Questões de Engenharia Aeronáutica do ano 2012

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Acerca dos fenômenos meteorológicos e da climatologia do espaço aéreo, julgue os itens que se seguem.

O fenômeno de halo ocorre exclusivamente em nuvens altostratus, que consistem em nuvens tênues formadas por ventos fortes, em níveis altos, que podem ser multicoloridas, devido à refração da luz nos cristais de gelo, e que, devido à transparência, nunca impedem a passagem de luz.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Acerca dos fenômenos meteorológicos e da climatologia do espaço aéreo, julgue os itens que se seguem.

O chuvisco leve não reduz a visibilidade abaixo de 1.000 m, enquanto o chuvisco forte implica visibilidade de até 500 m.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

O baroaltímetro, um altímetro de pressão, é essencial para a segurança de voo em rota ou por instrumentos, visto que indica a altimetria sob uma referência padronizada.

Em virtude de a atmosfera ser dinâmica e heterogênea, apresentando variações de massa (pressão) e de densidade (calor), os altímetros fornecem indicações irreais, que devem ser ajustadas pela janela Kollsmann do equipamento.

Considerando as informações acima e os múltiplos aspectos por elas suscitados, julgue os itens seguintes.

A altitude de pressão (AP) é a distância vertical que separa a aeronave do nível do mar padrão, sendo obtida sob o ajuste QNE, cuja pressão ao nível do mar é padronizada em 1.018,2 hPa.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 56 a 58.

Nenhuma pessoa devidamente habilitada pode começar um voo visual VFR, em operação regida pelo RBHA 91, em avião a menos que, considerados o vento e as condições meteorológicas conhecidas, haja combustível suficiente para voar até o local previsto para primeiro pouso e, durante o dia, voar por pelo menos mais 30 min ou, durante a noite, voar por pelo menos mais 45 min. No caso do voo de helicóptero, além das mesmas condições estabelecidas para voo em avião, exige-se quantidade de combustível suficiente para voar mais 30 min, de dia ou de noite.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 56 a 58.

Considere que um piloto, ao efetuar o cálculo do centro de gravidade (CG) de sua aeronave, tenha concluído que, se fossem mantidas as atuais condições, o limite do passeio do CG seria extrapolado da seguinte forma: peso da aeronave vazia = 3.000 kg momento 114.000, peso passageiros (pax) assento dianteiro 150 kg momento 6.000, pax assento traseiro 200 kg momento 14.000, peso combustível 250 kg momento 12.000, peso bagageiro 300 kg momento 24.000. Considerando-se que o limite de passeio do CG da aeronave oscila entre 38 e 43,3, e que, nessas condições, o CG é igual a 43,58, é correto afirmar que o piloto, após constatar que o CG estava fora do previsto, deveria solicitar aos passageiros do assento dianteiro que se mudassem para o assento traseiro e aos passageiros do assento traseiro que se mudassem para o dianteiro.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 56 a 58.

Os gráficos de consumo de um helicóptero apresentam um valor de 1000 lb/h para um voo nivelado a 1000 ft agl com velocidade média de 150 km/h e um valor de consumo para 7000 ft de 500 lb/h para uma velocidade de 100 km/h. Utilizando-se dessa aeronave, o piloto, que decolou com 2500 lbs nos tanques, planejou navegar na altura de 7000 ft em uma rota de 300 km certo de que é capaz de fazer a rota e ainda pousar com 1000 lb nos tanques. Após uma hora de voo, o piloto foi obrigado, por condições meteorológicas leves (nebulosidade sem chuva), a reduzir sua altitude para 1000 ft agl. Logo após reduzir a altitude de 7000 ft para 1000 ft, ele concluiu que não seria possível chegar ao destino, dado que não haveria combustível suficiente para o atendimento das normas da aviação civil brasileira, tendo, então, decido alternar para outro aeródromo próximo. Considerando-se essa situação hipotética, é correto afirmar que o piloto agiu de acordo com o disposto no RBHA 91 sobre navegação VFR em helicóptero.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Ainda com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 59 a 65.

Para detentores de certificado engajados em operações domésticas e de bandeira, por solicitação própria e para rotas específicas constantes da especificação operativa do detentor de certificado, podem-se emitir despachos baseados em redespacho durante o voo, com suprimentos de combustível inferior ao suprimento requerido para aviões com motores à reação, desde que, no despacho inicial, sejam indicados: um ponto ao longo da rota sobre o qual deverá ser feito o redespacho; um aeródromo intermediário onde o avião deverá pousar em caso de necessidade e um aeródromo de alternativa para o aeródromo intermediário; e substituição da reserva de 10% de combustível a mais para cumprir a rota entre o aeródromo de partida e o de destino por uma igual a 10% do tempo de voo entre o ponto de redespacho e o aeródromo de destino indicado.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Ainda com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 59 a 65.

O piloto que, ao decidir sobre o perfil de voo a ser utilizado, opte por voar em condições visuais (VFR), deverá cumprir as seguintes condições: manter referência com o solo ou água, de modo que as formações meteorológicas abaixo do nível de voo não obstruam mais da metade da área de visão do piloto; voar abaixo do nível de voo 150 (FL 150) e voar com velocidade de no máximo 380 kt no espaço aéreo classe “B” ou 380 kt IAS acima do FL100 para todas as outras classes de espaço aéreo e 250 kt abaixo do FL 100 para todas as outras classes de espaço aéreo.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Ainda com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 59 a 65.

Considere que um helicóptero H-XX, cuja velocidade ideal de subida é igual a 80 kt, tenha decolado do Aeroporto Santos Dumont, localizado no Rio de Janeiro, no perfil SID ANKUB 1B pela pista 02L, cuja carta de subida determina um gradiente mínimo de subida 5,3% até 2000 ft e 3,3% após os 2.000 ft. Considerando-se esses dados, é correto afirmar que o piloto da aeronave seguiu o procedimento de subida adequado ao aplicar uma razão de subida de 300 ft/min por todo o perfil de subida (0 ft até 5.000 ft), de modo a evitar o sobrevoo da Ponte Rio-Niterói a baixa altura.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Engenharia Aeronáutica - Geral - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE) - 2012 - ANAC - Especialista em Regulação de Aviação Civil (Área 2)

Ainda com base em conhecimentos técnicos de planejamento de voo para operação de aviões e helicópteros, julgue os itens de 59 a 65.

aso de falha de funcionamento de algum instrumento, equipamento ou sistema de uma aeronave, compete ao piloto em comando determinar se é seguro iniciar o voo ou continuá-lo a partir de qualquer parada intermediária, após consultar a Master Minimum Equipament List (MMEL), emitida pelo fabricante da aeronave. Caso não exista essa lista, o piloto deverá, então, solicitar à ANAC a emissão de uma lista de equipamentos mínimos (MEL) para a operação da aeronave.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: