O princípio da cortesia refere-se às estratégias e às...

O princípio da cortesia refere-se às estratégias e às normas de conduta – verbais e não verbais - estabelecidas pela sociedade para reduzir e/ou evitar conflitos, garantindo um comportamento social adequado. Sobre essas estratégias, analise as afirmativas a seguir.

I. As expressões convencionais de cortesia (“por favor”, “obrigado”, “com licença”, “desculpe”) devem marcar o comportamento social.

II. O discurso, utilizando a competência comunicativa do interlocutor, deve estar adaptado às circunstâncias.

III. A comunicação, interrompendo-se o interlocutor sempre que necessário, deve ser marcada por longos períodos de silêncio.

Está correto o que se afirma em:

  • A. I, apenas.
  • B. II, apenas.
  • C. III, apenas.
  • D. I e II, apenas.
  • E. II e III, apenas.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Em relação aos periféricos de um computador:

Resolva a questão aqui ›


O enfoque da gestão ambiental, no Brasil, tem sofrido transformações ao longo das últimas décadas, com o surgimento de novos instrumentos e o envolvimento de múltiplos agentes na busca de soluções mais eficazes para os impactos ambientais negativos gerados pelo processo de desenvolvimento, com vistas a alcançar os objetivos previstos na Política Nacional de Meio Ambiente (PNAMA). Nesse aspecto, vêm sendo aperfeiçoados constantemente os instrumentos de gestão ambiental, tais como o zoneamento ambiental, o processo de licenciamento ambiental antecedido de estudos ambientais e o estudo prévio de impacto de vizinhança.

Considerando o texto acima, julgue os seguintes itens com respeito à Lei de Política Nacional de Meio Ambiente e à Política de Meio Ambiente do Estado do Espírito Santo.

No ZEE, para se dividir o território em zonas, devem ser consideradas as necessidades de proteção, conservação e recuperação dos recursos naturais e do desenvolvimento sustentável.

Resolva a questão aqui ›


Referentemente às idéias e às estruturas lingüísticas do texto acima, julgue os itens a seguir.

Em “não no que depende de outrem, mas no que depende de si mesmo” (l.20-21), o sujeito, nas duas orações, reporta-se a “um príncipe prudente”, sujeito explícito da oração anterior.

Resolva a questão aqui ›