade.
  • E. Edgar de Decca e Nelson Werneck Sodré.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: