Questões Gerais de História

Pesquise mais Questões Gerais de História abaixo,

Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: CESPE, Concurso: INSS, Cargo: Analista do Seguro Social

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

Conforme as ideias liberais, o Estado vincula-se às iniciativas voltadas para a garantia do patrimônio público, mantendo-se alheio à atividade econômica.

Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Acari - RN, Cargo: Professor de História

Nos cordéis, na música, na poesia, no cinema e na literatura, por meio de muitas linguagens artísticas, o Cangaceirismo foi representado como uma experiência que contribuiu para a construção de uma imagem e uma identidade nordestina. Sobre esse movimento social é INCORRETO dizer que:

  • A. Lampião, Maria Bonita e o seu bando podem ser considerados ícones na cristalização de uma imagem para o nordeste estereotipada no nosso imaginário nacional.
  • B. Os cangaceiros foram grandes protagonistas da história e assumiram uma identidade de movimento social muito fixa e homogênea, sempre tendo como inimigos, os coronéis.
  • C. A astúcia dos cangaceiros no enfrentamento das relações de poder no auge do coronelismo nordestino foi uma experiência marcante na história dos movimentos sociais brasileiros.
  • D. Os novos paradigmas da história contribuíram para repensar todos os movimentos sociais considerados espontaneístas e pouco valorizados pela historiografia marxista mais radical. Esse novo olhar com relação aos movimentos sociais, pós-crise do marxismo economicista, trouxe para a cena movimentos como o Messianismo e o Cangaceirismo com muita positividade em termos de atuação política.
  • E. Os cangaceiros assumiram uma trajetória de luta multifacetada e difícil de decifrar, uma vez que os coronéis, em alguns momentos apareciam como seus inimigos, em outras cenas históricas, eles se tornavam aliados dos coronéis.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: CESPE, Concurso: INSS, Cargo: Analista do Seguro Social

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

A lenta democratização da sociedade burguesa teve, na experiência de 1848, a contribuição decisiva para converter o operariado em sujeito revolucionário e para que segmentos capitalistas reconhecessem a importância de medidas estatais voltadas para mínimas garantias aos trabalhadores e para as reformas sociais.

Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: CESPE, Concurso: INSS, Cargo: Analista do Seguro Social

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

A vitória do movimento socialista na Rússia em 1917, ao mesmo tempo que representou maior poder coletivo aos trabalhadores, constituiu ameaça à burguesia do Ocidente, refletindo-se diferentemente em cada país. Na Itália, por exemplo, instalou-se o fascismo, regime que imobilizou as organizações dos trabalhadores e militarizou a vida social, favorecendo a dominação dos monopólios.

Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

O debate historiográfico tem sido intenso, com abordagens diversas sobre antigos temas e inclusão de novos objetos que constituem as múltiplas facetas da produção humana e que se sustentam em uma pluralidade de fundamentos teóricos e metodológicos. Assinale a alternativa CORRETA acerca do Ensino da História:

  • A. A história social e cultural tem se imposto de maneira a rearticular a história econômica e a política, possibilitando o surgimento de vozes de grupos e de classes sociais antessilenciados. Mulheres, crianças, grupos étnicos diversos têm sido objeto de estudos que redimensionam a compreensão do cotidiano em suas esferas privadas e políticas, a ação e o papel dos indivíduos, rearticulando a subjetividade ao fato de serem produto de determinado tempo histórico no qual as conjunturas e as estruturas estão presentes.
  • B. A investigação histórica passou a considerar somente a importância da utilização de fontes documentais oficiais.
  • C. A aproximação entre a Antropologia e a História tem sido importante, dando origem a abordagens históricas que consideram a cultura apenas em suas manifestações artísticas, e, não nos ritos e festas, como era abordada outrora.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

O uso de documentos em sala de aula é bastante valioso. O documento permite aproximar o aluno de vários conteúdos, seja ilustrando um contexto e colorindo-o com os afetos envolvidos na sua produção, seja humanizando os eventos distantes, seja convidando o aluno a procurar os vestígios escondidos nele para enxergar como era determinada época. Assinale a alternativa CORRETA acerca da utilização de Documentos:

  • A. Segundo o historiador Adalberto Marson, é importante, para a compreensão do documento, que se faça uma análise dele como sujeito de uma ação e também como objeto.
  • B. Literatura como documento interdisciplinar são aos mais comumente utilizados em sala de aula.
  • C. A imprensa escrita como fonte e objeto de estudo histórico foi abordado por vários historiadores. Neste contexto o jornalista aborda a História tal como ela realmente se apresenta.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

Outro tema comumente abordado no Brasil refere-se a censura, em especial no período entre 1964 - 1985. Na história escolar, os documentos têm servido como material de aprendizagem em livros, provas e vestibulares. Em especial em temas de história contemporânea. Assinale a alternativa que condiz aos textos jornalísticos:

  • A. O importante no uso de textos jornalísticos é considerar a notícia como um discurso que é neutro e imparcial.
  • B. O Jornal pode ser entendido como fonte histórica muito importante, por retratar a veracidade dos fatos históricos.
  • C. O importante no uso de textos jornalísticos é considerar a notícia como um discurso que jamais é neutro ou imparcial. Isso é necessário para que se possa realizar uma crítica referente aos limites do texto e aos interesses de poder implícitos nele.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

Na história os termos sucessivos se substituem uns aos outros ao longo do tempo, tornando a historicidade uma sucessão de fatos, estudados através da sincronia, o entendimento das estruturas. Assinale a alterntiva CORRETA acerca da temporalidade histórica:

  • A. A temporalidade, como produção humana, é uma ferramenta da história, mais visível como referência expressa em calendários e cronologias, demarcando os anos e séculos, situando acontecimentos, ajudando a organizar as narrativas históricas para facilitar o entendimento da passagem do homem pelo tempo. Desse modo, atemporalidade, na História, pode ser entendida como percepção da passagem do tempo, demonstra uma dimensão que reconfigura os fatos.
  • B. A sucessão de fatos como medida, originou, na historiografia, a temporalidade linear, a crença que a narrativa histórica precisa ter um início e um final, a qual se tornaria predominante no Ocidente, em oposição ao tempo cíclico mais comumente adotado no Oriente. Atualmente a temporalidade linear é a mais utilizada pelos historiadores.
  • C. Dentro da concepção cíclica, há um início para a história.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

A História, enquanto disciplina escolar, ao se integrar à área de Ciências Humanas e suas Tecnologias, apresenta como proposta, a seguinte alternativa:

  • A. A difusão da racionalidade da ciência histórica, acarretou o desaparecimento de formas de representação do mundo e do homem submetidas a dogmas e misticismos variados, extinguindo as crenças religiosas diversas, contraditórias e paradoxais diante da presença cotidiana das tecnologias.
  • B. Ampliar estudos sobre as problemáticas contemporâneas, situando-as nas diversas temporalidades, servindo como arcabouço para a reflexão sobre possibilidades e/ou necessidades de mudanças e/ou continuidades.
  • C. Atualmente tem se dado mais destaque ao estudo dos novos temas de inspiração marxista, que privilegiam as análises das infra-estruturas econômicas e das lutas de classe.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é:
Questões de História Geral
Ano: 2016, Banca: , Concurso: Prefeitura de Ituiutaba - MG, Cargo: Professor de História

O tempo histórico pode ser compreendido em toda sua complexidade, ultrapassando sua apreensão a partir das vivências pessoais, psicológicas ou fisiológicas. No nível médio de ensino, é preciso igualmente que o tempo histórico seja entendido como objeto da cultura, como criação de povos em diversos momentos e espaços. Assinale a alternativa CORRETA:

  • A. As sociedades agrárias organizaram a vida cotidiana pelo tempo cronológico, fixado pelos momentos da plantação e da colheita e pelas estações que se repetem anualmente, e vincularam o tempo cotidiano, com seus ritmos de mudanças, ao astronômico, criando calendários, referenciando as marcas dos acontecimentos diários e daqueles considerados significativos para a memória coletiva.
  • B. O tempo construído pelas diversas culturas é muitas vezes expresso nos mitos, destacando-se os que se referem às origens do universo e do homem, e nas religiões, que ultrapassam os tempos passados e presente e determinam o tempo de possíveis vidas futuras, constituindo o tempo salvacionista ou escatológico.
  • C. Pode-se, então, compreender o tempo cíclico como instrumento de marcação e datação e entender como a cultura ocidental cristã criou seu próprio calendário.
  • D. Nenhuma das alternativas.
Sua resposta é: