Pesquise mais Questões de Atualidades e Conhecimentos Gerais Utilizando o Filtro abaixo,

FCC - Tribunal Regional Eleitoral / São Paulo (TRE SP) 2017 - Analista Judiciário - 2017
Questões de Atualidades e Conhecimentos Gerais / Cultura

Está correto o livre comentário que se encontra em:

  • A. O Masp, embora, desde sua concepção, levasse em conta ideias semelhantes às do texto de Francisco Bittencourt, até o ano de 2015 era ocupado de maneira tradicional.
  • B. Por mais que o Masp – tinha sido concebido como espaço aberto à compor um só ambiente com a cidade, foi incumbido convencionalmente.
  • C. mais que o Masp – tinha sido concebido como espaço aberto à compor um só ambiente com a cidade, foi incumbido convencionalmente.
  • D. Semelhante ao MAM do Rio de Janeiro, o Masp, projetado por Lina Bo Bardi, tiveram suas datas de fundação muito próximas, açambarcando obras de outros museus brasileiros.
  • E. Museus como o Masp, sem dúvida, tem um papel decisivo na formação do olhar de pessoas que, durante sua vida, passa a frequentá-lo e a conhecer sua coleção de obras de arte universais.

Tendo em vista que a história econômica goiana e a formação do atual estado de Goiás são marcadas pela interdependência entre a atividade mineradora, a pecuária extensiva e a agricultura de subsistência, assinale a opção correta.

  • A. O despovoamento do território goiano constituiu obstáculo para a realização das obras da rodovia Belém-Brasília, cuja concepção impulsionou o povoamento dos municípios desse território.
  • B. O investimento estatal em infraestrutura para a construção de Goiânia e Brasília impulsionou a economia da região Centro-Oeste, marcadamente o agronegócio, fato que se refletiu no baixo índice de urbanização, inferior à média nacional.
  • C. O ouro de aluvião se exauriu dos rios goianos ainda no século XVIII; o reaquecimento da atividade mineradora se deu no período imperial, com o uso de novas técnicas de mineração.
  • D. No século XIX, a economia de Goiás esteve integrada à nacional por meio dos rios da região Norte e das estradas que conectavam o estado ao Triângulo Mineiro, o que estimulou a produção de grandes excedentes de grãos.
  • E. A ocupação planejada e estratégica do território goiano foi uma das prioridades da política de integração nacional (Marcha para Oeste) promovida nas décadas de 30 e 40 do século XX pelo governo Vargas, durante o qual Goiânia foi construída.

Nas últimas décadas, Goiás sofreu mudanças significativas em seu processo de urbanização, muitas delas influenciadas pela modernização da produção agrícola do estado. Com referência a essas mudanças e aos seus impactos tanto na urbanização de Goiás quanto na modernização do agronegócio goiano, assinale a opção correta.

  • A. A modernização e a ocupação territorial de Goiás têm sido influenciadas por ações estatais fundamentadas em planejamentos estratégicos, o que permite a distribuição dos recursos por todo o estado, promovendo o desenvolvimento econômico equilibrado das diferentes regiões goianas.
  • B. A ação da iniciativa privada na promoção da modernização da produção agrícola aproximou a produção agropecuária da indústria e estimulou o investimento de empresas privadas em infraestrutura.
  • C. A pujança da produção agropecuária aqueceu o mercado de trabalho de atividades pouco especializadas no campo, gerando oportunidades de emprego direto a imigrantes de diferentes regiões.
  • D. A modernização agrícola concentrou a posse de terra e estimulou a imigração nos sentidos urbano-urbano e rural-urbano, tornando as cidades médias responsáveis por suprir as unidades produtivas com equipamentos tecnológicos e mão de obra especializada.
  • E. Criado e implementado durante o regime militar, o Programa de Desenvolvimento dos Cerrados (POLOCENTRO) privilegiou pequenos produtores ao permitir o emprego de novas técnicas e insumos, o que resultou na mudança de escala de produção das unidades tradicionais, orientadas ao abastecimento do mercado regional.

Tendo o texto anterior como referência inicial, assinale a opção correta acerca das transformações da população goiana nas últimas décadas e da divisão do estado no atual modelo do IBGE.

  • A. A microrregião sudoeste, que é uma das menos povoadas do estado, dedica-se à produção de grãos para o mercado regional e à pecuária extensiva. Os grandes incentivos governamentais aplicados nessa região tiveram resultados modestos.
  • B. As mesorregiões centro e leste acomodam mais de 60% da população do estado, distribuída pelo eixo urbano Goiânia/Anápolis/Brasília. Os municípios adjacentes a esse eixo apresentam taxas de crescimento superiores às dos municípios polos.
  • C. O último censo mostra o fortalecimento de duas tendências: o envelhecimento da população e a predominância das mulheres em todas as mesorregiões do estado.
  • D. A abertura de novas fronteiras agrícolas e a consequente demanda de mão de obra no campo alterou o crescimento das mesorregiões leste e centro, transferindo o crescimento populacional para as mesorregiões norte e noroeste do estado.
  • E. As altas taxas de natalidade explicam o crescimento populacional de Goiás, uma vez que o estado apresentou saldo migratório negativo no início do presente século.

Tendo em vista que, na década de 80 do século XX, grandes conglomerados industriais se estabeleceram em Goiás, consolidando um longo processo de industrialização, fruto de investimentos em infraestrutura, incentivos fiscais e abertura de linhas de crédito, assinale a opção correta acerca da industrialização desse estado.

  • A. O PRODUZIR tem investido especialmente nas mesorregiões norte e nordeste, buscando potencializar os benefícios trazidos pela construção da rodovia Belém-Brasília para essas regiões, o que revela a tendência de melhoria da distribuição da indústria no território goiano.
  • B. O LOGPRODUZIR foi o único subprograma do PRODUZIR a não apresentar resultados positivos. O isolamento do estado e a precária rede de transportes e comunicação apresentaram-se como os principais obstáculos para o referido subprograma.
  • C. A escolha da cidade de Anápolis para sediar o primeiro dos distritos industriais planejados pela Companhia de Distritos Industriais do Estado de Goiás, o Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), foi influenciada por sua conexão com as demais regiões do país por sólido sistema rodoferroviário.
  • D. Os estímulos dos governos estaduais voltaram-se para o desenvolvimento da agroindústria, por meio, por exemplo, do amplo investimento em rodovias municipais para escoamento da produção; por isso, atualmente, o parque industrial de Goiás é pouco diversificado.
  • E. A despeito dos bons resultados dos programas estaduais de estímulo à industrialização (FOMENTAR e PRODUZIR), os índices de industrialização do estado não apresentaram alterações significativas.

Aspectos físicos bem definidos quanto a vegetação, hidrografia, clima e relevo conferem certa singularidade ao território de Goiás, o mais central dos estados brasileiros. A incorporação dessa região à história do Brasil deu-se, essencialmente, a partir do século XVIII, quando a busca de riquezas minerais impulsionou a ação dos bandeirantes. Relativamente a esses aspectos geográficos e históricos de Goiás, assinale a opção correta.

  • A. A comunidade Kalunga, palavra que significa lugar sagrado, é remanescente dos primitivos habitantes do território goiano, os Goyá, e ocupa extensa área de cerrado no sudoeste do estado.
  • B. O clima goiano é preponderantemente subtropical, com duas estações sutilmente diferenciadas: o verão seco e o inverno úmido, com temperaturas médias anuais em torno de 30 ºC.
  • C. Encontram-se em Goiás as nascentes de rios formadores das três mais importantes bacias hidrográficas do Brasil: a Amazônica, a do São Francisco e a do Paraná.
  • D. Uma singularidade caracteriza o lago artificial da Usina de Serra da Mesa, localizado na porção meridional do território goiano: apesar de sua dimensão, ele é formado por um conjunto de pequenos tributários, sem o concurso dos grandes rios do estado.
  • E. A composição inicial da população goiana se deu pelo contato amistoso entre os primitivos habitantes da região — os índios — e os bandeirantes vindos de São Paulo: a ausência de europeus e a inexistência da escravidão africana na região marcaram o processo de colonização de Goiás.

Tendo em vista que a independência do Brasil, proclamada em 1822, foi um ato político fundamentalmente conduzido pelas elites do Vale do Paraíba (Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais) e que, pelo país afora, a partir de então, mudanças ocorreram na esfera político-administrativa e, ainda que pouco profundas, na esfera socioeconômica, assinale a opção correta no que concerne a aspectos significativos da história política de Goiás.

  • A. Um movimento nacionalista explodiu em Goiás quando da abdicação de D. Pedro I, em 1831: liderado por um bispo, um padre e um coronel, esse movimento conseguiu depor os governantes portugueses da região.
  • B. Não foram formados em Goiás partidos políticos nos moldes do Liberal e do Conservador, que se revezavam no controle do poder nacional, fato que demonstra o isolamento desse estado em relação ao núcleo de poder imperial.
  • C. À época da independência do Brasil, o fato de a pecuária ainda não ter sido introduzida em Goiás, somado às lutas regionais separatistas, justifica a inexistência de correntes migratórias oriundas de outras partes do território brasileiro, o que inibiu o aumento da população goiana.
  • D. Com a independência do Brasil, Goiás foi uma das poucas capitanias que não se transformaram em províncias, tendo ficado subordinada administrativamente à província de São Paulo.
  • E. A partir da independência, a economia de subsistência goiana foi impulsionada devido à redução da tributação devida ao Estado imperial, o que gerou um período de crescente prosperidade em Goiás.

Muito do que o Brasil e Goiás são, na atualidade, resulta de um longo, complexo e, não raro, tortuoso processo histórico que decorre, em larga medida, das transformações trazidas pela Revolução de 1930. Em relação a esse processo, impulsionado pelo ideal de modernização, assinale a opção correta.

  • A. Bulhões, Fleury e Jardim Caiado são sobrenomes importantes da história goiana, identificados com a tentativa frustrada de estabelecer um domínio oligárquico no estado na Primeira República (até 1930).
  • B. Pedro Ludovico Teixeira inscreveu seu nome na história de Goiás ao ser alçado ao poder estadual após a Revolução de 1930. Aliado do ditador Vargas, ele fortaleceu o grupo político que liderava e impulsionou, posteriormente, personalidades centrais da política goiana, como Mauro Borges.
  • C. A partir da década de 40 do século XX, Goiás cresceu e se urbanizou; todavia, a ênfase dada à industrialização prejudicou seriamente o agronegócio goiano, que passou a desempenhar papel secundário no conjunto da economia estadual, como se constata na atualidade.
  • D. A divisão territorial que criou o estado do Tocantins, aprovada pela Assembleia Constituinte que elaborou a Constituição ora vigente, gerou forte reação entre os políticos goianos, tendo recebido a oposição de intelectuais, da sociedade em geral e, por fim, do próprio governo de Goiás.
  • E. Embora sua pedra fundamental tenha sido lançada em 1933, a cidade de Goiânia foi alçada à condição de capital provisória do estado após a instituição do Estado Novo, e, de maneira definitiva, no segundo governo de Getúlio Vargas.

É uma expressão de origem inglesa que se refere a uma importância cobrada pelo proprietário de uma patente de produto ou processo de produção. No caso do petróleo, são cobrados das concessionárias que exploram a matéria-prima, de acordo com sua quantidade. O valor arrecadado fica com o poder público. A divisão atual é de 40% para a União, 22,5% para estados e 30% para os municípios produtores. Os 7,5% restantes são distribuídos para todos os municípios e estados da federação. Adaptado de www.senado.gov.br. Trata-se de:

  • A. PIB
  • B. Royalties
  • C. PNB
  • D. Renda per capita

O mapa a seguir, mostra no campo das relações internacionais, uma ligação entre o Brasil e a Bolívia, sendo que o governo brasileiro incrementou negociações diplomáticas com o governo boliviano, em função do fornecimento de um recurso natural estratégico importado, daquele país, pelo Brasil. O recurso natural estratégico em pauta, importado da Bolívia pelo Brasil, é o:

  • A. Petróleo
  • B. Carvão mineral
  • C. Xisto betuminoso
  • D. Gás natural
Um pouco de informação,
A Fundatec organiza provas importantes de diversos assuntos , níveis e também o processo seletivo da fundação hospitalar getúlio vargas para várias atividades inclusive para professor e área técnica de nível médio e superior - aproveite para estudar resumos e resolver quiz online e tudo que o site oferece.
Assuntos relacionados (Tags),
provas professor assuntos técnica atividades níveis ilustrados quiz ilustrado importantes nível jovens online resumos tudo quiz fundação hospitalar getúlio vargas seletivo hospitalar getúlio vargas hospitalar getúlio seletivo fundação hospitalar

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.

Estude Grátis © 2017 - Desde 2011