Sentido próprio e sentido figurado das palavras – Denotativo e Conotativo

Agora vamos compreender a diferença de sentido próprio e sentido figurado das palavras.

As palavras podem ser empregadas em sentido literal ou figurativo. Por esse motivo, elas são divididas em dois grupos: denotativo e conotativo.

Sentido Próprio 

Sentido próprio é o sentido literal, ou seja, o sentido comum que costumamos dar a uma palavra.

Sentido Figurado

Sentido figurado é o sentido “simbólico”, “figurado”, que podemos dar a uma palavra.

Sentido Denotativo

Denotação é o sentido literal da palavra.

Exemplo de sentido denotativo

Por exemplo, “A onça é uma fera.”

O vocábulo “fera” significa “animal bravio e carnívoro”. Esse é o seu sentido literal. Mas, por associação, visto que as feras têm muita astúcia, agilidade, agressividade, esse vocábulo ganha uma dimensão além do literal.

Por associação à ideia de agilidade, podemos dizer: Ele é uma fera no computador.
Podemos, também, associá-lo à braveza: O meu chefe está uma fera comigo.

Sentido Conotativo

O vocábulo que ganha uma dimensão além do literal. É o que chamamos de conotação. Este sentido normalmente aparece nos dicionários com abreviatura “fig”.

Exemplo de sentido conotativo

Ela é uma joia de menina.
Que joia esse cachorrinho!
Minha irmã se tornou uma joia muito especial.

Assim, podemos perceber que algumas vezes o sentido denotativo de uma palavra é estendido a um sentido conotativo.

Esse foi um Resumo sobre Sentido próprio e Sentido figurado das palavras na língua portuguesa.

O que achou deste conteúdo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (26 votes, average: 4,81 out of 5)
Loading...


3 Comentários

  1. Carlos disse:

    Qual a diferença entre o Sentido próprio e o Denotativo?

  2. Rosinete disse:

    Ótimas as aulas.

  3. Rosinete disse:

    Me ajuda muito as dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *