Predicado verbal e Predicado Nominal

O predicado de uma oração consiste na parte que contempla o verbo e seu complemento (objeto direto ou indireto) ou adjunto adverbial. Ou seja, é o que resta da oração retirando-se o sujeito.

Diante dessas diferenças de complementação verbal, podemos obter dois tipos de predicados:

Predicado verbal

Esse é composto por verbo que indica ação + adjunto adverbial, objeto direto ou objeto indireto. Por exemplo:

  1. Esperamos durante muito tempo(esperamos= verbo de ação, durante muito tempo: adjunto adverbial).
  2. Ela saiu muito cedo hoje. (Saiu= verbo intransitivo, muito cedo hoje= adjunto adverbial)
  3. Carlos atirou a bola na cabeça de seu amigo. (atirou= verbo transitivo direto, a bola =objeto direto, na cabeça de seu amigo= adjunto adverbial)
  4. No dia de hoje começam as aulas. (começam: verbo intransitivo, no dia de hoje: adjunto adverbial)

 

Predicado Verbal

Nesse caso o predicado da oração é composto por verbo de ligação + predicativo do sujeito. É chamado predicado nominal porque o núcleo do predicado é um Nome (o predicativo do sujeito). Por exemplo:

OBS: O predicativo do sujeito é uma característica atribuída ao sujeito, vindo após um verbo de ligação.

  1. Camila é espetacular(é= verbo de ligação, espetacular = predicativo do sujeito)
  2. Ela andava tristonha durante os dias. (andava= verbo de ligação nesse caso, tristonha= predicativo do sujeito)
  3. Estávamos extremamente revoltados com a situação do país(estávamos=  verbo de ligação, revoltados com a situação do país=  predicativo do sujeito).
  4. Os rapazes permaneciam acuados. ( permaneciam= verbo de ligação, acuados = predicativo do sujeito.

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *