Pesquise mais Questões de História Utilizando o Filtro abaixo,

- Prefeitura de Caçapava do Sul - RS - Advogado (CREAS) - 2016
Questões de História / História do Brasil

A ........................................., foi a mais longa revolta brasileira. Durou 10 anos e foi liderada pela classe dominante gaúcha, formada por fazendeiros de gado, que usou as camadas pobres da população como massa de apoio no processo de luta. A expressão que completa a frase acima está na alternativa:

  • A. Sabinada.
  • B. Balaiada.
  • C. Cabanagem.
  • D. Revolução Farroupilha

CESPE - Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Analista do Seguro Social - 2016
Questões de História / Geral

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

Conforme as ideias liberais, o Estado vincula-se às iniciativas voltadas para a garantia do patrimônio público, mantendo-se alheio à atividade econômica.

- Prefeitura de Acari - RN 2016 - Professor de História - 2016
Questões de História / Geral

Nos cordéis, na música, na poesia, no cinema e na literatura, por meio de muitas linguagens artísticas, o Cangaceirismo foi representado como uma experiência que contribuiu para a construção de uma imagem e uma identidade nordestina. Sobre esse movimento social é INCORRETO dizer que:

  • A. Lampião, Maria Bonita e o seu bando podem ser considerados ícones na cristalização de uma imagem para o nordeste estereotipada no nosso imaginário nacional.
  • B. Os cangaceiros foram grandes protagonistas da história e assumiram uma identidade de movimento social muito fixa e homogênea, sempre tendo como inimigos, os coronéis.
  • C. A astúcia dos cangaceiros no enfrentamento das relações de poder no auge do coronelismo nordestino foi uma experiência marcante na história dos movimentos sociais brasileiros.
  • D. Os novos paradigmas da história contribuíram para repensar todos os movimentos sociais considerados espontaneístas e pouco valorizados pela historiografia marxista mais radical. Esse novo olhar com relação aos movimentos sociais, pós-crise do marxismo economicista, trouxe para a cena movimentos como o Messianismo e o Cangaceirismo com muita positividade em termos de atuação política.
  • E. Os cangaceiros assumiram uma trajetória de luta multifacetada e difícil de decifrar, uma vez que os coronéis, em alguns momentos apareciam como seus inimigos, em outras cenas históricas, eles se tornavam aliados dos coronéis.

CESPE - Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Analista do Seguro Social - 2016
Questões de História / Geral

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

A lenta democratização da sociedade burguesa teve, na experiência de 1848, a contribuição decisiva para converter o operariado em sujeito revolucionário e para que segmentos capitalistas reconhecessem a importância de medidas estatais voltadas para mínimas garantias aos trabalhadores e para as reformas sociais.

CESPE - Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Analista do Seguro Social - 2016
Questões de História / Geral

Eric Hobsbawm, historiador britânico, identificou períodos subsequentes do século XIX, como a Era das Revoluções (1789–1848), a Era do Capital (1848–1875) e a Era dos Impérios (1875–1914), que levaram ao triunfo global do capitalismo. Em relação ao que chamou de breve século XX (1914–1991), formado pelo impacto da Revolução Russa, o autor propôs a Era dos Extremos, permeada pela Era da Catástrofe (1914–1945) e pela Era do Ouro (1947–1973). O autor ressalta que talvez a característica mais significativa do fim do século XX seja a tensão entre a acelerada globalização e a incapacidade conjunta das instituições públicas e do comportamento coletivo dos seres humanos de se acomodarem a ela.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens seguintes, acerca dos regimes políticos e das principais correntes ideológicas que influenciaram os períodos relatados no texto.

A vitória do movimento socialista na Rússia em 1917, ao mesmo tempo que representou maior poder coletivo aos trabalhadores, constituiu ameaça à burguesia do Ocidente, refletindo-se diferentemente em cada país. Na Itália, por exemplo, instalou-se o fascismo, regime que imobilizou as organizações dos trabalhadores e militarizou a vida social, favorecendo a dominação dos monopólios.

A Guerra do Contestado foi um conflito armado entre a população cabocla e os representantes do poder estadual e federal brasileiro travado entre 1912 e 1916. Em relação a esta guerra, complete a coluna e assinale a alternativa correta: “Figuras estranhas, que levavam uma vida ascética, perambulavam pelos estados sulinos e eram chamados de ___________ pela população e o mais famoso foi João Maria D´Agostini, imigrante italiano que distribuía caridade.”

  • A. Benzedeiros.
  • B. Padres.
  • C. Curandeiros.
  • D. Monges.

O ensino da história está presente nas escolas brasileiras desde o século XIX. Naquela época, tinha entre seus principais objetivos, estudar a formação da nação e desenvolver uma identidade nacional. Isto se dava, dentre outras formas, através da valorização dos heróis e acontecimentos considerados marcos da história do país. À medida que o tempo foi passando, outros objetivos foram preconizados pelo estudo da história. Após a década de 1930, por exemplo,

  • A. a principal função da história, tanto como disciplina, quanto ciência nascente, era transmitir a história das civilizações ocidentais, das quais o Brasil se originara, tendo a Europa como centro referencial e modelo a ser seguido.
  • B. o ensino da história passou a defender, entre outras coisas, a necessidade da relação dos conteúdos com o presente e a utilização do método biográfico (vida de grandes homens, heróis e condutores de homens, e nacionalidade).
  • C. o principal objetivo era transmitir o conhecimento puro, pragmático e científico, baseado nas comprovações acadêmicas e ligado especificamente às áreas tecnológicas e empreendedoras do estado-nação em franca evolução.
  • D. a história deveria garantir a exposição temática e crítica dos conteúdos, baseados especificamente no desenvolvimento de habilidades e competências, formando cidadãos participativos, porém conscientes de suas obrigações políticas.

CONSULPLAN - Prefeitura de Venda Nova do Imigrante - ES 2016 - Professor - 2016
Questões de História / História Geral

Observe a imagem.

No período da colonização da América, a mineração foi uma das principais atividades. Nesse contexto, é correto afirmar que:

  • A. As feitorias eram órgãos que fiscalizavam os negócios coloniais, a cobrança dos impostos (quinto) sobre o ouro e o comércio colonial.
  • B. A mita era o sistema utilizado para aplicar a justiça, cuidar de assuntos administrativos, militares e religiosos, relacionados ao território das minas.
  • C. As audiências eram responsáveis por nomear os funcionários para os altos cargos da administração colonial, principalmente ligados à extração aurífera.
  • D. A encomienda era o direito de explorar o trabalho de uma ou mais comunidades indígenas, podia cobrar impostos, exigir que os índios trabalhassem na agricultura ou nas minas.

CONSULPLAN - Prefeitura de Venda Nova do Imigrante - ES 2016 - Professor - 2016
Questões de História / História Geral

Essa influência cultural brasileira tão forte em Benin, na África, pode ser explicada em grande parte:

  • A. Pelo fato de que os escravos que aportaram no Brasil no período colonial, eram Bantos, originários de Benin.
  • B. Pela exigência da Coroa Portuguesa de que em Daomé (hoje Benin), a cultura brasileira fosse respeitada e divulgada.
  • C. Pela presença marcante de brasileiros e de escravos que, libertos, puderam regressar à África entre os séculos XVIII e XIX.
  • D. Pelo ambiente eclético que reinava em Benin, com colonizações diversas entre os quais se destacavam os lusitanos, os franceses e os holandeses.

CONSULPLAN - Prefeitura de Venda Nova do Imigrante - ES 2016 - Professor - 2016
Questões de História / História Geral

O trecho contundente de Eduardo Galeano, do seu livro “As veias abertas da América Latina”, traz como crítica principal:

  • A. A exploração e a perversidade do processo de colonização, que alimentou a ostentação europeia e pouco ou nada deixou para a América.
  • B. A destruição dos palácios e templos dos povos pré-colombianos que, ao assimilarem a religião católica, perderam totalmente suas crenças e cultura própria.
  • C. A falta de reconhecimento do valor histórico e cultural da América por parte dos europeus, que continuam até os dias atuais a desrespeitar as culturas ameríndias.
  • D. O extermínio dos animais nativos, tais como a alpaca e a lhama que, ao serem inseridos nos hábitos europeus, passaram a ser exportados e consumidos na Europa.

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.

Estude Grátis © 2017 - Desde 2011