Próclise – Colocação pronominal na ponta da língua

A colocação pronominal se dá de três formas distintas: próclise, ênclise e mesóclise. Porém cada uma das formas de colocação pronominal é regida por regras distintas, ou seja ocorre em casos diferentes.

Veremos cada um a seguir, iniciando nesse post, pela próclise.

 

Próclise

É dado este nome a colocação pronominal dos pronomes oblíquos antes do verbo. Isso acontece sempre que:

  • houver uma palavra negativa  antes do verbo da oração (conjunções adversativas/opositivas). Ex Não lhe enviarei o formulário, mas quero lhe agradecer por me ajudar.
  • Se houver na oração pronomes indefinidos ou advérbios sem pausa. EX: Aqui lhe envio minhas desculpas.
  • Orações iniciadas por pronomes e advérbios interrogativos. Ex Quem lhe enviou a carta? Não consigo entender quem me perseguiria dessa forma.
  • Orações iniciadas por palavras exclamativas e nas que exprimem desejo.  Ex: Deus te ilumine! Te admiro pela pessoa que és.
  • Conjunções subordinativas. EX: Quis pedir sua ajuda embora te odiasse.
  • Com gerúndio precedido de preposição em. EX: Em se tratando de impostos, a arrecadação é muito alta neste país.
  • Palavra SÓ (sentido de apenas, somente). Ex: Só me senti assim pois não estavas comigo naquela hora tão difícil.
  • Orações introduzidas por pronomes relativos. EX: Quem me conhece, sabe bem do que sou capaz.

 

Veja nos próximos posts as regras de colocação pronominal dos casos de ênclise e mesóclise.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *