Questões de Economia da FUNDATEC

Em relação às diferentes estruturas de mercado possíveis em uma economia, analise as assertivas abaixo, assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) No oligopólio, a característica central é a interdependência competitiva, ou seja, as decisões de cada empresa afetam de maneira significativa o lucro das concorrentes.

( ) Na concorrência monopolista, há um número relativamente elevado de firmas com um considerável poder concorrencial, porém os segmentos de mercado e produtos são diferenciados garantindo um pequeno poder sobre o preço dos produtos.

( ) No monopólio, a existência de uma única firma dominante, significa que o monopolista sempre pode aumentar os preços indiscriminadamente.

( ) Na concorrência perfeita, uma empresa não consegue afetar o preço de equilíbrio, sendo caracterizada como uma “tomadora de preços” (ou price-taker).

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A. V – F – F – V.
  • B. V – V – F – V.
  • C. F – F – V – F.
  • D. F – V – F – F.
  • E. V – V – V – V.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

As teorias de crescimento econômico ocupam um papel de destaque em economia, pois reconhece-se que, para o padrão de vida da população aumentar, é necessário que haja crescimento econômico. Dentro desse tema, analise as seguintes afirmações sobre o modelo de crescimento de Solow, assinalando V, para as verdadeiras, ou F, para as falsas.

( ) O crescimento econômico resulta da acumulação de capital, do crescimento da força de trabalho e das alterações tecnológicas.

( ) No estado estável, a taxa de crescimento da economia é igual à taxa de crescimento da força de trabalho.

( ) Uma taxa maior de crescimento da população provoca a diminuição da taxa de crescimento estável da produção.

( ) Uma nação com maior taxa de poupança tem maior taxa de crescimento da produção no curto prazo.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A. V – V – V – V.
  • B. V – V – F – V.
  • C. V – F – F – V.
  • D. F – V – V – F.
  • E. F – F – V – F.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No estudo das Necessidades de Financiamento do Setor Público (NFSP), constata-se que ultimamente tem preponderado, em qualquer esfera de governo do Brasil, a situação em que as receitas não financeiras arrecadadas não são suficientes para a cobertura das despesas não financeiras, tornando-se necessário elevar o nível de endividamento. Essa situação é a que se conceitua como sendo um Déficit:
  • A. Financeiro.
  • B. Nominal.
  • C. Operacional.
  • D. Orçamentário.
  • E. Primário.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A discussão sobre se uma economia apresenta propriedades keynesianas ou clássicas é de grande importância na teoria econômica, especialmente para se determinar o produto e o nível de preços. Sobre esse tema, analise as assertivas abaixo e assinale V, para as verdadeiras, ou F, para as falsas.

( ) Expansão da demanda agregada aumenta a produção e o nível de preços, tanto para a explicação clássica quanto para a keynesiana.

( ) Para a concepção keynesiana, o salário nominal é rígido no curto prazo, o que não permite manter, também no curto prazo, o pleno emprego.

( ) Políticas fiscais expansionistas levam ao aumento da demanda agregada, mas, na explicação clássica, resultam em aumento de preços, sem efeito na produção.

( ) Um choque de oferta, resultante, por exemplo, de um surto de inovações, conduz a novo equilíbrio com maior produção e menor nível de preços, ocorrendo a mesma variação de preços, tanto para a explicação keynesiana quanto para a clássica.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • A. V – V – V – F.
  • B. V – F – V – V.
  • C. V – F – F – V.
  • D. F – V – V – F.
  • E. F – F – V – F.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Externalidades e bens públicos ocupam importante campo de estudo em economia, pois a presença deles pode ser causa de desvios de mercado, exigindo a atuação de políticas públicas. Em relação a esse tema, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A. Os bens públicos caracterizam-se por serem não rivais e não exclusivos, por oferecerem benefícios às pessoas a um custo marginal zero e por não ser possível excluir alguém da possibilidade de desfrutá-los.
  • B. Uma das razões pelas quais não há oferta privada de bens públicos deve-se ao fato de o produtor não poder obrigar o beneficiário do bem público a pagar pelo preço, pois este pode usufrui-lo como passageiro gratuito (free rider).
  • C. Externalidades negativas permitem que o custo médio de produção privado seja inferior ao custo médio de produção social, favorecendo a permanência, no setor, de empresas mais eficientes.
  • D. Tanto as externalidades negativas quanto as externalidades positivas podem ser causas de ineficiência.
  • E. O acesso livre a recursos de propriedade comum tende a gerar resultado ineficiente, pois eles podem ser utilizados em excesso.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em um sistema tributário, as noções de equidade e de justiça social estão intimamente ligadas, dado que levam em conta as características dos contribuintes. Analise as seguintes afirmações sobre esse tema:

I. O tributo que estabelece o mesmo ônus fiscal para contribuintes com a mesma capacidade de pagamento está respeitando a equidade vertical.

II. A equidade horizontal é observada quando indivíduos que obtêm a mesma renda pagam o mesmo montante de tributo.

III. Respeita-se a equidade vertical ao se estabelecer proporção maior de tributos sobre a renda à medida que a renda se eleva.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas II.
  • C. Apenas III.
  • D. Apenas I e III.
  • E. Apenas II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Para compreender o processo de determinação do agregado monetário M1, deve-se compreender como a base monetária e o multiplicador monetário são determinados. Analise as seguintes afirmações sobre esse tema:

I. O aumento da razão entre o volume de reservas/volume de depósitos à vista aumenta o multiplicador monetário e o volume do agregado M1.

II. Mudança de comportamento do público, que leva a aumentar a razão entre moeda em circulação/depósitos, resulta em menor agregado monetário M1, em decorrência da redução do multiplicador monetário.

III. Empréstimos concedidos pelo Banco Central a bancos comerciais, como nas operações de redesconto, resultam em aumento da base monetária, mas não aumentam o agregado monetário M1.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I.
  • B. Apenas II.
  • C. Apenas I e II.
  • D. Apenas II e III.
  • E. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Analise os seguintes gráficos:

Sobre Finanças Públicas e considerando as informações acima apresentadas, analise as seguintes assertivas:

I. A partir da grave crise de 1929, o keynesianismo dominou como teoria econômica e política de governo, propagando a concepção do Estado do Bem-Estar Social e indutor do crescimento, disseminando-se não apenas no Brasil, mas em vários países da Ásia, Europa e América do Norte.

II. Tais países enfrentam hoje elevado endividamento público, sendo de aproximadamente 78,28% do PIB no Brasil, 89% no Reino Unido, 108,25% nos Estados Unidos, 183,44% na Grécia e de 250,35% no Japão.

III. O endividamento público tem origem nos déficits de governo, em virtude de uma dinâmica de crescimento dos gastos. Ao serem financiados por meio de títulos públicos, retiram do mercado o capital que financiaria empresas (que promovem a atividade produtiva e a inovação). Dessa forma, o custo do capital se torna dispendioso (reforçado por práticas de capitalismo de compadrio – ou Crony Capitalism – decorrente do agigantamento estatal), incapacitando-as na produtividade e competitividade, bem como endividando-as. O Estado, por sua vez, acaba se tornando deficiente em serviços públicos devido ao carreamento crescente de recursos do orçamento público para o pagamento de juros e amortização de seu endividamento. O resultado final, então, é desemprego, concentração de renda e desigualdade social para a população.

IV. “No longo prazo estaremos todos mortos” é uma frase atribuída a Keynes como resposta quando confrontado sobre sua teoria. A resposta demonstra não apenas a despreocupação com as gerações futuras, como também não é uma assertiva financeiramente correta, uma vez que a Grécia, e o próprio Rio Grande do Sul, apresentam indicadores sociais e de finanças públicas equilibrados.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I, II e III.
  • B. Apenas I, II e IV.
  • C. Apenas I, III e IV.
  • D. Apenas II, III e IV.
  • E. I, II, III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Os 25 Princípios Básicos do Comitê de Basiléia referem-se:

I. A precondições para uma supervisão bancária eficaz.

II. A autorizações e estrutura.

III. A regulamentos e requisitos prudenciais.

IV. Ao cumprimento das diretrizes e de protocolos pré-estabelecidos.

V. A poderes formais dos supervisores e atividades bancárias internacionais.

VI. À gestão permanente de riscos e transferências bancárias.

VII. A métodos de supervisão bancária contínua e requisitos de informação.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I, II e VI.
  • B. Apenas III, IV e VII.
  • C. Apenas III, IV, V e VI.
  • D. Apenas IV, V, VI e VII.
  • E. Apenas I, II, III, V e VII.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

São atividades permitidas a uma Agência de Fomento:

I. A participação societária em sociedades empresárias não integrantes do sistema financeiro.

II. Swap para proteção de posições próprias.

III. A captação de recursos junto ao público, pessoas físicas e jurídicas, inclusive de recursos externos.

IV. Operações específicas de câmbio.

V. Prestação de serviços de consultoria e de agente financeiro.

VI. Acesso à conta de Reservas Bancárias do Banco Central do Brasil.

Quais estão corretas?

  • A. Apenas I, III e VI.
  • B. Apenas IV, V e VI.
  • C. Apenas I, II, IV e V.
  • D. Apenas II, III, IV e V.
  • E. Apenas III, IV, V e VI.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: