Questões de Jornalismo

Notas, notícias, reportagens, editoriais, artigos, críticas e crônicas representam a variedade discursiva presente nas páginas de jornais e revistas.

Com 48 novos óbitos, taxa de letalidade se mantém em 2,2% no MS.

O boletim epidemiológico desta sexta-feira, dia 23, trouxe 1.006 casos novos, totalizando 241.673 casos confirmados desde o início da pandemia. Média móvel de 951 casos diários. Dos casos ativos, 10.412 estão hoje em isolamento domiciliar, e outros 1.113 precisaram de internação.
Também foram notificados mais 48 novos óbitos. 5.422 no total. Média móvel de 46,3 óbitos ao dia. E a taxa de letalidade se mantém em 2,2%.
A secretária adjunta de saúde do estado destacou na live desta sexta-feira, o envolvimento de todos para que o Mato Grosso do Sul possa alcançar os mais altos índices de imunização do país.

Fonte: FERNANDES, K. Portal do Governo do Estado do MS, 23/04/2021. Disponível em:
<http://www.ms.gov.br/com-48-novos-obitos-taxa-deletalidade-se-mantem-em-22-no-ms/>.Acesso em: 23 abr. 2021 (adaptado)
Em relação à notícia apresentada, quais características textuais podem ser identificadas?
    A) Objetividade e linguagem argumentativa, uma vez que o autor tem a intenção de promover uma reflexão sobre a Covid-19.

    B) Subjetividade e recursos estilísticos, como a ironia e o humor, pois a notícia caracteriza-se pela impressão pessoal do autor e pela leveza de linguagem na abordagem de temas cotidianos.

    C) Denotação e vocabulário coloquial, uma vez que a notícia se caracteriza pelo rebuscamento linguístico, ao mesmo tempo em que se molda aos interesses do leitor.

    D) Estrutura factual e presença de lide, já que o autor narra acontecimentos do cotidiano, a partir do princípio de relevância das informações relatadas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No telejornalismo o essencial é combinar imagem e texto da melhor maneira. No processo de preparação de uma matéria para televisão, é recomendado:
    A) Utilizar uma linguagem subliminar, capaz de persuadir o espectador por meio da combinação criativa de imagens e texto.

    B) Só incluir uma informação relevante para a matéria se houver imagens para cobri-la.

    C) Aproveitar melhor as imagens captadas disponíveis, associando a elas um texto bem escrito.

    D) Redigir primeiro o texto, que é o elemento mais relevante, e, depois, verificar a disponibilidade de imagens correspondentes.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Uma das principais habilidades de um fotojornalista é saber enquadrar uma cena com técnica e criatividade. Imagine a seguinte situação hipotética: você é um fotojornalista e está prestes a sair para uma cobertura. O evento é a concessão de um prêmio a uma grande pesquisadora da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (MS), concedido por uma organização internacional. Seu editor solicita que você crie imagens que ilustrem a grandiosidade da cientista, que destaquem sua estatura e importância para a ciência brasileira. A partir dessas indicações para a pauta, qual o ângulo você escolheria para enquadrar a pesquisadora, se tivesse oportunidade:
    A) De conjunto.

    B) Picado.

    C) Médio.

    D) Contrapicado.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O parágrafo 5º do artigo 220 da Constituição afirma que os meios de comunicação não podem, direta ou indiretamente, ser objeto de monopólio ou oligopólio.

O inciso I do artigo 221 diz que a preferência na radiodifusão deve ser dada às finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas.
O inciso II do mesmo artigo prega o estímulo à produção independente.
Alguém, em sã consciência, poderia afirmar que esses preceitos - para ficarmos apenas neles - estão sendo seguidos pelos detentores das concessões de rádio e televisão no Brasil? 

Fonte: DAMOUS, W. O coronelismo eletrônico e a liberdade de expressão no Brasil. Carta Maior, 24/07/2014. Disponível em:
https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/PrincipiosFundamentais/O-coronelismo-eletronico-e-a-liberdadede-expressao-no-Brasil/40/31449 - Acesso em 24 de abr. de 2021. 
Tendo em vista o questionamento feito na matéria, o que diz a Constituição Federal e o conteúdo da Lei nº 4.117, de agosto de 1962, que trata do Código Brasileiro de Telecomunicações e se aplica às emissoras de rádio e tv comerciais, é INCORRETO afirmar que:
    A) O Coronelismo Eletrônico, se refere a inconstitucionalidade da existência de parlamentares brasileiros que são diretores, proprietários ou controladores de empresas que exploram serviços de radiodifusão.

    B) Pelo menos 70% (setenta por cento) do capital das empresas que exploram os serviços de rádio e teledifusão, deve pertencer a brasileiros natos ou naturalizados há mais de dez anos.

    C) Os serviços de informação, divertimento, propaganda e publicidade das empresas de radiodifusão estão subordinados às finalidades educativas e culturais inerentes à radiodifusão, visando aos superiores interesses do País.

    D) Qualquer pessoa, mesmo que esteja gozando de imunidade parlamentar ou foro especial, poderá exercer a função de diretor ou gerente de concessionária, permissionária ou autorizada de serviço de radiodifusão. Esse é um direito garantido pela Constituição Federal do Brasil.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A liberdade de expressão é uma conquista relativamente recente, ela surge com as revoluções liberais do século XVIII. A mais famosa é a Revolução Francesa, com seus ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade. No Brasil, a Constituição de 1988 garante a livre manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação. No limite dessa liberdade potencializada pelas redes, surgiram os fenômenos da pós-verdade, da desinformação (mais conhecida como fake news) e do firehosing. Essas temáticas atuais não podem ser desconsideradas pelos profissionais da comunicação social, pois são características da linguagem dos meios de comunicação. Sobre essas questões é INCORRETO afirmar que:
    A) A desinformação é criada - muitas vezes usando as técnicas da propaganda, do jornalismo e os recursos e tecnologias das novas mídias - por grupos ou pessoas que buscam promover conflitos sem fundamento em fatos concretos.

    B) As famosas fake news são chamadas pela UNESCO de desinformação. Muitos jornalistas não gostam do termo fake news, pois uma notícia produzida dentro dos princípios éticos da profissão não pode ser falsa. Preferem chamar de notícias intencionalmente fraudulentas.

    C) A pós-verdade é o resultado da fuga da realidade por pessoas que não querem encarar os fatos. Essa tendência das pessoas ignorarem evidências que as deixam desconfortáveis é uma novidade do nosso século, pois no passado isso era inaceitável, moral e eticamente.

    D) O firehosing é um fenômeno que compreende a produção massiva de fake news com o intuito de minar a credibilidade de quaisquer outros discursos contrários, inclusive da própria imprensa.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Jornalismo - Assessoria de Comunicação - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP) - 2020 - UEPA - Técnico de Nível Superior - Comunicação Social

Em uma festa estudantil no Campus Universitário da UFPA, à margem do rio Guamá, um jovem estudante, no final da festa, foi tomar banho no rio e morreu afogado. A forma mais adequada de gerenciar a comunicação, gerada por este fato, neste momento de crise será
    A) organizar todas as informações sobre o evento e passá-las para o reitor da universidade, para que ele possa responder às questões solicitadas pela mídia durante as entrevistas sobre o acontecimento e para que possa assumir as responsabilidades da organização junto aos atores envolvidos, como policiais e familiares do estudante.
    B) sistematizar as informações e conversar com os atores sociais envolvidos, colegas e pais do estudante, para que o caso não vaze para a mídia, provocando desconforto tanto para a família quanto para a universidade.
    C) providenciar as questões legais, como boletim de ocorrência, e dirigir as ações para que a comunicação sobre o evento seja assumida pela polícia local.
    D) evitar que o assunto chegue à administração superior, podendo, para tanto, gerenciar a crise junto aos colegas e parentes do estudante,bem como com ações legais junto às autoridades policiais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Jornalismo - Teorias da Comunicação - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP) - 2020 - UEPA - Técnico de Nível Superior - Comunicação Social

Entre as correntes teóricas da comunicação, uma abordagem importante para a compreensão das pesquisas na área é a hipótese do agenda setting, que
    A) entende a comunicação como processo vertical de transmissão de mensagens para um público alienado definido pelo conceito de massa.
    B) admite a existência de especialistas da comunicação que pautam o que é importante para a sociedade, motivo que leva o público à massificação e alienação.
    C) considera que os efeitos da mídia sobre o público são de longo prazo, não como formadores de opinião, mas causadores de efeitos diretos sobre a estrutura cognitiva das pessoas. É a maneira de cada indivíduo conhecer o mundo, modificado pelos meios de comunicação massa.
    D) define a comunicação como um processo em que a mensagem é transmitida por um canal para um receptor, que, como público, irá formar, com base nas mensagens, a sua visão de mundo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Jornalismo - Teorias da Comunicação - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP) - 2020 - UEPA - Técnico de Nível Superior - Comunicação Social

As correntes teóricas de comunicação no início do século XX, entre as décadas de 20 e de 60, conhecidas como Mass Communication Research,foram influenciadas fortemente pela teoria matemática com a teoria da informação, pela sociologia e pela psicologia, com atenção especial para o paradigma dos efeitos, que analisava a influência da mídia sobre o público.
Entre essas teorias,
destaca-se aquela que evidencia que a comunicação é um processo de fluxos em dois níveis: o primeiro vai dos meios de comunicação aos líderes de opinião, stakeholders, e o segundo nível vai dos líderes de opinião ao público.
Esta teoria ficou conhecida como
    A) Teoria da Indústria cultural.
    B) Teoria dos Usos e gratificações.
    C) Teoria Two-step flow of communication.
    D) Teoria Hipodérmica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Jornalismo - Gêneros Jornalísticos - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP) - 2020 - UEPA - Técnico de Nível Superior - Comunicação Social

Com o surgimento das novas tecnologias de informação e, consequentemente, das redes sociais, o jornalismo também acompanhou estas mudanças, inclusive com a divulgação de notícias em tempo real nas plataformas digitais, pautando as rádios, os jornais impressos e a televisão. Do ponto de vista prático, o jornalismo online, produzido para internet, é conhecido como
    A) Webjornalismo.
    B) Jornalismo especializado.
    C) Jornalismo ao vivo.
    D) Jornalismo em tempo real.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Jornalismo - Ética Jornalística - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (FADESP) - 2020 - UEPA - Técnico de Nível Superior - Comunicação Social

A sociedade da informação transformou a comunicação social em um produto de grande valor não apenas como a narrativa de fatos do cotidiano, mas principalmente pela possibilidade de influenciar pessoas através de conteúdos nas plataformas digitais, como Twitter, Facebook, WhatsApp. Mas ao mesmo tempo vive-se um paradoxo, ou seja, dispõem-se de mais informações, mas acelera-se um processo de desinformação com a disseminação de fake news. A produção de fake news
    A) é a notícia falsa, como o termo aponta, produzida sem a devida apuração dos fatos, com a intenção principal de confundir a opinião pública.
    B) são informações pagas com conotação estritamente política, produzidas por grupos anárquicos organizados para atacar candidatos somente em períodos eleitorais.
    C) são comunicações falsas produzidas nos períodos eleitorais para favorecer determinados candidatos, que se transformam em informações verdadeiras, ao serem viralizadas nas redes sociais.
    D) são notícias verdadeiras produzidas com intuito de formar a opinião pública sobre assuntos polêmicos, como política, economia, hábitos de consumo e vida de celebridades.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: