CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança) é...

CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança) é responsável pela maioria das atribuições relativas ao estabelecimento de normas, análise de risco, acompanhamento, emissão de certificados de qualidade em biossegurança (CQB) para o desenvolvimento de atividades em laboratório nessa área, definição do nível de biossegurança e classificação dos OGM (organismos geneticamente modificados). Também caberá à comissão emitir parecer técnico prévio conclusivo sobre a biossegurança desses organismos e seus derivados nas atividades de pesquisa e uso comercial. As características físicas estruturais e de contenção de um laboratório determinam o tipo de microrganismo que pode ser manipulado em suas dependências. Com isso, marque alternativa correta que condiz com a classe de risco 2, para classificação do organismo segundo seu potencial patogênico.
  • A. Baixo risco individual e baixo risco para a comunidade - organismo que não causa doença ao homem ou animal. Ex: microrganismos usados na produção de cerveja, vinho, pão e queijo. (Lactobacillus casei, Penicillium camembertii, S. cerevisiae, etc).
  • B. Elevado risco individual e elevado risco para a comunidade - patógeno que representa grande ameaça para o ser humano e para os animais, representando grande risco a quem o manipula e tendo grande poder de transmissibilidade de um indivíduo a outro. Normalmente não existem medidas preventivas e de tratamento para esses agentes. Exemplos: Vírus de febres hemorrágicas, Febre de Lassa, Machupo, Ébola, arenavírus e certos arbovírus.
  • C. Risco individual moderado e risco limitado para a comunidade - patógeno que causa doença ao homem ou aos animais, mas que não consiste em sério risco, a quem o manipula em condições de contenção, à comunidade, aos seres vivos e ao meio ambiente. As exposições laboratoriais podem causar infecção, mas a existência de medidas eficazes de tratamento e prevenção limita o risco. Exemplo: bactérias - Clostridium tetani, Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus; vírus - EBV, herpes; fungos - Candida albicans; parasitas - Plasmodium, Schistosoma.
  • D. Elevado risco individual e risco limitado para a comunidade - patógeno que geralmente causa doenças graves ao homem ou aos animais e pode representar um sério risco a quem o manipula. Pode representar um risco se disseminado na comunidade, mas usualmente existem medidas de tratamento e de prevenção. Exemplos: bactérias - Bacillus anthracis, Brucella, Chlamydia psittaci, Mycobacterium tuberculosis; vírus - hepatites B e C, HTLV 1 e 2, HIV, febre amarela, dengue; fungos - Blastomyces dermatiolis, Histoplasma; parasitas - Echinococcus, Leishmania, Toxoplasma gondii, Trypanosoma cruzi.
  • E. Sem risco nenhum individual e para a sociedade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Considerando os exames bioquímicos de sangue atualmente empregados, julgue os itens a seguir.

Na reação do colesterol livre e esterificado com o reagente de Liebermann-Burchard, há a formação de um complexo incolor que pode ser medido fotometricamente.

Resolva a questão aqui ›


Julgue os seguintes itens, relativos a liquidação de sentença, execução, partes, competência, responsabilidade patrimonial, título executivo judicial e extrajudicial.

A sentença arbitral, por ser proferida por um particular, é classificada como título executivo extrajudicial.

Resolva a questão aqui ›


Com base no pressuposto objeto do texto acima, julgue os seguintes itens, relacionados a organização e administração de bibliotecas: princípios e funções, estrutura organizacional, as grandes áreas funcionais da biblioteca e marketing em centros de documentação e serviços de bibliotecas.

O administrador de biblioteca que quer motivar o maior uso da informação, com a aplicação das técnicas de marketing, não deve verificar as opiniões sobre a biblioteca em si, mas sim procurar descobrir os efeitos dos serviços e produtos nos usuários.

Resolva a questão aqui ›