Concurso Delegado RJ – Saiba Mais Sobre o Certame

Série Dicas

O concurso Delegado RJ é um dos mais concorridos do país.

Concurso Delegado RIo

Geralmente o concurso para Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro vem acompanhado de vagas para outras especialidades, como Perito Legista, Inspetor de Polícia, Técnico de Necropsia e Auxiliar de Necropsia. Por ser bastante disputado, o cargo de Delegado da Polícia Civil do Rio exige muito estudo prévio de provas antigas das bancas organizadores e, claro, dedicação.

Principais Bancas Organizadoras

Várias bancas organizadoras realizam provas para Delegado Estadual pelo Brasil. No último concurso a prova foi elaborada pelo Organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt, a FUNCAB. A previsão é que o próximo edital para o Rio de Janeiro seja feito pelo Instituto Acesso.

Pré-Requisitos para o Cargo Concurso Delegado RJ

O cargo de Delegado é privativo de bacharel em Direito: os candidatos aprovados deverão apresentar, na data da posse, o diploma devidamente registrado e emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. No último concurso para Delegado, o cargo da Polícia Civil do Rio de Janeiro não exigia comprovação de exercício de atividade policial ou jurídica.

Salários

No último edital aberto, a carreira era composta por três classes distintas: iniciando na 3ª e seguindo até a 1ª. O valor da remuneração inicial para o cargo é de R$ 18.486,95 podendo chegar, no final da carreira, ao valor de R$ 20.378,55.

Último Concurso Delegado RJ

Concurso Delegado RJ

No último certame foram ofertadas, a princípio, 150 vagas para a classe inicial da carreira de Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

As duas fases puderam ser divididas em:

Primeira fase

  • 1ª Etapa – Prova Objetiva Preliminar, de caráter eliminatório, abordando todas as disciplinas  do conteúdo programático, com questões de múltipla escolha;
  • 2ª Etapa – Provas Discursivas Específicas (eliminatórias e classificatórias), sobre todas as disciplinas do conteúdo programático, com questões discursivas;
  • 3ª Etapa – Provas Orais (eliminatórias e classificatórias), com arguição de questões sobre todas as disciplinas do conteúdo programático;
  • 4ª Etapa – Exame Psicotécnico (eliminatório);
  • 5ª Etapa – Prova de Capacidade Física e Exame Médico (eliminatórios).

Segunda fase

1ª Etapa – Curso de Formação Profissional (CFP), eliminatório e classificatório, com apuração de frequência, aproveitamento e conceito;

2ª Etapa – Prova de Investigação Social (eliminatório) que pode ser até a homologação final do Concurso;

3ª Etapa – Prova de Títulos (classificatória).

Prova Objetiva

A duração máxima da prova para Delegado da Polícia Civil RJ foi de 5 horas. A prova objetiva foi composta por 100 questões objetivas de múltipla escolha com cinco alternativas, divididas em seis disciplinas e totalizando 600 pontos (100 por disciplina).

Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Administrativo e Direito Constitucional tiveram 20 questões de 5 pontos cada. O mínimo de pontos necessários em cada para ficar apto à próxima etapa foi de 50.

Direito Civil e Medicina Legal tiveram 10 questões de 10 pontos cada, com mínimo de 50 pontos exigidos.

Prova Discursiva Específica

O concurso Delegado RJ dividiu a etapa de prova discursiva específica em três grupos de provas, com cada grupo somando 200 pontos, totalizando 600 pontos. Cada disciplina teve 4 questões, de 25 pontos cada, com um mínimo de 50 pontos exigidos. As matérias exigidas foram:  Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil e Medicina Legal.

Atribuições

A Lei Estadual nº 3.586/2001 define as atribuições genéricas e outras atividades que vierem a fazer parte das funções de Delegado da Polícia Civil do Rio:

– zelar pela segurança do Estado e de sua população;

– concorrer para a manutenção da ordem pública;

– assegurar a observância da lei;

– defender as instituições públicas;

– promover a prevenção, a apuração e a repressão das infrações penais;

– assegurar o exercício pleno da cidadania e das liberdades individuais;

– exercer atividades de nível superior, compreendendo supervisão, planejamento, coordenação e controle, no mais alto nível de hierarquia da Administração Policial do Estado;

– exercer atividades de pesquisa, orientação e organização de trabalhos técnicos relacionados com segurança, investigação e operações policiais;

– exercer atividades de comando, coordenação e controle de programas, planos, projetos e realizações, assessoramento e auditagem;

– exercer atividades de direção e chefia nos vários escalões da estrutura organizacional da Polícia Civil;

– exercer atividades de direção de Divisões, Delegacias Especializadas e Policiais, de conformidade com a escala hierárquica, instauração e presidência de todos os procedimentos de Polícia Judiciária;

– e outras atividades que forem definidas por lei ou regulamento.

Requisitos Básicos para Investidura no Cargo de Acordo com o Último Edital Concurso delegado rj

a) ter sido aprovado, considerado apto e indicado, em todas as Provas e Exames do Concurso, e estar classificado dentro do número de vagas ofertadas;

b)possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa, hipótese em que deve estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo de direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição da República Federativa do Brasil, e na forma do disposto no artigo 13 do Decreto nº 70.436, de 18/04/1972;

c)ter a idade mínima de 18 anos completos;

d)estar quite com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos civis e políticos;

e)estar quite com as obrigações do serviço militar, para candidatos do sexo masculino;

f)firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade das esferas federal, estadual e municipal;

g)não ter sido demitido de qualquer cargo ou emprego público, em decorrência de processo administrativo disciplinar ou por justa causa;

h)não registrar antecedentes criminais incompatíveis com o exercício do cargo;

i)não ter sofrido execução judicial, bem como não ter sido condenado em ações cíveis desabonadoras, observada a contumácia e as razões do inadimplemento da dívida;

j)possuir, até a data da posse, diploma de graduação em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, ou certidão que comprove ter colado grau no referido curso, e nesse caso, acompanhado de documento comprobatório de estar sendo providenciado o registro do diploma, na forma da lei;

k)ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

l)não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;

m)ser considerado apto em Exame Médico Pré-Admissional, observado o disposto na Lei Estadual nº 4.932, de 20/12/2006;

n)ter a deficiência considerada, mediante perícia médica, compatível com as atribuições do cargo

Gostou do conteúdo?

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up

{TITLE}

{CONTENT}

{TITLE}

{CONTENT}
Precisa de ajuda? Entre em contato!
0%
Aguarde, enviando solicitação!

Carregando...

Leia o post anterior:
Concurso para engenharia elétrica
Concurso Engenheiro Eletricista – saiba tudo sobre as oportunidades

Concurso Engenheiro Eletricista – Saiba Tudo Existem vários certames para a área de engenharia elétrica na carreira pública. É preciso...

Fechar