Conhecimentos Gerais e Atualidades para Concursos

Atualidades e Conhecimentos Gerais - Ciência, Tecnologia e Inovação - FUNDEP (Gestão de Concursos) - 2020 - Prefeitura de Barão de Cocais - MG - Provas: Fiscal de Meio Ambiente Técnico em Enfermagem Técnico em Contabilidade Fiscal de Rendas e Tributos Fiscal de Posturas Tesoureiro Fiscal Sanitário Fiscal de Obras e Serviços

Enquanto 12,6 milhões de pessoas procuram emprego no país, 160 mil postos de trabalho na área de tecnologia da informação não possuem profissionais para ocupá-los em 2019 [...]. O estudo mostra que 75% das empresas têm dificuldade para recrutar profissionais de TI. [...] ”Temos tecnologias novas todos os dias. São poucos os candidatos que conseguem acompanhar esse movimento. [...] Mas a faculdade forma 30 pessoas por ano, e a gente tem uma única empresa com cem vagas por mês”, diz (a consultora sênior da empresa Michael Page).

O TEMPO. Sobram vagas para desenvolvedores de software.

3 nov. 2019, p. 10.


De acordo com o texto, há dificuldades por parte de empresas em contratar profissionais de Tecnologia da Informação (TI) porque

    A) as empresas exigem formação de nível superior em TI, e as faculdades, apegadas ao tradicionalismo pedagógico, não conseguem ampliar vagas para formação desses profissionais.
    B) o surgimento de tecnologias novas todos os dias é o fator que leva à rejeição das pessoas de ingressarem na área de TI, pois isso tende a demandar delas estudo constante.
    C) os profissionais de TI, por serem muito especializados, permanecem por longos períodos em seus postos de trabalho, causando estagnação na área.
    D) um número sensível de vagas ofertadas na área de TI não encontra, entre pessoas que buscam emprego, profissionais habilitados para ocupá-las.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

“O Ministério Público Federal (MPF) e a mineradora Vale fecharam um Termo de Ajuste Preliminar Extrajudicial (TAP-E) que assegura direitos a indígenas atingidos na tragédia de Brumadinho (MG). O TAP-E Pataxó, como foi apelidado o acordo, estabelece que os indígenas das etnias Pataxó e Pataxó Hã Hã Hãe deverão receber um pagamento mensal emergencial em moldes similares ao compromisso assumido pela Vale com moradores de Córrego do Feijão e do Parque da Cachoeira, comunidades que foram afetadas pelo rompimento da barragem Ida Mina Feijão, em Brumadinho.”


Disponível em: <https://www.hojeemdia.com.br/

horizontes/%C3%ADndios-atingidos-em-brumadinho-fecham

acordo-com-a-vale-1.705715>. Acesso em: 2 nov. 2019.


O TAP-E Pataxó reconhece os indígenas das etnias Pataxó e Pataxó Hã Hã Hãe como vítimas indiretas do rompimento da barragem I da Mina Feijão, em Brumadinho, uma vez que eles

    A) tiveram suas aldeias e roças destruídas pela lama, que também intoxicou dezenas de animais e crianças.
    B) dependiam do Rio Paraopeba, que foi atingido pelos rejeitos oriundos do rompimento da barragem da Vale.
    C) trabalhavam com mineração de ouro nas terras onde se localizava a barragem I da Mina Feijão, em Brumadinho.
    D) viviam na periferia de Brumadinho, cidade que foi devastada pela onda de rejeitos causada pelo rompimento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

O Papa Francisco fez, na manhã do dia 13 de outubro de 2019, a canonização de Irmã Dulce, a Santa Dulce dos Pobres. 50 mil pessoas acompanharam a cerimônia na Praça São Pedro, no Vaticano. A presença de brasileiros foi bastante visível, com bandeiras do país e pessoas com roupas das cores verde e amarela.


Disponível em: <https://www.gazetadopovo.com.br/republica/

irma-dulce-santa-dulce-dos-pobres-papa/>.

Acesso em: 14 out. 2019 (Adaptação).


A canonização de Irmã Dulce foi vista pelos membros da igreja católica do Brasil como um marco na história do cristianismo no país, uma vez que


    A) garante a candidatura de um brasileiro nas próximas eleições papais.
    B) assegura um prêmio em dinheiro aos cofres da igreja católica no Brasil.
    C) faz da religiosa baiana a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa.
    D) eleva o Brasil à categoria de membro permanente na cúpula da igreja em Roma.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O MPF (Ministério Público Federal) entrou com uma ação contra a União por omissão no desastre das manchas de óleo no Nordeste. A Procuradoria pede que, em 24 horas, seja colocado em ação o Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição por Óleo em Água. Segundo o MPF, trata-se do maior desastre ambiental da história no litoral brasileiro em termos de extensão. Para a Procuradoria, a União está sendo omissa por protelar medidas protetivas e não atuar de forma articulada na região atingida pelos vazamentos.
Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ ambiente/2019/10/procuradoria-entra-com-acao-para-que governo-acione-plano-de-incidentes-com-oleo.shtml>. Acesso em: 21 de out. 2019 (Adaptação).

A situação descrita na notícia tem provocado muito debate acerca das responsabilidades no processo de preservação ambiental.
Nesse contexto, são ações que, obrigatórias ou não, colaboram com a proteção dos ecossistemas, exceto:
    A) Corte de investimentos públicos em iniciativas comprometidas com a conscientização ambiental.
    B) Limpeza manual das praias, efetuada por turistas, habitantes e trabalhadores das áreas afetadas.
    C) Fortalecimento da legislação ambiental, visando à responsabilização efetiva de agentes degradantes.
    D) Aumento da fiscalização dos órgãos responsáveis, a fim de apurar falhas administrativas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Analise a afirmativa a seguir.

“Para você ter queimada natural, você precisa da existência de raios.”


Disponível em: <https://g1.globo.com/natureza/

noticia/2019/08/19/queimadas-aumentam-82percent-em

relacao-ao-mesmo-periodo-de-2018.ghtml>.

Acesso em: 26 out. 2019.


A declaração do pesquisador do Programa Queimadas do Inpe, Alberto Setzer, corrobora com a tese de que parte das queimadas que atingiram o Brasil em meados de 2019


    A) tiveram início na fronteira do estado do Amazonas com a Venezuela, resultado das ações criminosas de pessoas ligadas ao presidente Nicolás Maduro.
    B) são fenômenos naturais que acontecem especialmente na região Norte do Brasil, que anualmente apresenta os menores índices pluviométricos do país.
    C) foram provocadas por ações humanas, já que, nesse período, as regiões mais afetadas por essas queimadas encontravam-se em um prolongado período de seca.
    D) ocorreram devido à cultura dos povos indígenas da Amazônia de queimar áreas para “limpar” o terreno para o cultivo, prática que se configura criminosa, segundo a lei de Crimes Ambientais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Os especialistas explicam que a expansão das principais facções criminosas do país, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV), rumo ao Norte e Nordeste, resultou em uma guerra entre elas dentro dos presídios. “O ano de 2017 começou com matanças nos presídios no Amazonas, Rio Grande do Norte e Roraima. O sistema ficou muito conflagrado, porque se imaginava depois dessas três ondas um efeito dominó”, explica Paes Manso, coautor do livro A guerra: a ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil. A guerra nos presídios teve reflexos nas ruas, acirrando os conflitos e elevando os índices de criminalidade daquele ano. Mas, com o tempo, a tensão entre os grupos rivais começou a diminuir a partir de armistícios e pactos de não agressão.
Disponível em: <https://brasil.elpais.com/brasil/2019/07/20/ politica/1563625750_156154.html>. Acesso em: 26 out. 2019.
De acordo com o texto, a tendência de queda da violência no Brasil, que começou no início de 2018, pode ser explicada
    A) pela própria dinâmica do mercado do crime.
    B) pelas ações oficiais tomadas pelo Governo Federal.
    C) pela extinção das principais facções criminosas do país.
    D) pelo aumento da tensão entre os grupos criminosos rivais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A partir dos anos de 2015 e 2016, as agências Standard & Poor's, Fitch e Moody's passaram a ser citadas inúmeras vezes pela mídia brasileira, geralmente acompanhada de preocupações do governo federal e da sociedade como um todo.

Em 2018, as agências continuam atuando no Brasil e mantendo as preocupações devido

  • A. à retirada do Brasil da lista dos países que são bons pagadores de dívidas e atrativos para investidores.
  • B. aos frequentes surtos de doenças transmissíveis decorrentes do déficit no saneamento básico nas áreas urbanas.
  • C. à dependência da economia brasileira das exportações de commodities com baixo valor agregado.
  • D. ao aumento das áreas de desmatamento na Amazônia, promovido pela ausência de políticas ambientais eficazes.
  • E. ao crescimento dos níveis de poluição atmosférica em desrespeito aos compromissos climáticos assinados pelo governo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Durante a Crise da Dívida Soberana dos países da Zona do Euro, alguns economistas empregaram o acrônimo pejorativo PIGS (do inglês "porcos") para se referirem a certos países. A respeito desse contexto, assinale a afirmativa incorreta.
  • A. Refere-se a países que, entre outras características, apresentavam elevados déficits fiscais e níveis de endividamento (relativos às suas economias).
  • B. Há controvérsias entre economistas sobre qual país de fato representa o "I" do acrônimo (Irlanda, Itália ou Islândia).
  • C. Vários desses países tiveram que contar com auxílio financeiro do Banco Central Europeu e do Fundo Monetário Internacional para pagar ou refinanciar suas dívidas soberanas.
  • D. Tais países apresentaram elevadas taxas de desemprego durante tal crise.
  • E. Apesar de menores níveis de endividamento, as altas taxas de juros de Eslováquia e Eslovênia fizeram com que alguns economistas as considerassem como potenciais substitutos da Espanha (no "S" do acrônimo).
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A respeito da história política de Goiás, assinale a alternativa que analisa corretamente os fatos ocorridos durante o período do Império e da República no estado.
  • A. A queda de Getúlio Vargas, em 1945, representou o fim do projeto populista de modernização do Brasil; com isso, também em Goiás, a queda de Pedro Ludovico Teixeira encerrou esse período. A retomada do poder pelas antigas oligarquias locais retomou os velhos projetos de desenvolvimento da agropecuária, agora renovados pelas ideias de modernização.
  • B. Durante a República Velha (1889-1930), as práticas do controle das eleições por meio de fraudes, favores pessoais, violência física e vigilância sobre o voto, que era aberto, foi uma constante atividade político conservadores no poder, cuja oposição encontrava força entre os coronéis, grandes proprietários de terras que ostentavam o antigo título da Guarda Nacional e se cercavam de jagunços para proteger os respectivos domínios.
  • C. A Revolução de 1930, liderada por Vargas, rompeu com o poder das oligarquias paulistas e mineiras que dominavam a política na República Velha. Nessa perspectiva renovadora, Pedro Ludovico Teixeira foi nomeado interventor de Goiás com a incumbência de afastar as oligarquias locais do poder. O projeto modernizador dele culminou na mudança da capital e na implementação de um projeto de industrialização que resultou na formação de uma nova elite política e de uma forte classe trabalhadora em Goiás.
  • D. Diante das incertezas políticas que culminaram no processo de independência do Brasil em 1822, a capitania de Goiás viveu uma tentativa de deposição do governo em 1821 e a sua efetiva derrubada em abril de 1822. Esse movimento concorreu com o movimento separatista do Norte (Tocantins), entre 1821 e 1823, cujo desfecho se concluiu com a política centralizadora da Constituição de 1824 e a manutenção da unidade do território goiano.
  • E. Durante a Ditadura Militar (1964-1985), o estado de Goiás teve governadores eleitos indiretamente pela Assembleia Legislativa e acompanhou o projeto nacional de realização de grandes obras (como o estádio Serra Dourada e o Autódromo Internacional), o que resultou em uma grande atração de trabalhadores da construção civil e concorreu para manter o estado afastado da crise econômica que incorreu em queda de salários.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O conceito de patrimônio cultural expressa a criatividade coletiva de um povo, presente no conhecimento, na arte, na religiosidade e em outros aspectos da vida, legados ao longo de gerações. A esse respeito, assinale a alternativa correta quanto a um dos aspectos do patrimônio histórico, cultural, turístico ou religioso de Goiás.
  • A. Em dezembro de 2001, a Unesco concedeu à cidade de Goiás o título de Patrimônio Histórico da Humanidade, reconhecendo que a respectiva memória, cultura e arquitetura constituem características únicas representativas do passado colonial, bem como são testemunha das experiências coletivas e individuais partilhadas por uma mesma cultura.
  • B. Um folclore religioso, com uma clara influência portuguesa, é a congada, presente em diversas cidades de Goiás, como, por exemplo, em Catalão. Por meio de danças e batuques, na congada, celebra-se a Paixão de Cristo e organiza-se uma hierarquia de participantes, em que se destacam o rei, a rainha, os generais, os capitães etc.
  • C. A Festa de Trindade representa uma devoção religiosa que remonta ao período da construção de Goiânia. A novena que ali se realiza, e culmina no primeiro domingo de julho, nasceu da devoção cristã em torno de milagres atribuídos a uma imagem contida em uma antiga capela abandonada.
  • D. Evocando os torneios medievais que encenaram batalhas entre cristãos e mouros, as cavalhadas são folguedos representados durante o período natalino, e uma das mais famosas é a da cidade de Pirenópolis. Ao final dessa representação, cristãos e mouros se unem, representando a tolerância entre as religiões.
  • E. Muitos edifícios e monumentos públicos (22 ao todo), localizados no centro da cidade de Goiânia, e o núcleo pioneiro de Campinas formam o conjunto tombado pelo Iphan em 2003, caracterizado principalmente pelo estilo arquitetônico neoclássico, símbolo da renovação moderna da cultura ocidental na primeira metade do século 20.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

além disso greve dos caminhoneiros redação do enem crise política febre amarela brasil é rio de janeiro dilma rousseff oriente médio crise econômica operação lava jato redes sociais partido político deste ano ex presidente direitos humanos donald trump reforma trabalhista brasil e no mundo coreia do norte