Questões de Segurança no Trabalho de Técnicas de Análise de Risco

 /   /   /  Técnicas de Análise de Risco

Pesquise mais Questões de Segurança no Trabalho de Técnicas de Análise de Risco abaixo,

CESGRANRIO - Liquigás - Engenheiro Júnior - Segurança do Trabalho - 2013
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

A Técnica do Incidente Crítico (TIC) é muito utilizada. Trata-se de uma técnica de

a) análise de riscos que consiste em identificar os modos de falha dos componentes de um sistema, os efeitos dessas falhas para o sistema, para o meio ambiente e para o próprio componente.
b) identificação de controle e operabilidade que consiste em detectar desvios de variáveis de processo em relação a valores estabelecidos como normais.
c) identificação de perigos e análise de riscos que consiste em identificar os eventos perigosos, causas e consequências e estabelecer medidas de controle
d) identificação de perigos e análise de riscos que parte de um evento topo escolhido para estudo e estabelece combinações de falhas e condições que poderiam causar a ocorrência desse evento.
e) identificação de perigos que consiste na identificação dos quase acidentes.

FCC - TRT 5ª - Analista Judiciário - Engenharia (Segurança do Tra - 2013
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Quando se pretende fazer com que a análise de risco se estabeleça a partir de um conjunto de palavras-guia, a fim de focalizar os desvios dos parâmetros estabelecidos para um determinado processo ou operação, por meio da revisão de desenhos dos processos ou procedimentos, em reuniões com protocolos preestabelecidos, utiliza-se a técnica

a) de modos de falhas e efeitos - AMFE.
b) preliminar de riscos - APR.
c) qualitativa de detecção de riscos - WHAT-IF.
d) de operabilidade de perigos - HAZOP.
e) de árvore de falhas - AAF.

CESGRANRIO - PETROBRAS DISTRIBUIDORA - Técnico de Segurança Júnior - 2013
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Uma determinada técnica é utilizada para identificação de perigos e foi projetada para estudar possíveis desvios (anomalias) de projeto ou na operação de uma instalação. Nessa técnica, o líder da equipe orienta o grupo através de um conjunto de palavras-guias que focalizam os desvios dos parâmetros estabelecidos para o processo ou operação em análise.
Tal técnica é denominada

a) APP
b) APR
c) AAF
d) HAZOP
e) WHAT-IF

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Técnico de Segurança Júnior - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

A Análise Preliminar de Riscos (APR) é uma técnica que

a) tem início a partir de um Evento Topo e caminha para trás, procurando identificar fatos que possam ter gerado o Evento Topo.
b) tem início a partir de um Evento Iniciador e caminha para a frente, procurando identificar fatos que possam advir do Evento Iniciador.
c) procura detectar perigos, fazendo uso de questionamento aberto a partir da pergunta "E se..."?
d) busca identificar os modos de falha dos componentes de um sistema, sendo esse o seu objeto, e os componentes e suas falhas, sendo esse o seu foco.
e) consiste em identificar um evento indesejável, suas possíveis causas e consequências, e em estabelecer medidas de controle de risco.

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Técnico de Segurança Júnior - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Existem diversos métodos de investigação de acidentes. Há um que parte da premissa de que o acidente é produzido por um conjunto de fatores, tendo sua representação o formato de um peixe. Esse método denomina-se

a) Árvore de Causas
b) Análise por Árvore de Eventos
c) Análise por Árvore de Falhas
d) Análise Preliminar de Perigos
e) Diagrama de Causas e Efeitos

CESGRANRIO - TERMOBAHIA - Engenheiro de Segurança Júnior - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Há uma técnica que permite analisar como podem falhar os componentes de um equipamento ou sistema, estimar as taxas de falha, determinar os efeitos que poderão advir e, consequentemente, estabelecer as mudanças que deverão ser feitas para aumentar a probabilidade de que o sistema ou equipamento realmente funcione de maneira satisfatória. É uma análise detalhada, de utilização totalmente geral, sendo, contudo, especialmente aplicável às indústrias de processo.

Essa técnica é a

a) AFO
b) FPDA
c) PPR
d) FMEA
e) HAZOP

CESGRANRIO - TERMOBAHIA - Engenheiro de Segurança Júnior - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

A técnica de gerenciamento de risco qualitativa que associa as categorias de severidade com as categorias de frequência, onde são plotados os resultados obtidos dessa associação em uma matriz, é a(o)

a) APP
b) APR
c) AAF
d) HAZOP
e) FMEA

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Engenheiro Júnior - Segurança - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Há uma técnica que exige, necessariamente, uma equipe multidisciplinar de especialistas, com conhecimento e experiências nas suas áreas de atuação, avaliando as causas e os efeitos de possíveis desvios operacionais. Utilizando palavras guias, de forma a que o grupo chegue a um consenso e proponha soluções para o problema, essa técnica é denominada

a) APP
b) APR
c) HAZOP
d) What-if
e) Check list

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Engenheiro Júnior - Segurança - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

Há uma técnica dedutiva que permite identificar as causas básicas de acidentes e de falhas num determinado sistema, além de possibilitar a estimativa da frequência com que uma determinada falha pode ocorrer.
Essa técnica é denominada

a) AAF
b) AFE
c) AMFE
d) AFMA
e) Diagrama de Blocos

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Engenheiro Júnior - Segurança - 2012
Segurança no Trabalho / Técnicas de Análise de Risco

A sistematização da técnica é feita através da aplicação de uma planilha de registro. Nessa planilha, são expressos os dados qualitativos das avaliações de riscos que são gerados através da expressão matemática frequência x consequência.
Essa técnica de análise de risco é denominada

a) AAF
b) APR
c) APP
d) AFO
e) AFMW



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.