Questões sobre Lei 12.319/2010

Quanto à formação profissional do tradutor e intérprete de Libras, é correto afirmar que
  • A. pode ser realizada em nível médio, em cursos rápidos e oficinas de Libras.
  • B. os filhos de pais surdos já são interpretes de Libras e, por isso, não necessitam de uma qualificação específica.
  • C. pode ser realizada em cursos de formação continuada promovida por instituições de ensino superior e instituições credenciadas por Secretarias de Educação.
  • D. pode ser realizada por organizações da sociedade civil que representem a comunidade surda, mas todos os profissionais devem ter certificação internacional.
  • E. a União, ou instituições credenciadas, promoverá semestralmente o exame nacional de proficiência.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Em 2006, foi criado o Prolibras, que é o Exame Nacional de proficiência em tradução e interpretação de Libras-Língua Portuguesa, e teve a função de habilitar profissionais para atuar como tradutores e intérpretes de Libras. Já em 2010, o artigo 5o da Lei n o 12.319/2010 estabeleceu que “até o dia 22 de dezembro de 2015, a União, diretamente ou por intermédio de credenciadas, promoverá, anualmente, exame nacional de proficiência em Tradução e Interpretação de Libras-Língua Portuguesa”. É correto afirmar que o fim do Prolibras
  • A. representou um retrocesso para os TILS, pois permitiu que pessoas sem proficiência pudessem ser contratadas como tradutores intérpretes em escolas, como estabelece a Lei no 12.319/2010.
  • B. estabeleceu como único percurso formativo para um profissional tradutor intérprete de Libras o disposto no artigo 4º da Lei nº 12.319/2010.
  • C. estabeleceu, em conjunto com a Lei n o 12.319/2010, que a escolaridade mínima para o TILS seria nível superior.
  • D. desobrigou os TILS que não possuem o certificado de proficiência a “prestar seus serviços em depoimentos em juízo, em órgãos administrativos ou policiais”, conforme estabelece a Lei no 12.319/2010, no respectivo artigo 6o, V.
  • E. impediu a criação do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais que iriam cuidar da aplicação da regulamentação da profissão.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O artigo 6o da Lei no 12.319/2010 dispõe quanto às atribuições do tradutor e intérprete, no exercício das respectivas competências. Uma das atribuições previstas nessa lei é
  • A. interpretar, em Libras – língua portuguesa, somente as atividades didático-pedagógicas desenvolvidas nas instituições de ensino.
  • B. atuar no apoio à acessibilidade aos serviços e às atividades-fim das instituições de ensino e repartições públicas.
  • C. estimular e incentivar os surdos a lutarem pelos respectivos direitos.
  • D. realizar a comunicação apenas entre surdos e surdos, ou surdos e ouvintes, por meio da Libras para a língua oral e vice-versa.
  • E. prestar serviço gratuito em órgãos administrativos ou policiais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Lei n.º 12.319/2010, que regulamenta a profissão de tradutor e intérprete da LIBRAS, estabelece que, no exercício de sua profissão, os intérpretes devem agir com parcialidade para garantir a fidelidade dos conteúdos que lhe couber traduzir.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Lei n.º 12.319/2010, que regulamenta a profissão de tradutor e intérprete da LIBRAS, estabelece que, no exercício de sua profissão, os intérpretes devem priorizar o público surdo em detrimento do público ouvinte, traduzindo apenas da língua oral para a LIBRAS, e não da LIBRAS para a língua oral.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O art. 4.º da Lei n.º 12.319/2010, estabelece que a formação profissional do tradutor e intérprete de LIBRAS – Língua Portuguesa, em nível médio, deve ser realizada por meio de
  • A. cursos básicos de libras oferecidos por instituições credenciadas em todo o país.
  • B. cursos de extensão oferecidos pelos órgãos públicos de qualquer estado do país.
  • C. cursos de formação continuada promovidos exclusivamente por instituições de ensino superior.
  • D. cursos de formação inicial promovidos por instituições credenciadas por secretarias de educação.
  • E. organizações da sociedade civil representativas da comunidade surda, com o certificado convalidado.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

São profissionais que atuam, nas instituições de ensino superior, em pesquisas voltadas à língua de sinais ou à educação de surdos; ou na tradução e interpretação da LIBRAS:

I linguistas;

II docentes surdos;

III professores bilíngues;

IV tradutores e intérpretes de LIBRAS.

Desses profissionais, os que devem compor a banca examinadora de um Exame de Proficiência em Tradução e Interpretação de LIBRAS – Língua Portuguesa, conforme a Lei n.º 12.319/2010, são

  • A. I e IV apenas.
  • B. I, II e III apenas.
  • C. I, II e IV apenas.
  • D. I, III e IV apenas.
  • E. todos os citados.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Segundo a Lei n.º 12.319/2010, o intérprete deve exercer sua profissão com rigor técnico, zelando pelos valores éticos a ela inerentes, pelo respeito à pessoa humana e à cultura do surdo e, em especial, pelo(a)
  • A. conhecimento das especificidades do mundo ouvinte.
  • B. atuação livre na orientação de credo religioso e aconselhamento sexual.
  • C. honestidade e discrição, protegendo o direito de sigilo da informação recebida.
  • D. tradução resumida do conteúdo quando o tema não for de área de domínio do intérprete.
  • E. síntese do que está sendo traduzido quando a fala do enunciador for muito rápida.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
De acordo com a Lei n.º 12.319/2010, compete ao tradutor e intérprete de LIBRAS realizar a interpretação
  • A. consecutiva somente da LIBRAS.
  • B. consecutiva somente da língua inglesa.
  • C. simultânea somente da língua portuguesa.
  • D. consecutiva da língua portuguesa, da LIBRAS e da língua inglesa.
  • E. consecutiva e simultânea da língua portuguesa e da LIBRAS.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

De acordo com as disposições da Lei n.º 12.319/2010 e da Lei n.º 13.146/2015, a formação profissional de tradutores e intérpretes de língua de sinais (TILS), em nível médio, deve ser realizada por meio de

I cursos de educação profissional reconhecidos pelo sistema que os credenciou;

II comprovação de que o profissional é filho de surdos;

III cursos de extensão universitária;

IV cursos de formação continuada promovidos por instituições de ensino superior e instituições credenciadas por secretarias de educação;

V curso de nível superior, com habilitação, prioritariamente, em tradução e interpretação em LIBRAS.

Estão certos apenas os itens

  • A. I, II e V.
  • B. I, III e IV.
  • C. I, IV e V.
  • D. II, III e IV.
  • E. II, III e V.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: