Tornando-se ilícita, impossível ou inútil a finalidade a...

Tornando-se ilícita, impossível ou inútil a finalidade a que visa a fundação, ou vencido o prazo de sua existência, o órgão do Ministério Público, ou qualquer interessado, lhe promoverá a extinção, incorporando-se o seu patrimônio, salvo disposição em contrário no ato constitutivo, ou no estatuto,

  • A.

    à União, quando as suas atividades se estenderem por mais de um Estado.

  • B.

    a outra fundação, designada pelo juiz, que se proponha a fim igual ou semelhante.

  • C.

    ao Estado em que estiver situada, quando as suas atividades se estenderem por mais de um Município.

  • D.

    ao Município em que estiver situada, quando as suas atividades não se estenderem para outros.

  • E.

    a qualquer órgão público ou entidade paraestatal, na forma que tiver sido requerida pelo promovente.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Um paciente de vinte e três anos de idade procurou atendimento médico, apresentando o seguinte quadro: angioedema recorrente com frequência mensal havia dez anos, particularmente nos lábios e olhos, sem urticária, e três episódios de edema de laringe nesse mesmo período. O paciente relatou que tais eventos não tinham relação com alimentação, medicação ou mudanças climáticas, e que seu pai havia apresentado o mesmo problema durante anos. O médico constatou que o paciente não apresentava outros problemas de saúde. O resultado do exame físico foi normal.

A respeito desse caso clínico, julgue os itens seguintes.

Caso exames laboratoriais do referido paciente apresentem elevação da N-metil-histamina na urina de vinte e quatro horas e da triptase sérica, esses achados deverão confirmar o diagnóstico do caso clínico em questão.

Resolva a questão aqui ›


No que diz respeito ao direito de recesso, assinale a alternativa CORRETA, dadas as alternativas abaixo:

I. Em se tratando de sociedade empresária limitada que se utiliza subsidiariamente das normas relativas às sociedades simples, a apuração dos haveres do sócio dar-se-á de acordo com o valor das cotas por ele detidas, consideradas pelo montante efetivamente realizado, as quais serão liquidadas, salvo disposição contratual em contrário, com base na situação patrimonial da sociedade, à data do pagamento, verificada em balanço especialmente levantado.

II. Nas sociedades anônimas, o exercício do direito de recesso deve ser reclamado à companhia no prazo de 30 (trinta) dias, contados da data de realização da assembleia geral que decidiu a matéria objeto de dissidência.

III. Após informada sobre o exercício do direito de recesso por parte de sócio(s) dissidente(s), é facultado aos órgãos da administração, nos 10 (dez) dias subsequentes ao término do prazo para exercício do direito de recesso, convocar assembleia geral para ratificar ou reconsiderar a deliberação, se entenderem que o pagamento do preço do reembolso das ações ao(s) acionista(s) dissidente(s) que exerceu(ram) o direito de retirada porá em risco a estabilidade financeira da empresa.

IV. O direito de recesso poderá ser exercido nas hipóteses em que o sócio discordar de qualquer matéria objeto de deliberação em assembleia ou reunião de sócios, conforme aplicável, independente da espécie societária.

Resolva a questão aqui ›


Um dos objetivos do processo de Gerenciamento de Continuidade dos Serviços de TI estabelecidos no ITIL é

Resolva a questão aqui ›