Questões sobre Cardiologia

Uma paciente de 40 anos de idade foi realizar ecocardiograma, que demonstrou aumento da pressão sistólica da artéria pulmonar em 60 mmHg. O cardiologista, então, solicitou um cateterismo direito para avaliar hipertensão pulmonar. Durante o exame, foram obtidos os seguintes valores: pressão arterial média de 46 mmHg na artéria pulmonar, resistência vascular pulmonar de 600 dinas e pressão capilar pulmonar de 6 mmHg. Com relação a esse caso clínico, qual é o provável diagnóstico da paciente?
  • A. Hipertensão arterial pulmonar pós-capilar leve.
  • B. Hipertensão arterial pulmonar pré-capilar leve.
  • C. Hipertensão arterial pulmonar pós-capilar grave.
  • D. Hipertensão arterial pós-capilar moderada.
  • E. Hipertensão arterial pulmonar pré-capilar moderada.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Com relação ao caso clínico apresentado, o paciente retorna após duas semanas, com melhora importante da classe funcional. Assinale a alternativa que apresenta o resultado esperado pelo médico para o exame laboratorial realizado pelo paciente
  • A. Aumento do BNP
  • B. Melhora da ureia
  • C. Melhora da creatinina
  • D. Aumento da aldosterona
  • E. Aumento do cálcio total
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Acerca desse caso clínico e do eletrocardiograma, é correto afirmar que a principal artéria acometida e o ritmo principal são
  • A. artéria circunflexa e ritmo atrial ectópico.
  • B. artéria circunflexa e sinusal.
  • C. artéria descendente anterior e bloqueio atrioventricular total.
  • D. artéria coronária direita e bloqueio atrioventricular total.
  • E. artéria coronária direita e ritmo atrial ectópico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ao examinar-se um paciente após cateterismo cardíaco, observou-se abafamento de bulhas, PAM de 55 e aumento da pressão venosa central. A respeito desse caso clínico, o achado de pulso do paciente é pulso
  • A. martelo da água.
  • B. parvus e tardus.
  • C. bisferiens.
  • D. filiforme.
  • E. paradoxal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Um paciente de 40 anos de idade, com história de “coração grande”, procura o cardiologista. Após intensa investigação etiológica, o paciente recebe o diagnóstico de miocardiopatia dilatada idiopática. O ecocardiograma demonstra uma função ventricular de 30%. O paciente realizou ressonância magnética sem presença de realce tardio ou fibrose, além de Holter 24h, que demonstrou o achado apresentado na imagem duas vezes, com o mesmo número de batimentos.

A respeito desse caso clínico, assinale a alternativa que apresenta a melhor conduta com base no DANISH Trial.

  • A. Início de propafenona.
  • B. Indicação de cardiodesfibrilador implantável.
  • C. Otimização terapêutica e reavaliação.
  • D. Contraindicação de qualquer exercício físico.
  • E. Início de sotalol.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considere um paciente com insuficiência mitral, assintomática, com fração de ejeção 55% e diâmetro sistólico do ventrículo esquerdo final de 45 mm. Acerca desse caso clínico, assinale a alternativa em que a cirurgia torna-se indicação, de acordo com o último guideline da ESC (2017).
  • A. Ia
  • B. Ib
  • C. IIa
  • D. IIb
  • E. III
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Um paciente de 40 anos de idade, diabético, resolveu realizar consulta de rotina. Ao realizar a primeira consulta médica, obteve, por método oscilatório, em três medidas, uma pressão arterial de 144 mmHg x 90 mmHg. Após uma nova consulta médica, sendo orientado a mudar de estilo de vida, o paciente retornou, e o médico, por método oscilatório em três medidas, obteve o valor de 140 mmHg x 92 mmHg. Foram excluídas causas secundárias. Acerca desse caso clínico, assinale a alternativa que indica o próximo passo com base nas diretrizes da ESC 2018.
  • A. Atingir um nível de pressão diastólica menor que 80 mmHg independentemente do risco cardiovascular.
  • B. Orientar o paciente à realização de exercícios, pois trata-se de pressão normal alta.
  • C. Iniciar betabloqueador.
  • D. Solicitar MAPA.
  • E. Iniciar hidralazina.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Um paciente de 60 anos de idade chega ao pronto-socorro por apresentar episódio de síncope. Durante a investigação, foi solicitado um eletrocardiograma de repouso, apresentado na imagem.

Acerca desse caso clínico, qual deve ser o manejo inicial desse paciente?

  • A. Solicitar teste ergométrico ambulatorial.
  • B. Orientar o paciente quanto à benignidade do quadro.
  • C. Internar o paciente e começar investigação com especialista.
  • D. Iniciar propafenona na sala de observação.
  • E. Solicital Holter ambulatorial.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando-se esse caso clínico, existe um critério que parece estar associado ao aumento de morte súbita, porém não está na calculadora da Sociedade Europeia de Cardiologista. Tal critério é
  • A. síncope inexplicada.
  • B. idade.
  • C. síncope inexplicada.
  • D. taquicardia ventricular não sustentada.
  • E. fibrose na ressonância magnética.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Foi calculado para esse paciente, com base na história e nos exames, utilizando-se a calculadora da ESC para miocardiopatia hipertrófica, o resultado de 6,36%. Sendo assim, a melhor conduta é
  • A. considerar cardiodesfibrilador implantável.
  • B. prescrever amiodarona.
  • C. prescrever bisoprolol.
  • D. observar e repetir o exame em seis meses.
  • E. indicar ablação alcóolica.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: