Questões de Contabilidade Privada de Contabilidade Avançada (Diversos)

 /   /   /  Contabilidade Avançada (Diversos)

Pesquise mais Questões de Contabilidade Privada de Contabilidade Avançada (Diversos) abaixo,

CESPE - Ministério da Saúde - Contador - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Os pronunciamentos do CPC provocaram significativas mudanças nas práticas contábeis brasileiras. Com relação a esse assunto, julgue os itens a seguir.

As emissões conversíveis, que dão ao emissor o direito de liquidar a obrigação pelo valor de caixa líquido, são acordos com derivativo embutido.

CESPE - Ministério da Saúde - Contador - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Os pronunciamentos do CPC provocaram significativas mudanças nas práticas contábeis brasileiras. Com relação a esse assunto, julgue os itens a seguir.

As empresas de pequeno e médio porte não foram atingidas pela convergência das normas contábeis brasileiras às normas internacionais.

FCC - TRT 18ª - Analista Judiciário - Contabilidade - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

A empresa Trabalhadora S.A. adquiriu, em 31/12/2011, 20% de participação na empresa Empregadora S.A. por R$ 300.000,00. O Patrimônio Líquido da empresa Empregadora S.A., em 31/12/2011, era composto apenas pelo Capital Social formado por 3.000 ações ordinárias. Sabendo-se que, durante 2012, a empresa Empregadora S.A. obteve um lucro líquido de R$ 200.000,00 e distribuiu dividendos no valor de R$ 60.000,00, é correto afirmar que a empresa Trabalhadora S.A., em 2012 e em suas demonstrações individuais, reconheceu

a) Receita de Equivalência Patrimonial no valor de R$ 40.000,00, em função de avaliar o investimento na empresa Empregadora S.A. pelo método da equivalência patrimonial.
b) Receita de Dividendos no valor de R$ 12.000,00, em função de avaliar o investimento na empresa Empregadora S.A. pelo método da equivalência patrimonial.
c) um aumento em Investimentos em Outras Empresas no valor de R$ 28.000,00, em função de avaliar o investimento na empresa Empregadora S.A. pelo método de custo.
d) Receita de Dividendos no valor de R$ 12.000,00, em função de avaliar o investimento na empresa Empregadora S.A. pelo método de custo.
e) Receita de Equivalência Patrimonial no valor de R$ 28.000,00 e Receita de Dividendos no valor de R$ 12.000,00, em função de avaliar o investimento na empresa Empregadora S.A. pelo método da equivalência patrimonial.

ESAF - Ministério da Fazenda - Analista Técnico - Contador - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Com respeito aos investimentos permanentes em ações de outras companhias, é correto afirmar:

a) se uma empresa for obrigada a mudar a avaliação de seu investimento do "Método do Custo" para o "Método da Equivalência Patrimonial" quando o saldo do investimento contabilizado pelo custo for maior que o avaliado pela Equivalência Patrimonial, a diferença será contabilizada como deságio.
b) consideram-se coligadas as sociedades quando uma participa com 20% ou mais do capital da outra, sem controlá-la.
c) se uma empresa for obrigada a mudar a avaliação de seu investimento do "Método da Equivalência Patrimonial" para o "Método do Custo", a mudança não propiciará nenhum ajuste.
d) considera-se controlada a sociedade na qual a controladora é titular de direitos de sócios que lhe assegurem, mesmo que de modo provisório, o poder de eleger a maioria dos administradores.
e) se uma empresa for obrigada a mudar a avaliação de seu investimento do "Método do Custo" para o "Método da Equivalência Patrimonial" quando o saldo do investimento contabilizado pelo custo for menor que o avaliado pela Equivalência Patrimonial, a diferença será contabilizada como ágio.

ESAF - STN - Analista de Finanças e Controle - Contábil - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Considerando os conceitos de valor do dinheiro no tempo, pode-se afirmar que:

I. O valor futuro de uma anuidade vencida é sempre maior que o valor futuro de uma anuidade comum.
II. Uma perpetuidade é uma anuidade com vida finita, que fornece fluxo de caixa durante toda a vida do empreendimento.
III. A taxa interna de retorno de um projeto, quando inferior à taxa requerida pelo investidor, sempre indica que o investimento é atrativo.

a) Todas são verdadeiras.
b) Somente a II é verdadeira.
c) II e III são falsas.
d) Somente a I é falsa.
e) Todas são falsas.

CESPE - DPF - Perito Criminal Federal - Área 1 - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Em cada um dos itens a seguir é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

A Cia. Ithaka fabrica bandeirinhas de papel para festas juninas, que, em 2011, eram vendidas por R$ 1,50 o metro linear. Uma estimativa baseada na evidência mais confiável mostrou que o preço de venda para o ano seguinte seria de R$ 0,80 o metro linear, haja vista a entrada de uma concorrente que produz bandeirinhas mais duráveis. No final do exercício de 2011, a Cia. Ithaka tinha 50.000 metros em estoque, contabilizados por R$ 0,70 o metro linear. Contudo, uma vistoria identificou avarias na estocagem e estimou um custo adicional de R$ 0,20 por metro para colocar o produto em condições de comercialização. Nessa situação, se a Cia. Ithaka mensurar o estoque de bandeirinhas de papel pelo valor realizável líquido, os relatórios contábil-financeiros da entidade, em 31/12/2011, apresentarão o valor total de R$ 5.000,00 para esse ativo.

CESPE - DPF - Perito Criminal Federal - Área 1 - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Em cada um dos itens a seguir é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

As companhias Ydra e Kithero investiram na companhia Xios, detendo, respectivamente, 44,5% e 9% das ações ordinárias emitidas por essa companhia. A companhia Ydra não investiu na companhia Kithero, mas realizou com ela um acordo, segundo o qual a Kithero sempre seguiria os votos da Ydra nas decisões relativas à Xios. Nessa situação, é correto afirmar que as demonstrações financeiras da Xios deverão, obrigatoriamente, ser consolidadas pela companhia Ydra.

CESPE - DPF - Perito Criminal Federal - Área 1 - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

Em cada um dos itens a seguir é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

Uma companhia brasileira é investidora de uma companhia estrangeira, que elabora suas demonstrações financeiras usando o dólar norte-americano. Nessa situação, para realizar a conversão das demonstrações para a moeda funcional da investidora, utilizando o método da taxa corrente, a investidora deverá converter os valores dos ativos e passivos pela taxa de fechamento do dólar na data do respectivo balanço. As receitas e as despesas deverão ser convertidas pelas taxas cambiais em vigor nas datas das transações ou pela taxa média do período, sendo reconhecidas as variações cambiais resultantes em conta específica do patrimônio líquido.

ESAF - STN - Analista de Finanças e Controle - Contábil - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

A empresa Exportação S.A. tem seu fluxo de caixa garantido por contratos de hedge. A proteção alcançada pelo instrumento é de 90% de efetividade. A empresa tem como procedimento adotar a contabilidade de hedge. Fundamentado nas normas, deve a empresa:

a) reconhecer o ganho ou a perda efetiva do hedge como resultado abrangente e a não efetividade no resultado.
b) contabilizar o ganho de efetividade do hedge como resultado abrangente e a perda efetiva do hedge como despesas no resultado.
c) registrar a perda efetiva como resultado abrangente e o ganho como outras receitas operacionais.
d) lançar os ganhos e perdas no resultado do exercício, visto que a efetividade não alcançou os 100% exigidos para adoção do procedimento de contabilidade de hedge.
e) escriturar o ganho ou perda total do hedge como resultado abrangente, garantindo o confronto da despesa com a receita.

CESPE - SEFAZ - ES - Auditor Fiscal da Receita Estadual - 2013
Contabilidade Privada / Contabilidade Avançada (Diversos)

A respeito da reorganização e reestruturação social de empresas, seus aspectos contábeis, fiscais e legais, assinale a opção correta.

a) O adquirente não deve reconhecer os tributos diferidos sobre o lucro em função de ativos adquiridos e passivos assumidos na combinação de negócios, já que os ativos e passivos perfazem o valor da aquisição.
b) No processo de fusão de duas companhias, no caso de cisões, os acionistas dissidentes terão direito ao reembolso do valor de suas ações caso haja mudança do objeto social.
c) Devem ser contabilizados como despesa no período em que ocorrerem os custos de operação diretamente relacionados à aquisição de dada companhia em uma combinação de negócios, assim como os custos decorrentes de emissão de títulos de dívida vinculados à operação.
d) Na combinação de negócios entre sociedades, os ativos identificáveis adquiridos e reconhecidos pela adquirente poderão ser reconhecidos como custos ou despesas pela adquirida.
e) A empresa que possui obrigações com debêntures em seu passivo e que pretende realizar operação de fusão ou incorporação a outra sociedade anônima somente poderá concluir a operação se for autorizada pelos debenturistas.



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.