Questões sobre Enfermagem Clínica

Um paciente proveniente do PS foi admitido na UTI. Apresenta história de espancamento, sagramento cerebral protuso e rebaixamento do nível de consciência (Glasgow 3). Está entubado, com acesso venoso periférico em membro superior esquerdo, em uso de SNG e vesical de demora. Com base nessa essa situação hipotética, assinale a alternativa que apresenta o procedimento que não pode ser realizado nesse paciente.
  • A. Cateterismo vesical, em virtude do sangramento.
  • B. Sondagem nasogástrica, em razão de a possível lesão de base de crânio.
  • C. Glasgow, pois teve rebaixamento de consciência.
  • D. Acesso venoso periférico, pois apresenta muitas complicações relacionadas ao sangramento.
  • E. Entubação, pois o mais indicado é a traqueostomia por causa a gravidade do caso e do sangramento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O uso da adrenalina na UTI é muito comum e tem interação medicamentosa com várias drogas. A provável consequência da combinação da adrenalina com insulina é o(a)
  • A. aumento da resposta vasopressora.
  • B. potencialização da adrenalina.
  • C. ocorrência de arritmia.
  • D. diminuição do efeito da adrenalina.
  • E. aumento da necessidade de insulina em diabéticos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Enfermagem - Enfermagem Clínica - Fundação CESGRANRIO (CESGRANRIO) - 2014 - BB - Auxiliar de Enfermagem do Trabalho

A ausência de circulação do sangue, provocada por uma parada cardiorrespiratória, interrompe a oxigenação dos tecidos, causando a morte das células mais sensíveis. Os órgãos mais sensíveis à falta de oxigênio são:
  • A. cérebro e pulmão
  • B. cérebro e rim
  • C. cérebro e coração
  • D. pulmão e coração
  • E. coração e rim
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Um paciente, portador de diabetes mellitus, está em atendimento ambulatorial e apresenta uma ferida no membro inferior esquerdo. Ao realizar o curativo, o enfermeiro constata que o paciente não apresenta melhoras. Para avaliar esse caso hipotético, o enfermeiro deve
  • A. usar escala de Braden Q.
  • B. usar escala de Braden.
  • C. verificar a presença de tecido de necrose seca.
  • D. verificar a ausência de tecido de necrose de liquefação.
  • E. verificar a presença de tecido de granulação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na intervenção percutânea coronária, qual é o fator de risco para nefropatia em razão do uso do contraste?
  • A. Idade juvenil.
  • B. Disfunção ventricular esquerda.
  • C. Hipoalbunemia e eletroneuromiografia.
  • D. Pouco volume de contraste administrado.
  • E. Hipertensão arterial.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que durante o cateterismo cardíaco, pode ocorrer hipotensão por meios mecânicos, é correto afirmar que mais frequente é a(o)
  • A. reação vagal.
  • B. infarto do miocárdio.
  • C. tamponamento cardíaco.
  • D. reação anafiloide ao contraste.
  • E. venodilatação pelo contraste.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A cinecoronariografia, ou angiografia coronária, é um procedimento invasivo que pode resultar em complicações graves. Assinale a alternativa que apresenta uma dessas complições.
  • A. Infarto mesentérico.
  • B. Cirrose hepática.
  • C. Íleo paralítico.
  • D. Hemangioma renal.
  • E. Acidente vascular encefálico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Paciente do sexo feminino, 47 anos de idadem, com diagnóstico médico de insuficiência renal crônica, está hospitalizada há três dias, em razão de anasarca, náuseas e confusão mental. Sabe-se que, durante a terapia de substituição renal, utilizam-se anticoagulantes no circuito extracorpóreo.

Considerando esse caso hipotético, qual deve ser a prescrição de enfermagem a ser adotada?

  • A. Monitorar sangramentos em acessos e mucosas somente durante a terapia dialítica.
  • B. Monitorar e registrar presença de hematomas.
  • C. Realizar coleta de exames laboratoriais específicos (TAP, TTPA e PTH).
  • D. Monitorar queda na pressão arterial somente após a terapia.
  • E. Monitorar coloração da pele, pois isso está correlacionado com a anasarca.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A diálise peritoneal ambulatorial contínua (DPAC) é um método dialítico que remove solutos acumulados (ureia, creatinina, potássio, fosfato e água). O transporte desses solutos se dá através do(a)
  • A. rim.
  • B. glomérulo.
  • C. cálice renal.
  • D. peritônio.
  • E. membrana celulósica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Quando o rim entra em falência, podem ocorrer distúrbios e intercorrências de menores a maiores repercussões. O enfermeiro assistencial deverá reconhecer e orientar a equipe de enfermagem em relação aos sinais e sintomas oriundos da insuficiência renal, que é(são)
  • A. arritmias e depleção de volume.
  • B. alteração na creatinina.
  • C. diátese hemorrágica e alteração TGO e TGP.
  • D. anemia hemolítica.
  • E. asterixis.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: