Princípio da inalterabilidade contratual lesiva

O princípio da inalterabilidade contratual lesiva também está expresso no artigo 468 da CLT.

O que é Princípio da inalterabilidade

Nos contratos individuais de trabalho só é permitido a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento. Portanto, desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia.

O ônus da prova incumbe

primeiro:  ao autor, quanto ao fato constitutivo do seu direito.
Segundo: ao réu, quanto à existência de fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito do autor.

A prova das alegações incumbe à parte que as fizer.

Como atua o Princípio da inalterabilidade

O Princípio da inalterabilidade contratual lesiva tem origem no princípio geral do direito civil da inalterabilidade dos contratos. Entretanto este princípio não impede alterações contratuais trabalhistas, que são comuns na prática.

O que se restringe são as alterações lesivas onde o empregado é prejudicado. Sabido que o empregador, nesta condição, possui poder diretivo para gerenciar seu negócio –  é o chamado jus variandi do empregador.

Quanto a este aspecto é importante ressaltar que pequenas alterações efetuadas pelo empregador, que não frustrem direitos trabalhistas podem ser implementadas. Assim devendo-se analisar o caso concreto para verificar se houve ou não afronta ao princípio da inalterabilidade contratual lesiva.

Além disso, destacar-se que algumas cláusulas contratuais podem ser negociadas com intermediação da representação sindical obreira, através de negociação coletiva. Então, por meio de negociação coletiva, que certas cláusulas sejam flexibilizadas com vistas a evitar mal maior.

O que achou desse conteúdo?
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)

Loading...

 



Você também pode gostar

Princípio da indisponibilidade dos direitos trabalhistas O Princípio da indisponibilidade, também chamado de princípio da imperatividade, é uma limitação à autonomia das partes no direito do trabalho. No direito civil, as partes têm autonomia para negociar cláusulas contratuais. No direito do trabalho, ...
Princípio da Primazia da realidade É por meio do Princípio da Primazia da realidade, que se busca, no direito do trabalho, optar pela realidade em detrimento da forma. O que é Princípio da Primazia da realidade O Princípio da primazia da realidade é também conhecido de princípio do ...
Diferença entre relação de trabalho e relação de emprego Abordaremos a Diferença entre relação de trabalho e relação de emprego de forma simples e direta para não errar mais. Diferença entre relação de trabalho e relação de emprego Relação de trabalho Relação de trabalho é uma expressão ampla, que englo...
Princípio Protetor no Direito do Trabalho – Princípio in dubio pro operario Ao estudar Direito do Trabalho encontramos diversos princípios, como o Princípio Protetor. Agora, falaremos sobre os mais importantes princípios do direito individual do trabalho para fins de concurso. Princípio Protetor Nas relações empregatíci...
Princípio da intangibilidade salarial O Princípio da intangibilidade salarial confere ao salário diversas garantias jurídicas, visto que este possui natureza alimentar. O que é Princípio da intangibilidade salarial A intangibilidade salarial envolve não apenas a irredutibilidade nomina...

Deixe uma resposta