Uma paciente de 28 anos de idade foi operada com hipótes...

Uma paciente de 28 anos de idade foi operada com hipótese diagnóstica de apendicite aguda complicada, com peritonite e sem comorbidades, tendo como antecedente apenas uma infecção de trato urinário tratada com quinolona há vinte dias. O achado cirúrgico mostrou grande quantidade de secreção purulenta na cavidade peritoneal e apêndice cecal com necrose e perfuração, estando parcialmente bloqueado por alças de intestino delgado.

Nesse caso hipotético, é correto afirmar que o achado operatório corresponda a uma peritonite

  • A. primária, pois não tem antecedente de cirurgia abdominal prévia.
  • B. não classificável, pois o quadro está mascarado devido ao uso prévio de antibiótico pela paciente.
  • C. primária, pois a causa da infecção está no abdome.
  • D. secundária, pois ocorreu como evolução da apendicite aguda.
  • E. terciária, pois a paciente fez uso prévio de antibiótico.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

A alternativa em que a palavra MAIS tem valor distinto do das demais frases é:

Resolva a questão aqui ›


Julgue os itens a seguir, considerando o balanço patrimonial de determinada empresa, apresentado acima.

Se a empresa com finalidade mercantil estivesse operando com resultado positivo no período, uma operação de venda a prazo ao preço de R$ 100 mil, com o reconhecimento de um custo de mercadorias vendidas de R$ 60 mil, acarretaria um aumento do patrimônio líquido em um valor inferior a R$ 40 mil, no mínimo, em razão dos efeitos tributários sobre o lucro.

Resolva a questão aqui ›


Tomaz foi contratado por determinada instituição bancária, como contínuo, cumprindo jornada diária de 6 horas. Ao longo dos anos, galgou postos na estrutura administrativa do banco, exercendo as funções de escriturário, caixa-executivo, subgerente e gerente em uma das agências. Nas três últimas funções indicadas, a jornada de Tomaz foi majorada de 6 para 8 horas diárias. Como subgerente, Tomaz substituía o gerente em suas ausências eventuais, sendo o responsável pela coordenação administrativa da agência. Embora Tomaz tivesse ocupado o cargo de gerente por mais de 7 anos, detendo grande experiência na função, a auditoria do banco detectou falhas em algumas das operações de crédito por ele autorizadas, as quais, além dos prejuízos causados, acabaram determinando a sua destituição do cargo gerencial ocupado. Reposicionado no cargo de subgerente, Tomaz sofreu sensível redução em seu salário. Dois meses após a reversão ao cargo de subgerente, Tomaz acabou demitindo-se do emprego, por considerar abalada a sua imagem na empresa, deixando de cumprir o aviso prévio. Buscando receber indenização por dano moral, no importe de R$ 50.000,00, além de outros direitos próprios da rescisão indireta do contrato, Tomaz ingressou com ação na justiça do trabalho, apresentando diversos documentos e duas testemunhas. O banco, por sua vez, apresentou contestação e cinco testemunhas. Em audiência, o juiz colheu o depoimento de duas testemunhas de cada parte, indeferindo a oitiva das demais e julgando procedentes as pretensões de Tomaz.

A partir da situação hipotética apresentada, julgue os itens seguintes.

Salvo se tiver havido dispensa do trabalho durante o aviso prévio, Tomaz sofrerá o desconto do valor correspondente de seus créditos rescisórios.

Resolva a questão aqui ›