A ação penal pública pode ser incondicionada ou condicion...

A ação penal pública pode ser incondicionada ou condicionada à representação. Em relação à ação penal pública condicionada à representação, há a exigência da manifestação do ofendido ou de quem tenha qualidade para representá-lo. Acerca da ação penal pública condicionada à representação, assinale a opção correta.
    A) A representação é uma condição de procedibilidade da ação penal, e sua ausência impede o Ministério Público de oferecer a denúncia.
    B) Opera-se a decadência da ação penal condicionada à representação se o direito de representar não for exercido no prazo de seis meses, a contar da data do fato criminoso.
    C) O ofendido pode, a qualquer tempo, exercer o direito de se retratar da representação, sendo a extinção da punibilidade sem resolução de mérito o efeito da retratação.
    D) A ação penal pública condicionada à representação é essencialmente de interesse privado e regida pelos princípios da conveniência e oportunidade.
    E) A irretratabilidade da representação inicia-se com a instauração do inquérito policial.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Comentários na questão

Monalisa

A) A representação é uma condição de procedibilidade da ação penal, e sua ausência impede o Ministério Público de oferecer a denúncia. CORRETA



B) Opera-se a decadência da ação penal condicionada à representação se o direito de representar não for exercido no prazo de seis meses, a contar da data do fato criminoso.  ERRADO (a contar da data após o oferecimento da denúncia) 



C) O ofendido pode, a qualquer tempo, exercer o direito de se retratar da representação, sendo a extinção da punibilidade sem resolução de mérito o efeito da retratação. ERRADO (após o oferecimento da denúncia, a titularidade é do MP, o ofendido ñ decidde mais sobre os rumos do proccesso)



D) A ação penal pública condicionada à representação é essencialmente de interesse privado e regida pelos princípios da conveniência e oportunidade. ERRADO (característica da acao penal privada)



E) A irretratabilidade da representação inicia-se com a instauração do inquérito policial. ERRADO (Pode ser antes do oferecimento da denúncia).


 

Luis Claudio de Carvalho Araujo

DECRETO-LEI Nº 3.689, DE 3 DE OUTUBRO DE 1941.


Art. 5o Nos crimes de ação pública o inquérito policial será iniciado:

I - de ofício;

II - mediante requisição da autoridade judiciária ou do Ministério Público, ou a requerimento do ofendido ou de quem tiver qualidade para representá-lo.

Art. 24. Nos crimes de ação pública, esta será promovida por denúncia do Ministério Público, mas dependerá, quando a lei o exigir, de requisição do Ministro da Justiça, ou de representação do ofendido ou de quem tiver qualidade para representá-lo.

§ 1o No caso de morte do ofendido ou quando declarado ausente por decisão judicial, o direito de representação passará ao cônjuge, ascendente, descendente ou irmão. (Parágrafo único renumerado pela Lei nº 8.699, de 27.8.1993)

Art. 25. A representação será irretratável, depois de oferecida a denúncia.

Art. 29. Será admitida ação privada nos crimes de ação pública, se esta não for intentada no prazo legal, cabendo ao Ministério Público aditar a queixa, repudiá-la e oferecer denúncia substitutiva, intervir em todos os termos do processo, fornecer elementos de prova, interpor recurso e, a todo tempo, no caso de negligência do querelante, retomar a ação como parte principal.

Art. 38. Salvo disposição em contrário, o ofendido, ou seu representante legal, decairá no direito de queixa ou de representação, se não o exercer dentro do prazo de seis meses, contado do dia em que vier a saber quem é o autor do crime, ou, no caso do art. 29, do dia em que se esgotar o prazo para o oferecimento da denúncia.

Art. 49. A renúncia ao exercício do direito de queixa, em relação a um dos autores do crime, a todos se estenderá.

MAR rocha

Art. 38.  Salvo disposição em contrário, o ofendido, ou seu representante legal, decairá no direito de queixa ou de representação, se não o exercer dentro do prazo de seis meses, contado do dia em que vier a saber quem é o autor do crime, ou, no caso do art. 29 (ação penal privada subsidiária da pública), do dia em que se esgotar o prazo para o oferecimento da denúncia.


Art. 25.  A representação será irretratável, depois de oferecida a denúncia. oferenceu a denúncia é irretratável, lembre-se não confunda oferecimento com recebimento. 


A ação penal pública condicionada à representação é essencialmente de interesse público e é redigida por princípios da ação penal pública. 


 

Bruno Andrade

A- Cera


B- a contar da data do conhecimento do autor do fato


C-não é a qualquer tempo, precisa ser antes do oferecimento da denúncia. E nos casos da lei maria da penha deve ser até o recebimento da denúncia


D- a letra b responde

Luis Paulo

Ação penal privada = Queixa


Ação Penal Publica = Denuncia

Questões extras

O registro e o controle dos documentos devem ser realizados por meio de:

Resolva a questão aqui ›


A partir dessas informações e com base na situação hipotética descrita e nos princípios que norteiam a administração financeira, julgue os itens seguintes.

Nas decisões a respeito dos investimentos da empresa, o administrador financeiro deve considerar o risco, fator que pode comprometer significativamente os resultados esperados. Nesse sentido, e com o objetivo de maximizar os valores aplicados, o administrador financeiro deve optar pelos investimentos que apresentam os menores riscos entre as opções disponíveis.

Resolva a questão aqui ›