Questões sobre Fonoaudiologia

Diante dos achados clínicos obtidos na avaliação fonoaudiológica, o quadro descrito sugere:
  • A. alterações em fase oral com impactos em fase faríngea, caracterizadas por perda de sensibilidade oral e redução da pressão aérea subglótica, resultando em aspiração silente do alimento.
  • B. alterações nas fases oral e faríngea, caracterizadas por preparo oral insatisfatório e mecanismos de proteção de vias aéreas inferiores ineficientes, resultando em aspiração silente do alimento.
  • C. alterações nas fases oral e faríngea, caracterizadas por ejeção oral insatisfatória e mecanismos de proteção de vias aéreas inferiores ineficientes, resultando em penetração laríngea do alimento.
  • D. alterações na fase oral, caracterizadas por preparo oral insatisfatório e por perda da sensibilidade oral, resultando em penetração laríngea do alimento.
  • E. alterações em fase oral e faríngea, caracterizadas por ejeção oral insatisfatória e redução da pressão aérea subglótica, resultando em aspiração silente do alimento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
De acordo com a American Speech-Language-Hearing Association (ASHA), o processamento auditivo central foi definido como mecanismos e processos do sistema nervoso auditivo que capacitam a decodificação e o entendimento da fala, especialmente em situações desfavoráveis, como na presença de ruído de fundo e fala competitiva. A partir dessa informação, infere-se que:
  • A. as dificuldades de compreensão daquilo que se escuta podem estar relacionadas a alterações do processamento auditivo central.
  • B. a dificuldade de compreensão daquilo que se escuta está relacionada à acuidade auditiva do sujeito que fica prejudicada pela presença de ruídos de fundo.
  • C. a avaliação do processamento auditivo central não sofre influência do nível de acuidade auditiva do sujeito avaliado, pois são dois processos fisiológicos distintos.
  • D. a decodificação dos sons da fala é o principal fator para a sua compreensão sendo este o aspecto analisado no teste de processamento auditivo central.
  • E. os mecanismos do processamento auditivo central são acionados especialmente quando há ruído de fundo ou fala competitiva na emissão de uma mensagem.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Dentre as estratégias terapêuticas iniciais mais indicadas para o caso, pode-se destacar a necessidade de terapia:
  • A. direta de estimulação com uso de deglutição com esforço.
  • B. direta de deglutição com uso de manobra supraglótica.
  • C. indireta de deglutição com uso de manobra supraglótica.
  • D. indireta de deglutição com uso da língua entre os dentes.
  • E. indireta de deglutição com uso de deglutição com esforço.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre a inserção de alunos disfágicos e usuários de sonda na escola, é INCORRETO afirmar:
  • A. É fundamental que, no período de adaptação, um familiar permaneça na escola para orientar a equipe escolar em como lidar com a criança.
  • B. É preciso adaptar os horários de alimentação de toda a classe para que o estudante usuário de sonda se sinta integrado ao grupo, já que necessita de mais tempo para se alimentar.
  • C. Considerando a complexidade da alimentação por sonda gástrica, geralmente feita em hospitais, a presença de crianças disfágicas na escola só é possível se se considerar um tempo reduzido do período diário escolar.
  • D. Cabe ao fonoaudiólogo fazer a interlocução entre equipe escolar, família e profissionais clínicos do estudante para melhor adaptação da criança disfágica na escola.
  • E. É essencial que todos os agentes envolvidos se sintam apropriados e tranquilos em relação aos cuidados necessários para a permanência da criança na escola.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Paciente do sexo masculino, 67 anos, com diagnóstico de doença de Parkinson há aproximadamente 1 ano, apresenta principalmente monoaltura e velocidade de fala reduzida tanto na fala espontânea quanto na leitura de textos.

Com base nas alterações fonoaudiológicas do quadro atual, a fonoterapia deve contemplar principalmente, estratégias terapêuticas relacionadas à:

  • A. articulação.
  • B. prosódia.
  • C. ressonância.
  • D. respiração.
  • E. fonação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Segundo Zorzi, é característica de atraso simples de linguagem:
  • A. dificuldades tanto na compreensão quanto na elaboração da linguagem.
  • B. não estabelecimento de simbolismo na comunicação não verbal.
  • C. dificuldade da criança em representar conhecimentos e experiências por meio da oralidade, brincadeiras e gestos.
  • D. linguagem menos evoluída que outras condutas simbólicas como brincadeira simbólica e a imitação diferida, sem comprometimento auditivo.
  • E. manutenção da linguagem menos evoluída ainda que o ambiente familiar seja favorável e acolhedor.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Paciente do sexo feminino, 58 anos, professora, com diagnóstico recente de Esclerose Lateral Amiotrófica, conseguindo manter parte das atividades profissionais, porém com abalos emocionais. Avaliação fonoaudiológica quanto à fala indica um quadro de disartria flácida caracterizada por presença de hipernasalidade e consoantes imprecisas.

Assinale a alternativa que, segundo Halpern e com base nos resultados da avaliação fonoaudiológica inicial, apresenta os fatores que podem influenciar no tratamento da disartria apresentada pela paciente.

  • A. Necessidade de estratégias repetitivas e compensatórias, idade e tratamento multidisciplinar.
  • B. Tratamento multidisciplinar, capacidade de sequencializar os movimentos na produção verbal e personalidade do sujeito.
  • C. Estado neurológico e história, capacidade de sequencializar os movimentos na produção verbal e idade.
  • D. Estado neurológico e história, necessidade de ajustes automáticos e personalidade do sujeito.
  • E. Necessidade de estratégias repetitivas e compensatórias, idade e personalidade do sujeito.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre distúrbio articulatório em crianças na idade escolar, é INCORRETO afirmar:
  • A. Distúrbios articulatórios persistentes podem confundir a criança na fase inicial da alfabetização, mas não são impeditivos da apropriação do código gráfico.
  • B. Hábitos orais como o uso de chupeta e/ou mamadeira por mais de três anos aumentam a probabilidade de distúrbios articulatórios por dificultar os ajustes finos necessários à articulação da fala.
  • C. Distúrbios articulatórios persistentes impedem a apropriação do código gráfico pela criança em fase de alfabetização.
  • D. Uma criança com distúrbio articulatório, em fase escolar, se não acolhida neste contexto, pode se isolar e apresentar dificuldades em seu processo de alfabetização.
  • E. É preciso que o fonoaudiólogo auxilie o professor na compreensão da natureza do distúrbio articulatório de seus alunos de modo a não patologizar seus processos de aprendizagem.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A amamentação é definida por um processo muito complexo e determinada biologicamente, abrangendo aspectos individuais e a atuação de políticas públicas, com a participação interdisciplinar dos profissionais de saúde.

Assinale a alternativa que descreve corretamente, quanto à amamentação, o principal objetivo da atuação fonoaudiológica junto à equipe interdisciplinar, na Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC).

  • A. Diagnosticar as disfunções orais do recém-nascido.
  • B. Regularizar a utilização de bicos artificiais no neonato.
  • C. Controlar a luminosidade e ruídos excessivos
  • D. Implantar programas de estimulação oral.
  • E. Promover a amamentação e prevenir o desmame precoce.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Emília Ferreiro, em seu estudo sobre a Psicogênese da escrita, descreveu alguns níveis pelos quais a criança passa até fazer uso efetivo da escrita. Na escola, este estudo é muito utilizado sobretudo em avaliações oficiais dos estudantes que buscam saber quantas crianças estão alfabéticas no decorrer do período de alfabetização. O termo “alfabética”, neste contexto, refere- se
  • A. à hipótese alfabética, termo cunhado por Ferreiro para se referir ao nível em que as crianças passam a escrever com a consciência de que a palavra é formada por sílabas que contém consoantes e vogais.
  • B. ao fato de a criança já estar plenamente alfabetizada com as capacidades de codificação e decodificação íntegras e dentro da ortografia do português.
  • C. à hipótese alfabética de Ferreiro que se refere ao nível em que a criança se preocupa com o aspecto qualitativo de suas produções e passa a eleger a consoante para marcar cada sílaba da palavra.
  • D. ao fato de a criança saber que podemos representar sons da fala por letras do alfabeto.
  • E. à hipótese alfabética de Ferreiro que se refere ao momento em que a criança tem consciência de que a palavra deve ter mais de três letras.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: