Uma paciente de 19 anos de idade, há um ano, apresentou ...

Uma paciente de 19 anos de idade, há um ano, apresentou nódulo tireoidiano em lobo esquerdo, palpável e sólido. Pelo acompanhamento clínico, constatou-se que o nódulo cresceu 2 cm desde a última consulta médica.

Com base no quadro clínico hipotético descrito acima, julgue os itens subseqüentes.

Caso exista indicação cirúrgica, na dissecação do nervo laríngeo recorrente deverá ser observado o posicionamento ligeiramente superior do nervo em relação ao contralateral.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

A população brasileira tem a possibilidade de participar na formulação e no controle da execução de políticas públicas, principalmente na área social, por meio de conselhos e outras instâncias participativas. A seguir, são relacionadas algumas características dessas instâncias:

1. o formato institucional dos conselhos em áreas como saúde, assistência social, direitos da criança e do adolescente é definido por legislação local segundo parâmetros da legislação federal.

2. de um modo geral, os conselhos adotam a paridade como princípio, ainda que com composição variável.

3. de acordo com o IBGE, existem conselhos de saúde e de assistência social constituídos em quase todos os municípios brasileiros, mas nas regiões Norte e Nordeste a proporção de conselhos municipais, em relação ao total de municípios, é menor que nas demais regiões, principalmente no que se refere a conselhos da criança e do adolescente.

4. os orçamentos participativos são as únicas instâncias de participação que não decorrem de dispositivo constitucional. Em consequência, a sua adoção é sempre iniciativa dos prefeitos eleitos.

Os enunciados acima:

Resolva a questão aqui ›


Julgue os itens seguintes, quanto à influência do clima nos ecossistemas brasileiros.

Em termos de pluviosidade, a Amazônia, embora considerada bastante úmida, apresenta os mais expressivos totais pluviométricos mas uma distribuição heterogênea, tanto espacial quanto temporal.

Resolva a questão aqui ›


Ora, (...) ‘se uma norma constitucional infringir uma outra norma da Constituição, positivadora de direito supralegal, tal norma será, em qualquer caso, contrária ao direito natural’, o que, em última análise, implica dizer que ela é inválida, não por violar a ‘norma da Constituição positivadora de direito supralegal’, mas, sim, por não ter o constituinte originário se submetido a esse direito suprapositivo que lhe impõe limites. Essa violação não importa questão de inconstitucionalidade, mas questão de ilegitimidade da Constituição no tocante a esse dispositivo, e para resolvêla não tem o Supremo Tribunal Federal − ainda quando se admita a existência desse direito suprapositivo − compe tência.

O trecho acima transcrito, retirado do voto do Ministro Moreira Alves na Ação Direta de Inconstitucionalidade no 815 (DJ de 10/05/1996), expressa manifestação do STF quanto à teoria

Resolva a questão aqui ›