?A?, policial militar, valendo-se de arma da corporaç?...

“A”, policial militar, valendo-se de arma da corporação, efetuou disparos que resultaram a produção dolosa da morte do cidadão “B”, farmacêutico com o qual teve uma discussão durante uma abordagem policial. Neste caso,
  • A. “A” deverá ser julgado pela justiça militar, porquanto se encontrava em serviço e utilizava arma da corporação.
  • B. o fato de “A” estar em serviço não impõe a competência da justiça militar, mas sim o fato de ter utilizado arma da corporação.
  • C. o fato de “A” estar em serviço impõe a competência da justiça militar, não possuindo relevância o fato da arma utilizada pertencer à corporação.
  • D. são irrelevantes para competência as circunstâncias citadas.
  • E. a competência será da justiça comum somente se os motivos dos disparos não estiverem relacionados com a diligência policial.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Considerando que um escritório de projetos é, em geral, uma unidade organizacional que centraliza e coordena o gerenciamento de projetos sob seu domínio, julgue os itens a seguir.

Cabe ao gerente de projeto oferecer um repositório de informações referentes a projetos, o que permite o acompanhamento e a auditoria do andamento e dos resultados dos projetos.

Resolva a questão aqui ›


Questão de Legislação dos Órgãos Federais, Estaduais, Distritais e Municipais e dos Órgãos Internacionais

O ISSN, em consonância com a NBR 10525 da ABNT, deve ser impresso em cada fascículo de uma publicação seriada, em posição destacada, no canto superior direito da capa, na área do número normalizado e das modalidades de aquisição da ficha catalográfica e logo acima da legenda bibliográfica da folha de rosto, quando se tratar da impressão do código ISSN em publicação seriada:

Resolva a questão aqui ›


Em relação aos princípios que incidem sobre o processo administrativo, assinale a alternativa CORRETA.

Resolva a questão aqui ›