Na esclerodermia sistêmica juvenil, a disfagia está assoc...

Na esclerodermia sistêmica juvenil, a disfagia está associada a

  • A.

    dilatação do estômago e duodeno.

  • B.

    diarreia por má absorção.

  • C.

    constipação intestinal.

  • D.

    distensão abdominal.

  • E.

    dismotilidade e refluxo gastroesofágico.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Questão de Enfermagem

O choque cardiogênico é uma condição clínica que traz grande risco de vida e tem alta taxa de mortalidade, portanto, medidas devem ser tomadas para evitá-lo. Avalie se as medidas preventivas incluem:

I. Promover medidas de alívio da angina.

II. Administrar oxigênio suplementar.

III. Conservar a energia do paciente.

IV. Promover medidas de diminuição da perfusão tecidual.

Estão corretas:

Resolva a questão aqui ›


Paciente, 75 anos de idade, sexo feminino, diabética e hipertensa, encontra-se internada para tratamento de endocardite infecciosa, inicialmente tratada por 6 dias com gentamicina, e posteriormente com vancomicina e ceftriaxone. A creatinina inicial era de 0,7 mg/dL, com ureia = 50 mg/dL. Foi solicitado parecer para nefrologia em razão do aumento de escórias renais sem redução de diurese, estando a paciente no 12a de vancomicina e ceftriaxone. Exames novos revelam creatinina = 2,6 e ureia de 66 mg/dL. PA = 120 mmHg x 80 mmHg, diurese 24 horas de 1.100 mL e exame de urina sem alterações.

Com base nesse caso clínico, e considerando os conhecimentos médicos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

A manifestação mais comum da glomerulonefrite associada a EI por bactérias é a hematúria microscópica.

Resolva a questão aqui ›


Paciente, grávida, 34 anos de idade, na 14a semana de gestação, procura um psiquiatra com a queixa principal de tristeza, desânimo e choro fácil, que existe, nas palavras dela, desde que consegue lembrar. A paciente afirma que nunca se sentiu bem. Relata não dormir bem, mas ter um nível de energia razoável para fazer as atividades diárias. Nos últimos anos, o respectivo apetite vem sofrendo oscilações, porém não perdeu peso. Sente-se constantemente desatenta e tem dificuldade em tomar decisões no trabalho como operadora de caixa de supermercado. Percebe que está com a autoestima baixa, embora negue pensamentos de suicídio. Informa que foi hospitalizada há cinco anos por depressão maior e tratada, com sucesso, com um antidepressivo, mas não lembra qual. Relata que se sente deprimida há pelo menos 10 anos, e que o sentimento é constante e estável. Nega sintomas maníacos, psicóticos e abuso de drogas ou álcool. Não apresenta problemas clínicos.

Considerando o caso clínico, julgue os itens a seguir.

A carbamazepina pode ser usada durante a gravidez, desde que haja planejamento da gestação com suplementação de ácido fólico de mais cinco mg/dia, prévia à concepção e até a 12a semana de gestação, realização de ultrassonografia e ecocardiografia da 16a à 18a semana de gestação e dosagem de α-fetoproteína, seguida de amniocentese.

Resolva a questão aqui ›